Escavações poderão ter solucionado mistério de bebê britânico desaparecido há 25 anos na Grécia

(dr) EMPICS / BBC

 Ben Needham, de 1 ano e 9 meses, desapareceu na ilha grega de Kos, em julho de 1991. A polícia acredita que o mistério do seu sumiço pode ter chegado ao fim

Ben Needham, de 1 ano e 9 meses, desapareceu na ilha grega de Kos, em julho de 1991. A polícia acredita que o mistério do seu sumiço pode ter chegado ao fim

Durante 25 anos, a família Needham procurou pelo pequeno Ben, desaparecido quando brincava nos fundos da casa dos avós maternos, que passava por obras, na aldeia de Iraklis, na ilha grega de Kos.

Os pais, que são de Sheffield, na Inglaterra, acreditavam que Ben tivesse sido sequestrado e a polícia britânica manteve o caso aberto até esta semana.

Informações sobre o suposto paradeiro da criança surgiram de tempos em tempos, até que 21 dias atrás novas escavações levaram os policiais a uma conclusão que pode – contra a vontade da família – encerrar o mistério e as buscas pelo garoto.

A polícia anunciou ter encontrado um carrinho de brinquedo, reconhecido pela família e achado no local onde uma retroescavadeira despejava entulhos da obra. No total, 93 objetos vão ser agora examinados por peritos no Reino Unido.

A evidência sugere que a criança foi morta acidentalmente no local das obras e, para a polícia, essa seria a provável causa do seu desaparecimento.

‘Não posso dizer que acabou’

Porém, a mãe de Ben, Kerry Needham, não aceita o fim das buscas e quer localizar o corpo do filho: “Eles sabem que ele morreu, mas não conseguem encontrá-lo”.

“A polícia disse que é hora de encerrarmos esses 25 anos de buscas. Mas eu não posso dizer que acabou, sabendo que Ben ainda está em algum lugar naquela ilha. Isso me deixa psicologicamente péssima. Não quero me sentir pior do que já me sinto.”

Kerry disse que tem vontade de “revirar” toda a ilha grega até que o corpo seja descoberto.

“Alguém sabe onde ele está. Pelo amor de Deus, ajudem-me a encontrá-lo. Sabemos que ele morreu, mas precisamos achá-lo. Quando alguém morre, você procura um lugar especial para essa pessoa.”

Nova pista

As novas buscas foram feitas após a informação de que o homem que manobrava a retroescavadeira, identificado como Konstantinos Barkas, poderia ter sido o responsável pela morte do pequeno Ben.

A suspeita foi levantada por um amigo dele, que também revelou que Barkas morreu de câncer em 2015.

Uma equipe de 19 pessoas, entre policiais de South Yorkshire, legistas, um arqueólogo e socorristas passou 21 dias escavando os arredores do sítio e um outro local a 750 metros de distância.

Foi nesse segundo local, no sábado passado, que os policiais encontraram o carrinho de metal de Ben.

“A descoberta e o local em que ela foi feita reforçam a minha crença de que houve retirada de material dali no dia do desaparecimento da criança ou logo depois”, afirmou o inspetor Jon Cousins, responsável pelo caso.

“Sabemos que equipamentos pesados, inclusive uma grande retroescavadeira, foram usados no dia 24 de julho de 1991 para limpar o terreno nos fundos do sítio, que estava sendo reformado pela família Needham.”

Acredito que Ben Needham morreu em um acidente quando brincava perto da casa, em Iraklis”, disse o policial.

Cousins informou que no último ano e meio foram descartadas várias linhas de investigação.

// BBC

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Asteroide Psyche poderia ser núcleo de planeta que não se formou, dizem cientistas

Cientistas examinaram um asteroide que deve ser visitado por uma missão da NASA em 2022, encontrando provas que suas propriedades atraíram sucessão de outros asteroides. Após realizar diversas simulações em 2D e 3D usando um supercomputador, …

Essa “formiga-diabo” pré-histórica ataca sua presa há 99 milhões de anos

Uma linhagem extinta há tempos, nomeada afetuosamente de “formiga do inferno” ou “formiga-diabo”, foi encontrada presa em âmbar há 99 milhões de anos atrás, com sua mandíbula em formato de foice agarrada firme na presa. No …

Mataram um crocodilo de meia tonelada e 4,5 metros depois de 50 anos de perseguição

Notícia triste para quem luta pela preservação do meio ambiente. Conhecido como Demônio, um crocodilo de meia tonelada e 4,5 metros, que segundo moradores aterrorizava vilarejos na ilhas Bangka Belitung (Indonésia), foi morto na semana …

China diz que encontrou traços de coronavírus em frango brasileiro

Carga de asas de frango que chegou a Shenzhen, no sul do país asiático, foi confiscada. Funcionários da alfândega que entraram em contato com alimentos foram testados, mas exames deram negativo. Traços do novo coronavírus foram …

Vacinação em SP começa em janeiro, segundo diretor do Butantan

Com a pandemia, inúmeras empresas estão dedicadas ao desenvolvimento de uma vacina que possa ajudar na luta contra a COVID-19. Nesta quarta-feira (12), o diretor do Instituto Butantan, Dimas Tadeu Covas, afirmou que o estado …

Descoberto "Stonehenge de madeira" de 4.500 anos em Portugal

A estrutura de madeira achada é a "única na pré-história da Península Ibérica", explicou o arqueólogo que lidera as escavações. Durante uma escavação no sítio arqueológico de Perdigões, arqueólogos descobriram uma estrutura para fins cerimoniais de …

Coronavírus reaparece na "protegida" Nova Zelândia e gera alerta

A detecção de quatro casos de transmissão local do novo coronavírus, depois de mais de 100 dias sem o vírus, levou as autoridades da Nova Zelândia a restaurar a quarentena em Auckland, cidade mais populosa …

Viagem aos anos 90: Airbnb abrirá reservas para pernoites na última Blockbuster

Quem viveu o boom das locadoras nos anos 90 sabe que ir até uma Blockbuster ou redes semelhantes de VHS e DVDs era um verdadeiro programa de final de semana: a experiência de assistir a …

Joe Biden escolhe Kamala Harris como candidata a vice

Senadora eleita pela Califórnia pode se tornar a primeira mulher vice-presidente dos Estados Unidos, caso chapa democrata derrote Donald Trump em eleição de novembro. O candidato à presidência dos Estados Unidos, Joe Biden, anunciou nesta terça-feira …

Bilionários do Vale do Silício apostam em bunkers para vencer fim do mundo

Esqueça a vida no espaço: bilionários do Vale do Silício estão se preparando para o apocalipse comprando bunkers. A parte mais abastada da população mundial tem se mostrado interessada em adquirir “buracos na terra” equipados para …