Esfinge usada há 94 anos em filme épico de Hollywood é desenterrada na Califórnia

Uma equipe de arqueólogos conseguiu desenterrar uma esfinge de gesso, com 94 anos, que foi usada como adereço no filme de 1923 “Os Dez Mandamentos”, do diretor Cecil B. DeMille. Um achado surpreendente que testemunha a chamada era dourada de Hollywood.

O filme épico Os Dez Mandamentos, de 1923, foi a primeira versão do tema bíblico realizada pelo diretor Cecil B. DeMille. Trata-se de um filme mudo, em preto e branco, que tinha um dos maiores cenários de filmagens já construídos até a época.

Quase 100 anos depois, arqueólogos conseguiram chegar a uma das colossais esfinges de gesso, que pesa 136 quilos e utilizada no filme épico.

A peça foi encontrada nas Dunas de Guadalupe-Nipomo, região central da Califórnia, onde DeMille filmou Os Dez Mandamentos, pelo fato de o cenário natural local se assemelhar a um Egito arenoso e deserto.

O diretor do Centro das Dunas de Guadalupe-Nipomo, Doug Jenzen, disse à CBS News que a esfinge se encontra em ótimo estado de conservação, com “a tinta ainda intacta”, por ter sido “preservada pela areia”.

Jenzen atesta também que, apesar de terem sido construídas para “durarem apenas dois meses”, ou seja, durante as filmagens, o fato de se encontrar a esfinge, 94 anos depois, em tão excelente estado “demonstra o nível de perfeição e de perícia que os artesãos usavam”.

“Isto é significativo e mostra que ainda estamos aprendendo facetas inesperadas da produção de filmes históricos, como o fato de os objetos de filmes em preto e branco serem pintados com cores extremamente intensas“, acrescenta Jenzen.

(dr) Centro das Dunas de Guadalupe-Nipomo

Esfinge de gesso usada no filme “Os Dez Mandamentos” (1923), de Cecil B. DeMille, foi desenterrada na Califórnia

O especialista explica que “teriam usado pigmentos diferentes nos cenários de filmagens para a criação de sombras, luz e profundidade, para prevenir este aspecto muito sólido de uma só cor, ou preto ou branco”. “Por isso, no filme, os objetos são cinzentos”, conclui.

As filmagens de Os Dez Mandamentos incluíram 21 esfinges semelhantes à agora encontrada nas areias da Califórnia, que foram criadas pelo artista francês Paul Iribe, conhecido como “o pai do art déco“, conforme atesta o site Live Science.

No término das filmagens, DeMille teria dado ordens para que todos os adereços fossem enterrados nas dunas. Isto porque seria muito caro removê-los para outro local e porque não pretenderia que outros diretores os aproveitassem.

Em 1956, DeMille voltaria ao tema dos Dez Mandamentos, com um novo filme, já a cores e com som, e com Charlton Heston no papel principal.

A busca pelos adereços do primeiro Os Dez Mandamentos também originou um documentário intitulado “The Lost City of Cecil B. DeMille”, onde Peter Brosnan conta a busca de mais de 30 anos pela chamada “cidade egípcia perdida” do diretor.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Cientistas resolvem enigma de esculturas de pedra de 3.200 anos da Turquia

Um recente estudo permitiu descobrir finalmente o significado e a função dos relevos em pedra criados há 3.200 anos no santuário de Yazilikaya, na Turquia, após 200 anos de conjeturas. No século XIII a.C., a alguns …

EUA não devem esperar retomada do diálogo com Pyongyang, diz irmã de Kim Jong-un

As expectativas de retomada do diálogo entre os EUA e a Coreia do Norte são erradas, podendo levar a uma "decepção ainda maior", declarou a irmã do líder norte-coreano. Na terça-feira (22), Kim Yo Jong, alta …

Ministro da Saúde diz que não há mudança de estratégia para a Coronavac

No início desta segunda-feira (21), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, revelou que não haverá qualquer mudança de estratégia para a aplicação da CoronaVac. A declaração do ministro foi feita em audiência ao Senado Federal, revelando …

Há 80 anos, Hitler invadia a URSS – e começava a perder a guerra

Adolf Hitler e seus generais vinham planejando há meses para este momento. No domingo, 22 de junho de 1941, havia chegado a hora: às 3h15 da manhã, a Wehrmacht, forças armadas nazistas, atacou a União …

Com apenas 2% da população imunizada, África quer fabricar suas próprias vacinas anticovid

A África do Sul anunciou nesta segunda-feira a primeira etapa para capacitar seu continente na produção de vacinas anticovid. A conclusão do projeto ainda não tem data prevista, mas a iniciativa já é vista …

Pessoas feias superestimam drasticamente suas aparências

Pessoas pouco atraentes parecem menos capazes de julgar com precisão sua própria atratividade, e tendem a superestimar sua aparência. Não faltam disparidades entre pessoas atraentes e pouco atraentes. Estudos mostram que os mais belos entre nós …

Noruega acusa Pequim de ciberataque contra serviços do governo

Pela primeira vez na história, o Serviço de Segurança Policial da Noruega (PST, na sigla em inglês) identificou a China como sendo responsável por um ataque hacker contra as autoridades do país nórdico. A agência de …

China supera marca de 1 bilhão de vacinas contra a covid-19 aplicadas

Quantia representa mais de um terço das doses aplicadas no mundo. Após início lento da imunização, autoridades chinesas querem vacinar completamente 40% da população até o final de junho. O número de doses de vacinas contra …

Brasileiros protestam no exterior contra Bolsonaro e gestão da epidemia

Dezenas de milhares de pessoas tomaram as ruas de várias capitais brasileiras neste sábado para protestar contra o presidente Jair Bolsonaro e sua gestão da pandemia, que já deixou mais de meio milhão de …

Relíquia do Jurássico: descoberto animal marinho cuja espécie vive há 180 milhões de anos

Um grupo de pesquisadores descreveu uma nova espécie de ofíuros – um animal marinho parecido com as estrelas-do-mar, que recebeu o nome de Ophiojura, informou nesta quinta-feira (17) Tim O’Hara, curador dos Museus Victoria (Austrália) …