Espécies de sangue quente surgiram há mais de 250 milhões de anos

(dv) Museo Canario

Imagem ilustrativa de fósseis de mamíferos. Alguns parecidos com o da imagem foram analisados e a conclusão foi de que o espécies de sangue quente surgiram há mais de 250 milhões de anos.

O momento em que os ancestrais dos mamíferos começaram a ter sangue quente foi, até agora, motivo de debate entre os especialistas, mas uma nova pesquisa assegura que essa mudança aconteceu no período Permiano Superior, ou seja, entre 252 e 259 milhões de anos atrás.

Uma equipe internacional de cientistas realizou uma análise de datação em 90 fósseis e isto permitiu comprovar que as espécies de sangue quente surgiram em nossa linhagem durante o Permiano Superior, segundo um comunicado do Centro Nacional de Pesquisa Científica (CNRS, sigla em francês) na França.

O surgimento do sangue quente teria favorecido a sobrevivência desses animais durante a extinção registrada no período Permiano-Triássico, datada há 252 milhões de anos, segundo o estudo que foi publicado nesta terça-feira (18) pela revista eLife.

Na atualidade, apenas as aves e os mamíferos são capazes de produzir ao mesmo tempo o seu próprio calor corporal (endotermia) e manter constante uma temperatura elevada (homeotermia).

A combinação dessas duas características (endohomeotermia) apareceu entre os terapsídeos, um grupo dos répteis da classe Synapsida.

Entre 270 e 252 milhões de anos atrás, os terapsídeos formavam seis grupos e de um deles, os cinodontes, deram origem aos mamíferos, segundo o comunicado.

Os pesquisadores reuniram 90 fósseis descobertos em África do Sul, Lesoto, Marrocos e China, entre eles 63 terapsídeos de 22 espécies diferentes, para estudar sua composição de isótopos de oxigênio.

Os isótopos estáveis 16O e 18O se incorporam de forma distinta nos ossos e nos dentes em função do metabolismo do animal, de modo que um indivíduo de sangue quente terá uma composição isotópica diferente de um de sangue frio que compartilha o mesmo ambiente.

As diferenças na composição isotópica entre determinados terapsídeos e outros animais da época revelaram que oito espécies, que se originaram de duas linhas distintas de terapsídeos, eram endohomeotermicas alguns milhões de anos antes da extinção do período Permiano-Triássico.

Uma delas, os dicinodontes, já está extinta, mas a segunda, os cinodontes, deu origem aos mamíferos.

Ambas as espécies conseguiram sobreviver à extinção há 252 milhões de anos, na qual 75% das espécies terrestres pereceram, e a chave para a sua resistência às mudanças climáticas brutais da época “poderia residir em sua endohomeotermia”, diz a nota.

// EFE

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Startup ajuda pequenas empresas a monitorarem vacinação dos funcionários

A startup brasileira White Tents lançou uma versão em formato freemium — isto é, gratuita mas com alguns recursos pagos — de sua plataforma digital para pequenas empresas que queiram monitorar a vacinação de até …

Argentina vacinará brasileiros na região de fronteira e turistas estrangeiros menores de 18 anos

O governo argentino anunciou uma nova flexibilização para a entrada de estrangeiros no país, a vacinação de turistas menores de 18 anos e de cidadãos de países vizinhos que atravessarem a fronteira por via …

CPI da Pandemia conclui trabalhos e pede o indiciamento de Bolsonaro

Senadores aprovam relatório sobre atuação do governo na crise do coronavírus que propõe punição de 78 pessoas e duas empresas, após seis meses de depoimentos, coleta de provas e repercussão na mídia. A CPI da Pandemia …

Sinais de possível 1º exoplaneta fora da Via Láctea são detectados

Pela primeira vez na história, é possível que os cientistas tenham descoberto um planeta em outra galáxia. O possível exoplaneta recebeu o nome de M51-ULS-1 e se encontra a 28 milhões de anos-luz de distância na …

China vai vacinar crianças a partir de três anos contra a covid-19

Imunizantes aprovados são das farmacêuticas chinesas Sinopharm e Sinovac, fabricante da Coronavac. País será um dos primeiros a começar a vacinar essa faixa etária. No total, China já vacinou 76% da população. Ao menos cinco províncias …

"Bolsonaro ignora todas as necessidades culturais dos brasileiros", diz Gilberto Gil à revista Télérama

A imprensa francesa desta segunda-feira (25) destaca o show de Gilberto Gil nesta noite na Filarmônica de Paris. O músico brasileiro conversou com o jornal Le Monde e com a revista Télérama. "Gilberto Gil", embaixador …

"Peças extraordinárias" achadas na Indonésia podem ser da lendária "ilha do Ouro"

Tesouros no valor de milhões de dólares encontrados nos últimos cinco anos ao longo do rio Musi podem ser do antigo império malaio Serivijaia, na ilha de Sumatra, que por 300 anos dominou as rotas …

Pandemia de Covid-19 vai acabar "quando o mundo decidir acabar com ela", diz diretor da OMS

A pandemia de Covid-19 vai acabar "quando o mundo decidir acabar com ela", disse neste domingo (24) o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Ghebreyesus. O representante da ONU discursou na abertura …

Google está “criando Deus”, alerta ex executivo da Google

Segundo um ex-executivo do Google, a singularidade está chegando. E, segundo ele isso representa uma grande ameaça para a humanidade. Mo Gawdat, ex-diretor de negócios da organização moonshot do Google, que na época se chamava Google …

Pandemia causa a maior redução na expectativa de vida desde a Segunda Guerra

Desde a descoberta do coronavírus SARS-CoV-2, mais de 4,9 milhões de pessoas morreram oficialmente em consequência da infecção, segundo levantamento da Universidade Johns Hopkins. Nesse cenário, a pandemia da covid-19 reduziu a expectativa de vida …