Está explicado por que os mamutes machos morriam mais do que as fêmeas

Os mamutes machos da Idade do Gelo morriam “de forma estúpida” e de forma mais frequente, quando comparado com as mamutes fêmeas, revela um novo estudo publicado na Current Biology.

Presos em pântanos ou poças, arrastados por avalanches de lama, afogados depois de quebrarem uma camada fina de gelo: era este o destino de muitos mamutes azarados, que viviam na Sibéria, há milhares de anos.

Agora, graças aos fósseis bem conservados destes animais, um grupo de paleontólogos conseguiu obter uma visão bastante precisa da sua vida pré-histórica, informa o New York Times.

Depois de uma análise genética dos restos destes mamutes, vítimas de muitas armadilhas naturais, os cientistas perceberam que a maioria destes “azarados” eram machos.

“Em muitas espécies, os machos tendem a fazer coisas um pouco estúpidas que acabam por matá-los e parece que o mesmo também acontecia com os mamutes”, explica ao jornal norte-americano Love Dalen, biólogo evolutivo do Museu Sueco de História Natural.

No estudo publicado na revista Current Biology, Love Dalen e o resto da equipe analisaram o DNA de ossos e dentes de 98 mamutes e descobriram que 69% das amostras pertenciam a machos.

De acordo com o jornal, a equipe defende que o motivo desta proporção invulgar pode estar relacionada com o fato de os machos terem um comportamento imprudente.

Assim como os elefantes selvagens de hoje em dia, os mamutes machos da Idade do Gelo provavelmente andavam mais tempo sozinhos e se metiam em situações de risco com mais frequência do que as fêmeas.

As fêmeas, pelo contrário, só se moviam em grupo, lideradas por uma matriarca mais velha, que conhecia o terreno e que mantinha as companheiras longe dos perigos.

“Sem a vantagem de viver em uma manada dirigida por uma fêmea experiente, os mamutes machos corriam mais riscos de morrer em armadilhas naturais como pântanos, buracos e lagos”, explica Dalen.

Estes herbívoros gigantes desapareceram há cerca de 4 mil anos, como consequência das mudanças climáticas e porque os humanos começaram a caçá-los com mais frequência.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Um traumatizado veterano SEAL da Marinha dos EUA disse que uma viagem "mágica" de cogumelo pôs fim à sua depressão

Antes de sua primeira viagem guiada de cogumelos “mágicos”, Chad Kuske era prisioneiro de sua própria raiva no trânsito. Se um carro parasse na frente dele, ele ficava consumido pela raiva, ultrapassando todos os veículos em …

Esta espécie rara de uva é maior que um ovo de galinha

Não, as fotos de uvas gigantes (do tamanho de ovos de galinha) não são falsas. Se você passa um tempo considerável na internet, deve ter visto imagens dessas frutas atípicas por aqui. Para a surpresa …

Reino Unido anuncia novas restrições após fim do lockdown para tentar conter segunda onda de covid-19

O Reino Unido sai na próxima semana de um novo lockdown, mas, diante do aumento de casos de covid-19 no país, não entra em um período de flexibilização das medidas de distanciamento social. Nesta quinta-feira (26/11), …

Neandertais podem ter usado as mãos de maneira diferente à dos humanos modernos

Os neandertais podem ter feito um uso diferente das mãos em comparação à forma como os humanos modernos as usam, para eles seria difícil repetir muitos gestos normais para nós hoje em dia. Os dedos do …

Catarro? Som da tosse? Conheça métodos alternativos para detectar a covid-19

Desde o início da pandemia, a realização de testes para detectar a covid-19 fez-se extremamente necessária. No entanto, com o passar dos meses, instituições e empresas privadas ao redor do mundo deram início ao desenvolvimento …

Ativistas preparam protesto global contra a Amazon

Um grupo internacional de ativistas climáticos, aliados a trabalhadores de armazéns da Amazon, lançou uma campanha online global, cujo objetivo é pressionar a gigante do e-commerce a oferecer melhores condições de trabalho para seus funcionários …

Pesquisadores descobrem em cometa elemento essencial para vida na Terra

A descoberta indica que os elementos imprescindíveis para o surgimento da vida podem ter chegado à Terra por meio de cometas. Pesquisadores identificaram fósforo e flúor em partículas de poeira sólida coletadas no interior do cometa …

Consumo de plásticos explode na pandemia e Brasil recicla menos de 2% do material

Com o avanço do delivery de alimentos e do comércio eletrônico, além do maior uso de material hospitalar descartável como máscaras e luvas, o consumo de plásticos explodiu durante a pandemia do coronavírus. O aumento do …

Cientistas explicam por que não se consegue parar a pandemia

Cientistas turcos descobriram que a quantidade de vírus SARS-CoV-2 no organismo de pacientes assintomáticos é mais alta do que nos que apresentam sintomas, o que diferencia radicalmente o novo coronavírus de outros patógenos e explica …

Al-Ahly venceu Liga dos Campeões da CAF

A equipa egípcia do Al-Ahly arrecadou o troféu da Liga dos Campeões da Confederação Africana de futebol pela nona vez ao derrotar o outro clube egípcio, o Zamalek, por 1-2. A final 100% egípcia decorreu no …