Mamíferos em risco de extinção por fazerem muito sexo

Duas pequenas espécies de marsupiais, conhecidas pelos hábitos sexuais suicidas de acasalamento, foram oficialmente incluídas na lista de animais em risco de extensão na Austrália.

Segundo o portal Phys.org, o governo australiano incluiu o antequino de cauda preta e o antequino de cabeça prata na lista dos animais que necessitam de proteção especial.

Além dos desafios impostos pelas mudanças climáticas, perda de habitat natural e animais silvestres, o rato-marsupial-australiano também está em risco devido aos seus curiosos hábitos sexuais.

Anualmente, na época de acasalamento, os machos morrem antes de cumprir o ano pelo estresse provocado pela maratona de sessões sexuais que podem durar até 14 horas e que são obrigados a repetir várias vezes, de acordo com os dados recolhidos por cientistas.

De acordo com a BBC, um fator-chave desse custoso processo é o comportamento promíscuo das fêmeas, já que todas têm a época de reprodução no mesmo período do ano. Além disso, os poucos marsupiais dessa espécie que sobrevivem permanecem estéreis.

“A pele cai, os animais parecem muito doentes, às vezes, surgem gangrenas porque o sistema imunológico para de funcionar“, disse a bióloga Diana Fisher. Além disso, eles podem ter hemorragias internas e a desintegração dos tecidos do corpo.

A reprodução suicida, ou semelparidade, é largamente conhecida em muitas espécies de plantas e peixes, mas é rara em mamíferos.

As duas espécies foram descobertas em 2013, chegando a um total de 15 espécies de antequino na Austrália. A descoberta é de Andrew Baker, da Universidade Tecnológica de Queensland, na Austrália, e sua equipe.

Competição entre espermatozoides

semelparidade é mais comum em espécies que vivem em regiões onde os alimentos são abundantes em determinada época do ano, o que torna mais provável que as fêmeas das espécies encurtem o período fértil para dar à luz apenas quando há fartura de comida.

Nesses marsupiais, as fêmeas também sincronizam o ciclo reprodutivo. Além disso, as fêmeas destes animais são altamente promíscuas, já que o comportamento promove a competição entre os espermatozoides de diferentes machos, explica a bióloga.

“As fêmeas que acasalam com mais machos conseguem evitar os machos de baixa qualidade, por causa da competição entre os espermatozoides”, diz. “Aqueles que têm sucesso na fertilização são os de melhor perspectiva de sobrevivência“, comenta.

Mas apesar de isso garantir descendentes resistentes, o processo é fatal para os pais.

Os machos tentam acasalar com o maior número possível de fêmeas, empurrados por altos níveis de hormônios como a testosterona. Esses elementos químicos, por sua vez, elevam os níveis dos hormônios do estresse, e seus sistemas não têm a capacidade de aguentar isso, segundo a bióloga.

“Se nós, humanos, ficarmos muito estressados, temos um sistema de compensação para reduzir isso”, explica. “Mas os marsupiais continuam a elevar o estresse mais e mais e são levados a passar todo o tempo acasalando competitivamente”, diz.

Segundo Fisher, isso representa seleção sexual movida pelas fêmeas. É uma estratégia diferente da de outros mamíferos, em que os machos às vezes lutam pelo direito de acasalar ou são selecionados pelas fêmeas com base na aparência ou na força.

A equipe de biólogos diz que a estratégia de perder metade dos indivíduos no ato da reprodução também pode funcionar bem como estratégia de evolução se existir uma grande densidade populacional.

Ciberia // Sputnik / ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Estudo de esqueletos de 200 gerações revela como humanos evoluíram para lutar contra germes

Estudiosos analisaram cerca de 70 mil esqueletos de 200 gerações a fim de entender como a humidade passou por pandemias anteriores. Os estudos foram feitos acerca de doenças infecciosas como tuberculose, treponematose e hanseníase. Os pesquisadores …

Médica adverte sobre síndrome inflamatória multissistema em pacientes que superaram covid

A médica-chefe de um hospital de Moscou, Mariana Lysenko, declarou em uma entrevista ao canal RT que alguns dos pacientes que superaram a COVID-19 podem desenvolver uma síndrome inflamatória multissistema. De acordo com a médica, a …

Militares abrem fogo contra manifestantes em Mianmar

Forças de segurança reforçam repressão aos protestos contra golpe de Estado e deposição do governo democraticamente eleito. Relatos de mortes surgem de várias cidades. ONU condena violência e o uso de força excessiva. As forças de …

LEGO lança quiz online para educar a criançada sobre cyberbullying

O sentido educacional que os brinquedos da LEGO oferecem ganha nova e ainda maior dimensão com o lançamento do Safer Internet Day (ou Dia da Internet mais Segura, em tradução livre), um quiz virtual desenvolvido …

Covid-19: Peru prorroga suspensão de voos do Brasil até 14 de março

O governo do Peru anunciou neste domingo (29) a prorrogação até 14 de março da suspensão de voos procedentes do Brasil. A medida preventiva visa evitar a entrada de passageiros que podem estar infectados …

Ex-funcionários do McDonald's revelam "estratégia de espionagem" da rede de fast-food

A revista Vice analisou testemunhos de supostos trabalhadores anônimos do McDonald's que tinham conhecimento direto da vigilância, e vazou documentos que explicam as táticas de espionagem. Uma equipe de analistas de inteligência da cadeia de fast-food …

Bolsonaro usa pesquisa alemã distorcida para criticar uso de máscaras

O presidente Jair Bolsonaro usou sua live de quinta-feira (26/02) para mais uma vez desestimular o uso de máscaras contra a covid-19. No mesmo dia em que o Brasil registrou a segunda pior marca de mortes …

Cientistas congelam sêmen de corais para tentar salvar espécie da extinção no Brasil

Estima-se que até 50% dos recifes de corais já desapareceram dos oceanos. A previsão para o futuro também não é animadora: uma projeção da Unesco apontou que, caso as mudanças climáticas não sejam revertidas, eles …

Esqueletos descobertos podem revelar a história do mais rico pirata da historia, morto há 300 anos

No início do século XVIII, quem mandava nos mares sem lei do Caribe, da América Central e da América do Norte era o grande pirata inglês Samuel Bellamy, imortalizado pelo apelido de “Black Sam”. Um dos …

Biden isola príncipe saudita, provável alvo de relatório da CIA sobre morte de jornalista

O presidente americano, Joe Biden, falou pela primeira vez por telefone nesta quinta-feira (25) com o rei Salman, da Arábia Saudita, na iminência da publicação de um aguardado relatório de inteligência sobre o assassinato …