Estamos fazendo café de forma errada (e quem diz é a Ciência)

Se você considera que o café perfeito é uma coisa extremamente subjetiva e pessoal, temos que dizer que a ciência acha que está completamente errado.

De acordo com o IFLScience, um novo estudo da Universidade Estadual do Kansas, nos EUA, mostra que, aparentemente, só existe uma forma correta de fazer café – e tem tudo a ver com a temperatura da água.

A pesquisa, publicada no início de agosto na revista Food Research International, envolveu sete degustadores profissionais do Centro de Análise Sensorial e Comportamento do Consumidor, que passaram bastante tempo provando e a analisando café para descobrir exatamente como fazer a melhor versão possível da bebida.

No total, a equipe analisou 36 diferentes atributos de sabor, isto é, características como “frutado” ou “floral”, em várias amostras de café feitas com diferentes tipos de grãos e consumidos em diferentes temperaturas.

No fim, os pesquisadores chegaram à conclusão que a temperatura da água pode ser o fator determinante para que um café seja considerado bom (ou nem por isso). A temperatura que pretendemos atingir depende do tipo de grão, mas a principal descoberta é que beber diretamente da água fervendo é uma proibição absoluta.

Regra geral, podemos utilizar a temperatura de 70°C, particularmente se estivermos utilizando um café de variedade árabe. Por outro lado, se estivermos usando grãos da variedade Robusta, consumi-los a uma temperatura de 60°C ou 50°C produz um sabor mais intenso. Além disso, devemos evitar beber café a uma temperatura superior a 70° C devido aos risco de queimaduras.

Mas isso não é tudo. Segundo o mesmo site, existem vários outros componentes que podem melhorar o sabor do café, desde a moagem até o frescor dos grãos, assim como a proporção entre café e água e até mesmo a qualidade da água.

Em declarações ao The Conversation, Christopher Hendon, professor de materiais computacionais e química da Universidade de Oregon, que não esteve envolvido no estudo, também compartilha da mesma opinião. Quanto mais alta a temperatura, mais saboroso fica o café. No entanto, se for muito alta também faz com que fiquemos com compostos indesejáveis na bebida.

Independentemente da forma como você gosta do café – fraco, forte, quente, frio –, o certo é que deve bebê-lo.

Vários estudos comprovam que a cafeína, bebida com moderação, traz vários benefícios para a saúde, diminuindo o risco de problemas cardíacos, câncer de pele, diabetes tipo 2 e até pode proporcionar uma vida mais longa.

Ciberia // HypeScience / ZAP

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Tratamento para tuberculose é recorde, mas 3 milhões não têm acesso

Em 2018, o número de pessoas que receberam tratamento para a tuberculose bateu um recorde histórico em grande parte devido a uma melhor detecção e diagnóstico da doença. Em todo o mundo, sete milhões de pessoas …

"Blob": o que é a misteriosa criatura com 720 sexos e sem cérebro

Ele não tem boca, estômago, olhos, tampouco pode detectar ou digerir alimentos. Também não tem braços ou pernas, mas consegue se locomover — e, em um único dia, dobrar de tamanho. É capaz de aprender e …

Planalto suspende indicação de Eduardo Bolsonaro para embaixada nos EUA

Desgaste político e crise entre clã Bolsonaro e PSL minam nomeação do filho do presidente, que dificilmente seria aprovada pelo Senado. Caso ocorre após batalha pela liderança da legenda na Câmara. O Palácio do Planalto decidiu …

EUA aplicam tarifas punitivas sobre produtos da UE

Após aval da OMC, entram em vigor aumentos tarifários de 10% e 25%, afetando 7,5 bilhões de dólares em produtos do bloco europeu. Bruxelas poderá retaliar com sanções. As autoridades de comércio dos Estados Unidos confirmaram …

Polícia libera filho do chefe do narcotráfico El Chapo depois de emboscada

Alvos de uma violenta represália dos narcotraficantes, os policiais mexicanos foram obrigados a soltar Ovidio Guzmán López, um dos filhos do célebre El Chapo, do cartel de Sinaloa, pouco depois de prendê-lo, nesta quinta-feira (17) …

Pesquisa identifica quais as preferências musicais em cada região do Brasil

Ainda que a cultura brasileira tenha o hábito de importar, no bom e no mal sentido, tudo que pode de países estrangeiros – em especial dos EUA e alguns países da Europa – na hora …

Estudo descobre que humanos têm capacidade de regeneração como a salamandra

Infelizmente, seres humanos não podem se dar ao luxo de perder nenhum pedacinho do corpo, porque todos são insubstituíveis. Ou talvez não. Um estudo da Universidade Duke (EUA) descobriu que somos muito melhores em regenerar cartilagem …

Polícia da Holanda encontra família que diz ter passado 9 anos fechada em quarto secreto ‘esperando o fim do mundo’

Uma família de seis pessoas que passou nove anos em uma fazenda "esperando o fim do mundo" foi descoberta pela polícia na Holanda, depois que um deles apareceu em um bar da região de Ruinerworld. Um …

Ter um cachorro pode te ajudar a viver mais, aponta estudo

Nos últimos anos diversas pesquisas apontaram as vantagens de se ter um cachorro em casa. Nossos fiéis amigos de quatro patas são muito mais do que companheiros, mas podem nos ajudar a viver mais. É …

Desde 1970 a NASA sabe que existe vida em Marte, diz ex-engenheiro da agência

Em um artigo publicado na terça-feira (15) na revista Scientific American, Gilbert Levin, um ex-engenheiro da NASA que trabalhou nas missões Viking, faz uma afirmação polêmica: a de que, desde a década de 1970, a …