Ciência por trás do café com leite pode ser aplicada a outros materiais

Uma equipe de cientistas dos Estados Unidos analisou a formação de camadas de líquido ao preparar um café com leite e concluiu que o mesmo sistema pode ser utilizado para criar efeitos parecidos em outros materiais suaves, informou nesta terça-feira (12) a revista científica Nature Communications.

Os especialistas, dirigidos por Howard Stone, da Universidade de Princeton, fizeram vários experimentos, nos quais despejaram café expresso quente em leite morno com velocidades diferentes, com o objetivo de analisar como os dois tipos de líquido interagiam.

De acordo com o estudo, quando o café é derramado rapidamente no leite, formam-se camadas diferenciadas de líquido, enquanto que, em velocidades mais lentas, o café e o leite simplesmente se misturam.

Os pesquisadores afirmam que a descoberta “serve para identificar um método simples que permite gerar estruturas com camadas em materiais suaves“.

Stone e seus colegas queriam saber como as estruturas com camadas podem ser criadas em situações quotidianas, como na preparação de um “latte”.

Sabe-se que, em materiais líquidos, diferentes padrões podem ocorrer quando um gradiente de calor faz com que um fluido se aqueça e se torne mais leve, e outro faz com que ele se esfrie e fique mais denso, dando origem a células convectivas.

Os especialistas explicam que a concorrência entre dois tipos de gradiente pode levar a um efeito semelhante, chamado “convecção de difusão dupla”, como acontece com a formação de camadas nos oceanos devido à concorrência entre as concentrações de salinidade e a variação de temperatura.

No caso do café com leite, a equipe constatou que “a convecção de difusão dupla é o mecanismo responsável pelo surgimento camadas de densidade” na bebida.

Segundo os especialistas, “há uma concorrência entre o gradiente térmico, devido à diferença de temperatura entre o expresso quente e o leite morno, e um gradiente de densidade, causado pela injeção de expresso”.

Os cientistas afirmam que existe “uma velocidade de injeção crítica, que é preciso alcançar para que surjam as camadas, pois, em velocidades mais baixas, os líquidos se misturam e não se separam em camadas”.

Os especialistas americanos acreditam que este exemplo cotidiano pode servir de referência “para produzir camadas em materiais suaves de maneira fácil e repetida em um contexto industrial”.

Os cientistas consideram que sua proposta de “estratégia para gerar camadas” pode ser especialmente útil na ciência dos alimentos e dos materiais.

Ciberia // EFE

COMPARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. “Velocidades mais lentas” não é uma expressão correta. Seria melhor dizer “velocidades mais baixas”.
    Analise pelo oposto. A expressão “velocidades altas” é igual a “velocidades velozes”?

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Inclinação de Saturno pode ser explicada pela migração de suas luas; entenda

Em um novo estudo, cientistas do French National Centre for Scientific Research (CNRS) e da Sorbonne University perceberam que a inclinação de Saturno pode ser causada pela influência da migração de suas luas — principalmente …

A verdade sobre as pessoas que "ouvem" os mortos: estudo

Cientistas identificaram os traços que podem tornar uma pessoa mais propensa a afirmar que ouve as vozes dos mortos. De acordo com novas pesquisas, uma predisposição a altos níveis de absorção em tarefas, experiências auditivas incomuns …

OMS diz não ter conhecimento de mortes relacionadas ao uso da vacina da Pfizer

A OMS não tem conhecimento de qualquer morte relacionada ao uso da vacina contra a COVID-19 produzida pelos laboratórios Pfizer e BioNTech, disse hoje (20) a diretora-geral adjunta da organização, a brasileira Mariângela Simão. "Temos uma …

QAnon ganha cada vez mais força na Alemanha

O ataque ao Capitólio nos EUA ilustrou o perigo que teorias da conspiração podem representar. Na Alemanha, o movimento tem cada vez mais adeptos – que se mantêm fiéis ao agora ex-presidente americano Donald Trump. A …

Coronavírus em Manaus: "Meu irmão morreu de covid em hospital particular, e a conta é de R$ 180 mil"

A tragédia familiar vivida pelo advogado Amaury Andreoletti ilustra o impacto emocional e também financeiro do colapso no sistema de saúde de Manaus (AM). Andreoletti, que chegou a ficar quatro dias internado e se recuperou, viu …

Biden reverte medidas de Trump e volta ao Acordo do Clima de Paris; entidades comemoram

Horas depois de assumir a Casa Branca, o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, cumpriu a promessa de reverter uma série de medidas tomadas pelo antecessor, Donald Trump. No total, foram 17 decretos assinados …

Avião com vacinas contra covid-19 entra em rota de colisão com jato após curva errada

  Essa foi por pouco! Na manhã desta terça-feira (19), um avião monomotor com vacinas contra a covid-19 a bordo fez uma curva errada após a decolagem, e acabou entrando em rota de colisão com um …

Emaranhamento quântico é transmitido a drones separados por 1 km de distância

Fótons emaranhados foram transmitidos entre dois drones pairando a um quilômetro de distância um do outro, demonstrando tecnologia que poderia ser a base de uma internet quântica. Quando dois fótons são emaranhados quanticamente, você pode deduzir …

Joe Biden empossado 46.º Presidente dos EUA

Joe Biden tomou posse, esta quarta-feira, como Presidente dos Estados Unidos, e Kamala Harris foi empossada a primeira vice-presidente norte-americana. No seu discurso, Biden disse que "este é o dia da América, da democracia …

Covid-19: Brasil deve enfrentar pior fase da pandemia nas próximas semanas

Nos últimos dias, a pandemia no Brasil foi marcada por imagens de dor e de esperança. De um lado, a falta de oxigênio em Manaus mostrou a tragédia causada pela falta de coordenação contra a …