Para evitar vício, Coreia do Sul proíbe venda de café em todas as escolas do país

A Coreia do Sul proibiu, a partir desta sexta-feira (14), a venda de café para alunos e professores em todas as escolas do país.

Com a medida, o governo quer evitar que os jovens abusem da bebida – e de outros energéticos que contêm cafeína – para permanecerem acordados à noite e poderem estudar mais.

Escolas maternais, de ensino fundamental e médio foram privadas de todo acesso ao café. A venda do produto já é proibida aos estudantes desde 2013, mas os alunos conseguiam burlar a regra e comprá-lo nos distribuidores automáticos reservados aos professores.

Em uma declaração, o ministério da Segurança Alimentar e dos Medicamentos disse que “café demais é nefasto para a saúde dos mais jovens e pode provocar náuseas e problemas de ritmo cardíaco”.

A proibição é uma resposta ao alto consumo de cafeína na Coreia do Sul, país de grande exigência no desempenho escolar e onde a maior parte das crianças e adolescentes têm aulas particulares até tarde.

O governo quer, portanto, erradicar o hábito de consumir a bebida para poder permanecer acordado e produtivo. A proibição tem o “intuito de criar práticas sadias entre as crianças e os adolescentes”, segundo o ministério. A Coreia do Sul também proibiu as publicidades sobre o açúcar e bebidas cafeinadas na televisão.

Apesar do chá ter sido a bebida tradicional na Coreia do Sul durante anos, nas últimas décadas o café tem dominado o país asiático. A nação já se tornou o sétimo maior importador no mundo e, em média, os coreanos bebem 512 taças de café por ano.

Tanta popularidade gerou diversas críticas contra a proibição nas escolas. Muitos lembraram que não será complicado para as crianças ter acesso às bebidas cafeinadas fora dos estabelecimentos escolares, nos Pyeon Eui Jeom, por exemplo, os supermercados que estão por toda a parte e ficam abertos 24h por dia.

A medida também é considerada hipócrita e pouco efetiva por quem critica a imensa pressão escolar que as crianças e os adolescentes sofrem – um problema social que exige uma solução mais elaborada. Muitos falam em “infância sacrificada”.

A Coreia do Sul tem a maior taxa de suicídio entre os jovens de 10 a 19 anos. Ao proibir o café nas escolas, o governo ataca um sintoma, mas ignora a raiz do problema.

// RFI

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Cidade de interior de SP inicia tarifa zero no transporte público

Enquanto diversas capitais ao redor do país aumentam o valor das passagens no transporte público, algumas outras cidades pensam diferente. Se o transporte coletivo gratuito parece um sonho inalcançável e utópico, algumas administrações públicas buscam maneiras …

Quantos anos de vida saudável os ricos ganham em relação aos pobres?

Um novo estudo europeu e americano descobriu que os ricos possuem cerca de nove anos de vida saudável a mais do que os pobres. A pesquisa foi bastante abrangente – os cientistas analisaram dados de mais …

O país sul-americano que deve crescer 14 vezes mais que a China neste ano

A Guiana ganhou na loteria e está prestes a resgatar o prêmio. Seus vizinhos, especialmente a Venezuela, aguardam intrigados para saber em que ela vai gastar. De acordo com o Fundo Monetário Internacional (FMI), a economia …

Portugal supera marca histórica de 500 mil imigrantes residindo no país; brasileiros são a maioria

Portugal atingiu um número recorde de imigrantes vivendo no país. O anúncio foi feito pelo governo nesta quarta-feira (15), durante debate no Parlamento sobre o Orçamento de Estado para 2020. "Os dados preliminares levam a dizer …

Papa Francisco nomeia primeira mulher para cargo de alto escalão no Vaticano

Pela primeira vez, uma mulher ocupará um cargo de alto nível no Vaticano. O Papa Francisco nomeou Francesca Di Giovanni para a função de vice-ministra da Secretaria de Estado da Santa Sé, órgão equivalente ao …

Khamenei chama Trump de "palhaço" e exalta ataque a bases dos EUA

Em primeiro sermão desde 2012, líder supremo do Irã afirma que Trump finge apoio ao povo iraniano e pede união após dizer que queda de avião foi "acidente trágico". EUA admitem que militares ficaram feridos. O …

Uma desconhecida explosão de ondas gravitacionais foi detectada na Terra

Os detectores de ondas gravitacionais da Terra, os observatórios LIGO e Virgo, identificaram uma misteriosa “explosão” de ondas gravitacionais não prevista na última terça-feira, 14 de janeiro. As ondas gravitacionais detectadas até hoje foram resultado de …

Twitter pede desculpas por permitir anúncios direcionados a neonazistas

O Twitter emitiu hoje (16), um pedido de desculpas público, logo após a BBC fazer uma denúncia de que a plataforma de anúncios da empresa estava permitindo o direcionamento de conteúdo para neonazistas e outros …

SP quer lei para incentivar uso de veículos híbridos e elétricos

Um novo projeto de lei apresentado em São Paulo pretende combater os problemas ambientais provocados pelos carros à combustão, que utilizam os tão poluentes combustíveis fósseis, através do incentivo ao uso de veículos elétricos ou …

Ataques iranianos teriam deixado 11 militares dos EUA feridos

Ao menos 11 militares norte-americanos foram retirados do Iraque para receberem tratamento médico em decorrência dos ataques iranianos contra as bases dos EUA. "Quando ficarem aptos para o serviço, estes militares regressarão ao Iraque", declarou à …