Incrível estátua de 3 metros de imperador romano é descoberta sob uma fonte antiga na Turquia

Excavation Committee of the Ancient City of Laodicea

Arqueólogos descobriram uma estátua monumental de Trajano, um famoso imperador romano, sob uma fonte na antiga cidade turca de Laodiceia.

Com 3 metros de altura e 1.906 anos de idade, a escultura foi reconstruída a partir de centenas de peças agrupadas e submergidas na antiga fonte d’água.

Ela apresenta Trajano em traje militar completo, incluindo armadura decorada, quíton (o equivalente romano de um kilt escocês) e tecido no ombro esquerdo. Um soldado inimigo preso pode ser visto encolhido nos pés do vitorioso imperador, que faz uma pose dominadora com o braço direito no ar. A estátua foi concluída em 113 dC, apenas quatro anos antes da morte de Trajano.

Durante seu reinado de 19 anos, de 98 a 117 dC, o imperador-soldado Trajano expandiu o Império Romano para sua maior extensão histórica, uma região vasta que englobava grande parte da Europa, o norte da África e partes do Oriente Médio, incluindo a Mesopotâmia (hoje Iraque).

Trajano também contribuiu de outras maneiras, lançando grandes obras públicas como a construção de aquedutos, pontes e portos. Em Laodiceia, o governante construiu um canal, gastando uma quantia substancial de dinheiro na cidade. A estátua foi feita para homenageá-lo por suas muitas contribuições.

Laodiceia fazia parte da província da Frígia (o prisioneiro está usando um gorro frígio), localizada em uma importante rota comercial que lhe trouxe grande riqueza e prosperidade. A cidade era tão rica que, quando um terremoto a destruiu em 60 dC, os moradores recusaram qualquer ajuda do império romano e a reconstruíram com seus próprios recursos, em grande estilo.

Seus cidadãos mais proeminentes patrocinaram a construção de teatros, casas de banho, templos, um estádio e uma miríade de outros edifícios públicos e obras de arte. Por conta desse desenvolvimento, Roma concebeu à Laodiceia o status de cidade livre, tornando-a autônoma e autogovernada. A região até cunhava suas próprias moedas.

Em algum momento, a estátua de Trajano se quebrou em 356 pedaços, que ficaram enterrados sob a fonte onde o monumento se erguia.

Excavation Committee of the Ancient City of Laodicea

Detalhes

A imponente estátua foi descoberta por pesquisadores do Comitê de Escavação da Cidade Antiga de Laodiceia, um projeto liderado pelo arqueólogo Celal Şimşek, da Universidade de Pamukkale (Turquia). De acordo com Şimşek, a escultura é de qualidade excepcionalmente boa. Provavelmente foi esculpida por um artista que viu Trajano pessoalmente.

Há ainda várias imagens na armadura. “Na parte superior da armadura, há o trovão de Júpiter, deus celestial. Medusa está localizada bem no meio do peito, o que é importante porque mostra o lado assustador do imperador”, explicou o pesquisador ao Hurriyet Daily News. “Há dois grifos recíprocos [grifo é uma criatura lendária com corpo, cauda e pernas traseiras de um leão], que são o símbolo do deus Apolo. Apolo era o deus que protegia as belas artes. Com isso, o que me vem à mente é que o imperador protegeu as belas artes em seu tempo”, complementou.

Os arqueólogos também encontraram uma inscrição da Lei Romana da Água no mesmo local, um documento que detalha várias regras e penalidades relativas ao uso e tratamento de água doce na época

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

EUA e Reino Unido teriam dado 'luz verde' a Israel para retaliar Irã após ataque a petroleiro

Irã rejeitou o envolvimento do país no ataque contra o petroleiro Mercer Street no mar Arábico que ocorreu na quinta-feira (29), condenando as acusações lançadas pelo governo israelense. Tel Aviv teria recebido "luz verde" de Washington …

Incêndios causam mortes e devastação no sul da Europa

A União Europeia EU) enviou ajuda para a Turquia nesta segunda-feira (02/08), e voluntários se juntaram a bombeiros na luta contra fortes incêndios que já duram seis dias e mataram oito pessoas no país. Em …

Golpe militar em Mianmar completa seis meses e já resultou em quase mil mortes de civis

Aterrorizados pela repressão da junta militar e pela propagação do coronavírus, poucos birmaneses se atreviam a ir às ruas para protestar neste domingo (1º), quando completam-se seis meses do golpe de Estado que mergulhou …

Governo italiano vende casas a 2 euros na região da Sicília

Mais uma vez o governo italiano está vendendo casas em áreas rurais da Itália, após o sucesso da campanha para repovoamento de áreas abandonadas. Além de promover a ocupação por meio de incentivos para jovens e …

Bolsonaro admite não ter provas de fraudes eleitorais

Em live para a qual convocou veículos de imprensa, Bolsonaro exibiu uma série de teorias falsas, cálculos equivocados e vídeos antigos, já verificados e desmentidos, mas que ainda circulam na internet, como supostas evidências de …

A incrível civilização antiga que mumificava os mortos 2 mil anos antes dos egípcios

"As mais antigas evidências arqueológicas conhecidas de mumificação artificial de corpos", segundo a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), estão presentes na América do Sul, na costa árida …

Delta pode causar covid-19 mais grave, alerta agência americana

Documento interno do órgão de prevenção de doenças dos EUA indica que a variante delta do coronavírus é tão contagiosa quanto a catapora e pode ser transmitida mesmo por indivíduos vacinados. "A guerra mudou", diz …

Vendas de vacinas anticovid impulsionam lucros de laboratórios

A empresa farmacêutica AstraZeneca anunciou nesta quinta-feira (28) que as vendas de sua vacina contra a Covid-19 alcançaram US $ 1,17 bilhão no primeiro semestre do ano. Este número corresponde à entrega de aproximadamente …

Cientistas transformaram água pura em metal pela primeira vez

Cientistas transformaram, pela primeira vez, água pura em metal. A pesquisa poderia permitir um estudo detalhado das condições de extrema alta pressão dentro de grandes planetas. A água pura é um isolante quase perfeito. Sim, a …

Imagens do satélite Amazonia-1 já estão disponíveis — e qualquer um pode acessar

O Ministério da Ciência e Tecnologia comunicou, nesta semana, que as imagens do Amazonia-1 já podem ser acessadas pelo público. O satélite Amazonia-1 foi lançado em fevereiro de 2021 e, desde então, já avançou por etapas importantes, …