Estrela que pisca com frequência inexplicável pode estar devorando planetas

A estrela RZ Piscium fica a 550 anos-luz da Terra, na constelação de Pisces, e emite um brilho intermitente, com ritmo errático.

Cada episódio de escuridão pode durar até dois dias, e a estrela se torna 10 vezes menos brilhante. Ela produz muito mais energia no comprimento de onda infravermelho do que estrelas como o Sol, o que indica que está cercada por um enorme disco de poeira.

“Nossas observações mostram que há aglomerados massivos de poeira e gás que ocasionalmente bloqueiam a luz da estrela e provavelmente estão indo em sua direção”, diz a doutoranda do Instituto de Tecnologia Rochester, Kristina Punzi.

Essas e outras observações fizeram com que os astrônomos concluíssem que a RZ Piscium é uma estrela jovem parecida com o Sol. Outra visão sugere que a estrela seja mais velha que o Sol e esteja começando sua transição para uma gigante vermelha.

Um disco de poeira, do início da vida da estrela, teria se dispersado depois de alguns milhões de anos, então os astrônomos precisavam de outra explicação para toda a poeira ao seu redor. Uma resposta possível seria a de que a destruição de planetas com órbitas próximas criaria toda essa poeira.

Mas afinal de contas, a RZ Piscium é uma estrela jovem com disco de detritos ou uma idosa destruidora de planetas? De acordo com a pesquisa de Punzi, é um pouco dos dois.

No estudo, foram usadas informações captadas pelo satélite XMM-Newton, da Agência Espacial Europeia (ESA), pelo observatório Lick na Califórnia e pelo observatório W. M. Keck no Havaí.

A estrela tem temperatura de 5.330 ºC, pouco menos que a do Sol. Sua superfície é rica em lítio, que é lentamente destruído por reações nucleares que acontecem nas estrelas. Através do estudo da quantidade de lítio, é possível estimar a idade da estrela. A RZ Piscium tem entre 30 a 50 milhões de anos.

Apesar de ser considerada jovem, ela é muito velha para ainda estar cercada por tanto gás e poeira. “A maioria das estrelas parecidas com o Sol perde seus discos formadores de planetas em poucos milhões de anos do nascimento. O fato de a RZ Piscium ainda ter tanto gás e poeira depois de dezenas de milhões de anos significa que está provavelmente destruindo planetas, em vez de criá-los”, diz o pesquisador Ben Zuckerman, professor de astronomia da Universidade da Califórnia em Los Angeles.

A observação dos cientistas mostra que essa poeira escapa da estrela e ao mesmo tempo é absorvida por ela.

A melhor explicação é que a estrela esteja cercada por detritos que representam o resultado de um desastre de proporções planetárias. É possível que ela esteja arrancando materiais de vizinhos, produzindo a corrente intermitente de gás e poeira. Outra possibilidade é que planetas ricos em gás tenham passado por uma colisão catastrófica em um passado recente.

Ciberia // HypeScience / ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Polônia concede visto humanitário a atleta olímpica e alimenta tensões com Belarus

A Polônia concedeu nesta segunda-feira (2) um visto humanitário para a atleta olímpica bielorrussa Krystsina Tsimanuskaya. A jovem afirma que estava sendo obrigada a deixar o Japão após ter criticado sua equipe e temia …

EUA e Reino Unido teriam dado 'luz verde' a Israel para retaliar Irã após ataque a petroleiro

Irã rejeitou o envolvimento do país no ataque contra o petroleiro Mercer Street no mar Arábico que ocorreu na quinta-feira (29), condenando as acusações lançadas pelo governo israelense. Tel Aviv teria recebido "luz verde" de Washington …

Incêndios causam mortes e devastação no sul da Europa

A União Europeia EU) enviou ajuda para a Turquia nesta segunda-feira (02/08), e voluntários se juntaram a bombeiros na luta contra fortes incêndios que já duram seis dias e mataram oito pessoas no país. Em …

Golpe militar em Mianmar completa seis meses e já resultou em quase mil mortes de civis

Aterrorizados pela repressão da junta militar e pela propagação do coronavírus, poucos birmaneses se atreviam a ir às ruas para protestar neste domingo (1º), quando completam-se seis meses do golpe de Estado que mergulhou …

Governo italiano vende casas a 2 euros na região da Sicília

Mais uma vez o governo italiano está vendendo casas em áreas rurais da Itália, após o sucesso da campanha para repovoamento de áreas abandonadas. Além de promover a ocupação por meio de incentivos para jovens e …

Bolsonaro admite não ter provas de fraudes eleitorais

Em live para a qual convocou veículos de imprensa, Bolsonaro exibiu uma série de teorias falsas, cálculos equivocados e vídeos antigos, já verificados e desmentidos, mas que ainda circulam na internet, como supostas evidências de …

A incrível civilização antiga que mumificava os mortos 2 mil anos antes dos egípcios

"As mais antigas evidências arqueológicas conhecidas de mumificação artificial de corpos", segundo a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), estão presentes na América do Sul, na costa árida …

Delta pode causar covid-19 mais grave, alerta agência americana

Documento interno do órgão de prevenção de doenças dos EUA indica que a variante delta do coronavírus é tão contagiosa quanto a catapora e pode ser transmitida mesmo por indivíduos vacinados. "A guerra mudou", diz …

Vendas de vacinas anticovid impulsionam lucros de laboratórios

A empresa farmacêutica AstraZeneca anunciou nesta quinta-feira (28) que as vendas de sua vacina contra a Covid-19 alcançaram US $ 1,17 bilhão no primeiro semestre do ano. Este número corresponde à entrega de aproximadamente …

Cientistas transformaram água pura em metal pela primeira vez

Cientistas transformaram, pela primeira vez, água pura em metal. A pesquisa poderia permitir um estudo detalhado das condições de extrema alta pressão dentro de grandes planetas. A água pura é um isolante quase perfeito. Sim, a …