Estudante é preso por roubar quase R$ 20 milhões em criptomoedas

Um estudante americano de 20 anos foi preso pelo envolvimento em um esquema de invasão e comprometimento de smartphones que resultou em mais de US$ 5 milhões em moedas virtuais roubadas.

O estudante Joel Ortiz foi preso em 12 de julho no aeroporto da cidade de Los Angeles, na Califórnia, enquanto tentava embarcar em um voo para fugir para a Europa.

De acordo com as autoridades dos EUA, o jovem fazia parte de uma quadrilha que realizava ataques direcionados, focados, principalmente, em convenções de entusiastas das criptomoedas ou grandes nomes das redes sociais.

O principal método de ação do grupo era a engenharia social, na tentativa de convencer empresas de telefonia a transferirem números telefônicos de terceiros para cartões SIM sob o controle dos criminosos.

A partir daí, Ortiz e seus comparsas burlavam a autenticação em duas etapas da maioria dos serviços online, de olho em carteiras de criptomoedas e perfis em redes sociais com um bom número de seguidores.

O dinheiro era transferido para contas também sob o controle dos hackers, enquanto os logins e senhas roubados eram vendidos em fóruns online e também da Deep Web para outros criminosos também de olho em sua utilização para a aplicação de golpes.

Todo o esquema envolvia bitcoins, que eram a moeda usada para a compra dos perfis roubados e também transferida das carteiras para outros endereços sob o controle dos hackers. Ao ser capturado, Ortiz confessou fazer parte de uma quadrilha voltada para esse tipo de crime e citou mais cúmplices, cujas identidades não foram liberadas pela polícia.

De acordo com o hacker, uma das principais operações do grupo neste ano foi a conferência Consensus, que aconteceu em maio deste ano e foi promovida pela Coindesk, um dos principais veículos informativos e de análises sobre o mercado de criptomoedas.

Em um dos golpes aplicados durante o evento, US$ 1,5 milhão em bitcoins foram roubados de um empreendedor – parte do dinheiro estava empenhado em uma oferta inicial de moedas, que ele não pode honrar.

Um segundo executivo, cuja identidade não foi revelada, foi vítima de Ortiz duas vezes, perdendo acesso a serviços de e-mail, contas em redes sociais e carteiras de moedas. O caso chamou a atenção da polícia quando o hacker tentou assediar a filha e a esposa do empresário, fazendo ameaças em troca de bitcoins.

Ortiz foi indiciado com 13 acusações de furto de identidade, outras 13 por invasão de computadores e duas de roubo qualificado. Ele permanece preso pois, apesar dos números milionários de seus golpes, não possui US$ 1 milhão para pagar a fiança imposta pela justiça.

Ortiz tem uma audiência marcada para o dia 9 de agosto, quando estará diante de um juiz para negociar um acordo cujos termos não foram revelados, mas podem ir desde uma confissão e admissão de culpa até a concordância em cooperar com as investigações em troca de uma redução na pena.

Ciberia // CanalTech / Motherboard

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Sauditas vão assumir morte de jornalista: foi um interrogatório que "não correu bem"

As autoridades sauditas, que negaram ter dado ordens para matar o jornalista Jamal Khashoggi, estão elaborando um relatório em que admitem a morte do jornalista e a justificam como resultado de um interrogatório que "não …

Startup brasileira oferece curso gratuito sobre estratégias do Vale do Silício

Um novo curso à distância promete ajudar os empresários brasileiros a descobrirem os segredos do sucesso do Vale do Silício. Oferecido pela Qulture.Rocks, startup de tecnologia para gestão de desempenho empresarial, o curso sobre OKRs (Objectives …

Se não pararmos de comer carne, vamos acabar com o planeta

Cada cidadão deverá reduzir em 75% o seu consumo de carne de vaca, 90% de carne de porco, comer metade da quantidade de ovos e triplicar o consumo de sementes e frutas secas. Segundo um estudo, …

TSE remove inserção de Haddad com informação falsa sobre Bolsonaro

O ministro Sergio Banhos, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), determinou que a campanha do presidenciável do PT, Fernando Haddad, cesse a divulgação de uma propaganda eleitoral segunda a qual o candidato do PSL à Presidência, …

Igreja Ortodoxa rompe com Constantinopla: maior cisma do Cristianismo em 1.000 anos

A Igreja Ortodoxa Russa decidiu nesta segunda-feira (15), durante o Sínodo que realiza em Minsk, em Belarus, romper todos os vínculos com o Patriarcado de Constantinopla, anunciou o arcebispo metropolitano Hilarion. "O Santo Sínodo decidiu romper …

Menino morre após ser atingido por disparo de arma feito por garoto de 12 anos

Um menino de 11 anos foi morto em Guarantã do Norte, no Mato Grosso, depois de outro garoto, de 12 anos, usar uma arma. De acordo com informações da Polícia Judiciária Civil, o fato aconteceu …

Clube Republicano: Trump com uma Coca-Cola Light ao estilo dos cães jogando pôquer

Há um novo quadro nas paredes da Casa Branca: “Clube Republicano”, no qual Donald Trump aparece à mesa com outros dez presidentes republicanos. O que se bebe? Coca-Cola Light. Andy Thomas, o artista de Missouri que, …

Governo decide manter começo do horário de verão em 4 de novembro

O Palácio do Planalto informou nesta terça-feira (15) que o início do horário de verão será mantido no dia 4 de novembro, cancelando um novo adiamento. Geralmente, o horário começa em outubro, mas foi adiado …

Bolsonaro diz que "quem vai mandar no Brasil serão os capitães"

O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, visitou nesta segunda-feira (15) a sede do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) da Polícia Militar do Rio de Janeiro. Bolsonaro chegou ao quartel, em …

A Teoria do Cabelo Macio: o último artigo publicado de Stephen Hawking

Artigo sobre entropia dos buracos negros e a Teoria do Cabelo Macio foram completados dias antes da morte do físico, em março. De acordo com o The Guardian, o último artigo do físico Stephen Hawking foi divulgado pelos físicos …