EUA acusam China de exportar drones autônomos letais para o Oriente Médio

O exército hi-tech de autômatos letais, antes uma visão do futuro, já é uma realidade e está em pleno curso, inclusive com comércio dessa nova tecnologia em andamento.

Isso é o que diz o secretário de Defesa dos Estados Unidos, Mark Esper. Segundo ele, a China vem exportando para o Oriente Médio drones armados que podem tirar vidas sem supervisão humana.

É a primeira vez que um alto funcionário da Defesa faz esse tipo de afirmação. “Enquanto falamos, o governo chinês já está exportando alguns dos seus drones aéreos militares mais avançados para o Oriente Médio e se prepara para exportar seus UAVs [veículos aéreos não tripulados, na sigla em inglês] furtivos de próxima geração quando eles entrarem em operação”, destacou Esper durante conferência sobre inteligência artificial na Comissão de Segurança Nacional.

A empresa chinesa Ziyan, por exemplo, comercializa o Blowfish A3, que, basicamente, é um drone equipado com hélices e uma metralhadora. A Ziyan descreve o produto como algo que “realiza, de forma autônoma, missões de combate mais complexas, incluindo detecção e reconhecimento de alcance de pontos fixos e ataques de precisão direcionados”.

De acordo com Greg Allen, chefe de estratégia e comunicação do Centro de Inteligência Artificial Conjunto do Departamento de Defesa norte-americano, um documento da organização independente Center for a New American Security revela que o Blowfish A2 já vinha sendo comercializado pela Ziyan junto aos governos do Paquistão e da Arábia Saudita.

“Apesar de expressar preocupação com a corrida armamentistas de inteligência artificial (IA), a maioria das lideranças na China vê um inevitável aumento do uso militar da IA ​​e vem seguindo isso agressivamente. A China já exporta plataformas autônomas armadas e IA de vigilância”, escreveu Allen.

No ano passado, Zeng Yi, executivo sênior da Norinco, terceira maior empresa de defesa da China, previu que “nos futuros campos de batalha, não haverá pessoas brigando” — isso já em 2025. Esper também disse que as redes chinesas de software e hardware de vigilância poderiam ajudar a China a desenvolver a IA.

“Todos os sinais apontam para a construção de um estado de vigilância do século XXI destinado a censurar a fala e negar os direitos humanos básicos em uma escala sem precedentes. Pequim tem todo o poder e ferramentas necessárias para coagir a indústria e a academia chinesas a apoiar os esforços liderados pelo governo”, alerta.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Mistério de galáxia desprovida de matéria escura é revelado

As observações astronômicas apontam para forças de "maré" e comportamento "canibal" de uma galáxia vizinha, que explicariam a escassez deste componente invisível. Se alguma galáxia é pobre em matéria escura, pode ser devido a uma interação …

Maioria das vacinas da Moderna será reservada no início para os Estados Unidos

A Moderna espera disponibilizar entre 100 e 125 milhões de doses de sua vacina contra a Covid-19 no primeiro trimestre de 2021. A empresa anunciou, nesta quinta-feira que, no início, entre 85 e 100 …

Amazonas é 3º estado com mais queimadas, emissões e desmatamento

Pela primeira vez, o Amazonas assume a terceira posição nos três principais rankings que indicam o avanço da degradação florestal na Amazônia brasileira, incluindo indicadores de queimadas, emissões de gases de efeito estufa e desmatamento …

Sudão bane casamento infantil e mutilação genital feminina, mas prática apresenta desafios

Depois de derrubar o ditador Omar al-Bashir no ano passado, o Sudão deu importante passo para reverter alguns dos tantos horrores cometidos contra a população feminina no país – e tornou ilegal tanto o casamento …

Namíbia elege deputado chamado Adolf Hitler

O nome de um recém-eleito político da Namíbia, vem chamando atenção na mídia nacionais e internacionais. "Adolf Hitler teve uma vitória esmagadora nas eleições regionais na Namíbia", relatou o portal de notícias alemão Spiegel Online nesta …

Astrônomos mapeiam 1 milhão de galáxias previamente desconhecidas

Cerca de um milhão de galáxias previamente desconhecidas para além da Via Láctea foram adicionadas a um mapa detalhado de seção de espaço. Pesquisas sobre o espaço normalmente demoram anos para serem completas, mas um novo …

Brasil recebe vacina de Oxford em janeiro, promete Pazuello

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse que o primeiro lote das vacinas de Oxford chega ao Brasil em janeiro. Serão 15 milhões de doses entre janeiro e fevereiro, totalizando 260 milhões ao longo do …

Cingapura é primeiro país a aprovar venda de carne de laboratório

Empresa californiana obteve autorização da cidade-Estado para usar sua carne de frango produzida a partir de cultura celular em chicken nuggets e garante que preço será competitivo. Cingapura é o primeiro país do mundo a aprovar …

Relatório da ONU aponta que 2020 deve ser um dos 3 anos mais quentes já registrados

A Organização Meteorológica Mundial (OMM) publicou um relatório que aponta que o ano de 2020 deve ser um dos três anos mais quentes desde o início dos registros de temperatura. O secretário-geral da OMM, Petteri Taalas, …

Documentos oficiais mostram que a China escondeu informações sobre a Covid-19

Relatórios oficiais chineses teriam sido transmitidos à rede de TV americana CNN por meio de um informador anônimo. A investigação se chama “Wuhan files” e tem como foco o começo da pandemia de Covid-19, em …