EUA preparam estados para distribuir vacina contra Covid-19 até novembro

USACE Europe District / Flickr

O governo americano pediu aos estados que se preparem para distribuir uma possível vacina contra a Covid-19 a partir de 1º de novembro, dois dias antes das eleições presidenciais.

A recomendação foi enviada em uma carta aos governadores.  O diretor do Centro para o Controle e Prevenção de Doenças (CDC), Roberto Redfield, fez a solicitação na semana passada, que visa preparar, com urgência, a campanha de vacinação. O documento também pede, “se for necessário, não aplicar os requisitos que possam impedir que estas instalações estejam completamente operacionais em 1º de novembro”.

Os Estados Unidos são o país mais afetado pela pandemia – mais de 6 milhões de americanos foram contaminados e pelo menos 185.000 morreram. As autoridades de saúde se preparam rapidamente para colocar em prática “uma distribuição em larga escala da vacina a partir do outono de 2020”, assinala Redfield na carta.

O presidente americano, Donald Trump, candidato à reeleição, afirmou na semana passada que seu país terá acesso à vacina este ano. O chefe de Estado americano conta com o sucesso da imunização para ganhar pontos na corrida eleitoral.

Embora várias vacinas se encontrem em fase de testes clínicos, ainda não é certo que alguma delas seja eficaz e segura. Mesmo assim, as autoridades americanas já preparam o processo de distribuição, para ganharem tempo.

Organização logística

O representante do CDC também enviou outras recomendações sobre como organizar a distribuição da vacina, em função do desenvolvimento de duas imunizações.

Sem ser citadas nominalmente, as vacinas parecem corresponder aos produtos criados pelos laboratórios americanos Pfizer e Moderna, respectivamente, segundo o jornal The New York Times. Os Estados Unidos reservaram milhões de doses destas empresas, mas também da AstraZeneca, Johnson & Johnson, Novavax e Sanofi, para garantir rapidez nas entregas.

“Os cenários descritos devem ser usados pelos estados e jurisdições locais para desenvolverem um plano operacional de vacinação precoce contra a Covid-19, enquanto o fornecimento de vacinas for limitado”, explica o documento.

No primeiro cenário, estima-se que cerca de 2 milhões de doses da primeira vacina estarão disponíveis no fim de outubro e entre 10 e 20 milhões no fim de novembro. No segundo cenário, a segunda vacina é eficaz. No terceiro, ambas as vacinas funcionam. O documento detalha as condições de envio e armazenamento dos produtos e as populações prioritárias para recebê-las, como equipes médicas e trabalhadores de atividades essenciais.

Outro sinal de que os Estados Unidos fazem de tudo para acelerar o acesso a uma vacina é que o chefe da Administração de Medicamentos e Alimentos (FDA), Stephen Hahn, não descarta a hipótese de autorizar a distribuição no mercado antes da conclusão dos testes clínicos.

// RFI

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Atmosfera da Terra primitiva pode ter sido tão tóxica quanto a de Vênus hoje

Pesquisadores tentaram reproduzir o equilíbrio delicado entre os gases que evaporaram do oceano de magma e a atmosfera que eles podem ter criado, e descobriram que esta seria fina e composta por dióxido de carbono …

Enorme monolito misterioso descoberto no deserto de Utah

Uma ocorrência totalmente comum. Você está em um helicóptero sobrevoando uma região remota do sul de Utah contanto cabras e bodes selvagens, quando de repente avista um monolito inexplicável saindo do solo. A KSL TV, relatou …

Funcionário de funerária é demitido após tirar selfie com corpo de Maradona

Foi demitido o funcionário da funerária responsável pelo velório do ex-jogador Diego Armando Maradona que tirou uma foto ao lado do caixão com o corpo do astro, enterrado nesta quinta-feira, dia 26, na Grande Buenos …

Museu de Londres reunirá relatos de sonhos de britânicos na pandemia

Projeto visa documentar mudanças no sono causadas pelo confinamento e pela crise gerada com a covid-19, além de coletar narrativas sobre o período para gerações futuras. Mudanças no sono aparentemente têm sido comuns durante a pandemia …

'O Gambito da Rainha': série da Netflix ignora sexismo no xadrez, diz ex-campeã

Existem várias cenas comoventes em O Gambito da Rainha, a série da Netflix que conta a história fictícia de Beth Harman, uma jovem prodígio do xadrez da década de 1960. Em uma delas, um jogador experiente …

Detectada "partícula fantasma" no Sol que confirma teoria da década de 1930

Uma equipe internacional de cientistas conseguiu, pela primeira vez, detectar diretamente a presença do ciclo carbono-nitrogênio-oxigênio (CNO) na fusão nuclear do Sol. Este ciclo representa uma das reações de fusão pelas quais as estrelas convertem hidrogênio …

Musk acertou? Tesla se aproxima dos US$ 500 bilhões de valor de mercado

Nesta segunda-feira (23), a Tesla atingiu o valor de mercado de US$ 498 bilhões. E isso em um momento em que não se sabe se a empresa vai conseguir atingir a sua meta de entregar …

Papai Noel é considerado 'trabalhador essencial' na Irlanda

Na mesma semana em que novas restrições de viagem foram colocadas em prática no Reino Unido e na Irlanda diante dos estragos causados pela segunda onda da pandemia de covid-19 na Europa, a Irlanda fez …

Especialistas da ONU advertem sobre viés racista em algoritmos

Os países devem fazer mais para combater o racismo, principalmente nos algoritmos de inteligência artificial utilizados para reconhecimento facial e controles policiais. Essas ferramentas podem reforçar discriminações, alertam especialistas da ONU. Segundo a especialista jamaicana …

Estudo de dentes de megalodonte revela segredos do tubarão de 18 metros

Especialistas em tubarões revelaram mais informações sobre um dos maiores predadores dos mares – o megalodonte. Nova pesquisa de dentes fossilizados da espécie Odotus megalodons, chamada também de megalodonte, sugere que os tubarões fêmeas desta espécie …