Explosão “letal” teria destruído submarino argentino em 40 milissegundos

Juan Kulichevsky / Wikimedia

Submarino ARA San Juan da Armada Argentina

Há uma nova teoria sobre o desaparecimento do submarino argentino ARA San Juan, de que não há sinal há 26 dias. Um especialista da Inteligência Naval dos EUA acredita que ele sofreu uma explosão “letal” que matou a tripulação instantaneamente.

A nova teoria, que assenta na ideia de que um evento fulminante causou a implosão do submarino, aparece em um relatório da Inteligência Naval dos EUA, conforme reporta o site de notícias argentino Todo Noticias.

O relatório, elaborado pelo ex-perito da marinha norte-americana, Bruce Rule, que tem mais de 40 anos de experiência na análise de sinais acústicos, se debruça sobre a “anomalia hidroacústica” detectada pela Organização do Tratado de Proibição Completa dos Ensaios Nucleares, no dia em que o submarino desapareceu e na zona da sua última posição conhecida.

A teoria de Bruce Rule é que o submarino sofreu “um colapso letal” que liberou uma “energia semelhante a uma explosão de 5.700 quilos de TNT“, conforme cita o Todo Noticias.

O perito acredita que o incidente fulminante se deu a 390 metros de profundidade, resultado de um evento que teria danificado o casco interior que protegia o submarino da pressão do mar. A água teria, então, entrado no submarino a uma velocidade de aproximadamente 2.900 quilômetros por hora.

“O casco interior foi destruído em aproximadamente 40 milissegundos“, considera Rule, segundo frisa a publicação. O especialista diz ainda que os 44 tripulantes “não se afogaram, nem experimentaram dor”, mas que “morte foi instantânea“.

O submarino teria caído então até o fundo do mar a uma velocidade de 18 a 24 quilômetros por hora, ainda segundo o mesmo perito.

A Marinha argentina reage com cautela sobre a nova versão. “Não descartamos nada, mas não deixa de ser uma análise de um especialista acústico em função do primeiro relatório”, que menciona a “anomalia hidroacústica”, constata o porta-voz da Marinha argentina, Enrique Balbi.

As buscas pelo submarino continuam, sem data para acabar, mas nenhum vestígio foi encontrado até agora.

“É como tentar encontrar um cigarro de 6 centímetros em um campo de futebol“, explica Enrique Balbi.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Carro voador da NASA levanta voo pela primeira vez; veja como foi

A NASA anunciou que os testes com o eVTOL (veículo elétrico voador com decolagem vertical) mais promissor do mercado foram bem-sucedidos. Desenvolvido pela Joby Aviation, o carro voador experimental realizou uma série de procedimentos para coleta …

Mudanças climáticas: cientistas treinam vacas para usar banheiro contra aquecimento global

Vacas podem ser treinadas para usar um banheiro para reduzir as emissões de gases de efeito estufa, segundo uma experiência realizada na Alemanha por pesquisadores alemães e da Nova Zelândia. No estudo, os cientistas treinaram os …

Reprovação a Bolsonaro volta a subir, afirma Datafolha

O Instituto Datafolha apurou que a reprovação ao governo do presidente Jair Bolsonaro aumentou ainda mais, passando para 53% entre as pessoas consultadas, segundo uma pesquisa divulgada nesta quinta-feira (17/02) pelo jornal Folha de S. …

Empresa norueguesa assegura que pode 'eliminar' furacões antes que se tornem destrutivos

Especialistas ambientais advertem que o sistema de cortina de bolhas proposto pela empresa poderia ela própria provocar efeitos indesejados. A OceanTherm, startup norueguesa, assegura que sua tecnologia pode evitar que as tempestades tropicais se tornem poderosos …

Limitar aquecimento global a 1,5ºC exige redução drástica de gases poluentes, mostra relatório

Manter a temperatura da Terra a 1,5°C será impossível sem uma redução massiva das emissões de gases poluentes. É o que mostra um novo relatório divulgado pela ONU nesta quinta-feira (16). O documento "United …

Alemanha libera entrada para brasileiros que apresentem teste negativo

A Alemanha vai deixar de considerar o Brasil como área de alto risco na pandemia do novo coronavírus a partir deste domingo, anunciou nesta sexta-feira (17/09) o Instituto Robert Koch (RKI), a agência governamental alemã …

Assembleia-Geral da ONU: exigência de vacina ainda não está decidida, mas é improvável que Bolsonaro seja barrado

Perdeu força a possibilidade de que líderes de países tenham que comprovar que se vacinaram contra a covid-19 para participar da 76ª Assembleia-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), que acontece na semana que vem …

Submarinos: França perde o "contrato do século" para a Austrália, que opta por EUA e Reino Unido

O jornal econômico Les Echos estampa em sua primeira página desta quinta-feira (16) uma notícia, ainda no condicional, que se concretizaria durante a madrugada: "A Austrália desiste de uma encomenda de 12 submarinos franceses …

VSR: o pouco conhecido vírus que se espalha entre crianças no mundo e também no Brasil

No início de 2021, a equipe do Hospital Infantil de Maimonides, no Brooklyn, em Nova York (EUA), começou a experimentar uma cautelosa sensação de alívio. Os casos de covid-19 na cidade estavam em queda. Como …

Com popularidade em queda, premiê britânico Boris Johnson reforma equipe de governo

Após semanas de boatos, o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, decidiu modificar o governo nesta quarta-feira para formar uma "equipe unida" e enfrentar os desafios depois de um ano e meio de pandemia e em …