Filho “preferido” de Bin Laden entra na lista de terroristas dos Estados Unidos

(cv)

Hamza bin Laden, filho de Osama bin Laden

Hamza bin Laden, filho de Osama bin Laden

O governo dos Estados Unidos incluiu Hamza Bin Laden em sua lista de pessoas ligadas ao terrorismo devido à sua suposta liderança ativa na organização Al-Qaeda, fundada por seu pai, Osama Bin Laden.

O jovem Hamza Bin Laden, considerado o filho preferido e herdeiro do fundador da rede Al-Qaeda, lançou diversos apelos pela união dos jihadistas e para cometer ataques contra países ocidentais.

O Departamento de Estado americano afirmou que está notificando a comunidade internacional de que “Hamza Bin Laden participa de forma ativa no terrorismo“.

O alerta foi feito diante da decisão dos Estados Unidos, de classificar Hamza como “terrorista global especialmente designado”. Isto significa que, para o governo americano, Hamza Bin Laden ameaça a segurança nacional ou a segurança dos cidadãos americanos.

E esta designação impede Hamza de estabelecer qualquer acordo comercial com empresas americanas ou ter alguma propriedade em solo americano.

A partir de agora, Hamza pode ser alvo de sanções jurídicas e financeiras dos Estados Unidos, de acordo com as medidas anunciadas na quinta-feira (5) pelo Departamento de Estado. A designação de Hamza Bin Laden, de 25 anos, como “terrorista internacional” foi fundamentada em dois elementos factuais.

O primeiro deles foi o anúncio feito pela Al-Qaeda, em agosto de 2015, de que o jovem pertencia à rede terrorista. O segundo, pelo fato de ele ter lançado uma ameaça contra os Estados Unidos por meio de uma mensagem de áudio divulgada em julho passado fazendo referência a uma “revanche”.

Em 2015, o filho de Osama Bin Laden, cujo paradeiro ainda é desconhecido, fez um apelo para atacar “interesses americanos, franceses e israelenses em Washington, Paris e Tel-Aviv”. No ano passado, ele incitou “tribos da Arábia Saudita a se unirem com o braço da Al-Qaeda no Iêmen para lançar uma guerra contra o reino monarquia saudita”.

“Príncipe do terror”

Em agosto, o jovem pediu para os sauditas “derrubarem” o regime de Riad e “liberarem” a monarquia saudita da influência dos Estados Unidos.

Hazam Bin Laden, que já foi chamado por um parlamentar britânico de “príncipe herdeiro do terror”, escreveu em 2009 para seu pai, quando ainda estava escondido em uma mansão em Abbottabad, no Paquistão. O líder da Al-Qaeda foi morto no local em maio de 2011 em uma operação comandada pelos militares americanos.

Nas cartas desclassificadas pela CIA e consultadas pela agência AFP em 2015, o filho de Bin Laden confirmava a seu pai sua determinação em comandar o jihad, como é chamada a guerra santa do Islã. Nos documentos, ele revelava ser um homem “forjado no aço” e pronto a se unir com Osama Bin Laden em uma viagem “rumo à vitória ou a mártir”.

Em julho de 2009, quando estava recluso em uma residência no Irã, o jovem lamentou não poder se juntar às “legiões de mudjahidines” (combatentes) em ação.

Segundo o Tesouro Americano, Hamza Bin Laden nasceu em 1989 em Jeddah, na Arábia Saudita. Segundo a imprensa, ele tem 25 anos. Os serviços de informação dos Estados Unidos estimam que ele é o filho preferido de Osama bin Laden, que tinha intenção de prepará-lo para assumir o comando da organização terrorista.

Carisma e popularidade

Desde que Osama Bin Laden, líder da organização, foi morto pelas forças especiais americanas em Abbottabad, no Paquistão, em 2011, a Al-Qaeda parecia estar perdendo sua força e influência, a ponto de parecer, ao menos sob os olhos do Ocidente, relegado à sombra do grupo autodenominado Estado Islâmico.

Apesar disso, analistas afirmam que o grupo extremista não está menos perigoso.

Segundo Fawaz Gerges, autor dos livros The Rise and Fall of Al-Qaeda (“Ascensão e Queda da Al-Qaeda”, em tradução livre) e ISIS: A History (“EI: Uma História”) e especialista em política no Oriente Médio, Hamza Bin Laden tem todas as credenciais para se transformar no novo líder da organização.

Nos últimos anos, a Al-Qaeda tem sido liderada pelo egípcio Ayman al Zawahiri, com uma abordagem mais pragmática.

// BBC

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Cientistas desvendam mistério de 'apagamento' de estrela gigante Betelgeuse

Astrônomos dizem que solucionaram o mistério sobre por que uma das mais conhecidas estrelas que iluminava o céu à noite começou a perder o brilho há cerca de um ano. Betelgeuse, uma supergigante vermelha da …

Portugal isola Lisboa para conter disseminação de variante

Em meio a alta de casos e difusão da variante delta do coronavírus, detectada inicialmente na Índia, governo português restringe circulação para dentro e para fora da região metropolitana da capital no fim de semana. Em …

Astrônomos descobrem as maiores estruturas giratórias conhecidas no universo

Tentáculos de galáxias com centenas de milhões de anos-luz de comprimento podem ser os maiores objetos giratórios do universo, um novo estudo descobriu. Corpos celestes muitas vezes giram, planetas, estrelas e galáxias. No entanto, aglomerados gigantes …

Facebook implementa software de IA capaz de detectar fotos e vídeos falsos

Os deepfakes são arquivos de mídia, incluindo fotos, vídeos e áudio, editados através de inteligência artificial (IA), que fornecem alto realismo e muitas vezes causam confusão após serem compartilhados nas redes sociais. Na quarta-feira (16), os …

China envia três astronautas para sua estação espacial

Grupo deverá ficar três meses no espaço e colocar em funcionamento o módulo central da estação espacial Tiangong. China não participa da ISS por decisão dos EUA. A primeira missão tripulada enviada pela China para a …

Putin “não quer Guerra Fria com EUA”, diz Biden após encontro com presidente russo

Os presidentes dos Estados Unidos, Joe Biden, e da Rússia, Vladimir Putin, participaram nesta quarta-feira (16) de uma esperada reunião bilateral. O encontro realizado em Genebra acontece em um contexto de forte tensão entre …

Variante lambda do coronavírus: o que se sabe sobre mutação que se espalha pela América do Sul e preocupa OMS

Os vírus usam técnicas diferentes para continuar infectando as pessoas. E o caso da covid-19 não é exceção. As versões atuais da doença estão se espalhando muito mais facilmente do que a original, que surgiu na …

Embaixadores da Rússia e dos EUA "regressam ao trabalho", diz Putin após cúpula com Biden

A Rússia e os EUA acordaram o regresso de seus embaixadores, informou Vladimir Putin. Vladimir Putin, presidente da Rússia, disse, após conversas com seu homólogo americano Joe Biden, que os embaixadores russo e norte-americano voltam …

Cientistas desvendam segredos genéticos dos menores mamíferos mergulhadores do mundo

Biólogos descobriram os segredos genéticos dos menores mamíferos mergulhadores do mundo: os musaranhos aquáticos. Usando amostras de DNA para construir uma árvore evolutiva, cientistas revelaram em um estudo recente que o comportamento destes mamíferos comedores de …

Pandemia, tufões e inundações agravaram crise alimentar na Coreia do Norte

O líder norte-coreano Kim Jong-Un admitiu que o país enfrenta uma "situação alimentar crítica", informou a mídia estatal nesta quarta-feira (16). A Coreia do Norte, cuja economia sofre com os reflexos de várias sanções …