Assange recebe ultimato do Equador para alimentar o gato e limpar o banheiro

@EmbassyCat / Twitter

Julian Assange e seu gato

A Embaixada do Equador em Londres, ameaça retirar o estatuto de asilo político a Julian Assange, o cofundador da WikiLeaks, caso ele não cumpra uma série de requisitos, entre os quais cuidar melhor do seu gato e limpar o banheiro.

As condições estão expostas em um memorando da Embaixada do Equador que foi divulgado pelo site de investigação equatoriano Codigo Vidrio.

O ultimato a Assange é reportado também pela BBC, que destaca: a embaixada alerta o cofundador da WikiLeaks para que “cuide melhor” do gato que vive com ele nas instalações diplomáticas em Londres, caso contrário, “será entregue a um abrigo”.

O memorando refere a importância de zelar pelo “bem-estar, alimentação, asseio e cuidado adequado” do animal, como destaca também o jornal The Guardian.

Conhecido como “O Gato da Embaixada” e por usar uma coleira com uma gravata vermelha e branca, o animal, que foi um presente dos filhos de Assange, é já uma celebridade, sendo muitas vezes fotografado nas janelas do edifício diplomático.

O memorando da Embaixada equatoriana também apela a Assange e aos seus convidados para “manterem o banheiro limpo”.

O cofundador da WikiLeaks deve ainda solicitar aprovação para as visitas que pretende receber três dias antes da data prevista para o efeito, estando ainda proibido de realizar atividades que possam ser “consideradas como políticas ou que interfiram em assuntos internos de outros Estados”.

A embaixada também avisa que vai deixar de pagar a alimentação, cuidados médicos, lavandaria e outros custos relacionados com a estada de Assange, a partir de 1º de dezembro de 2018.

Além disso, Assange deve realizar revisões médicas trimestrais pagas por ele próprio.

O não cumprimento das exigências “pode levar à terminação do asilo diplomático concedido pelo Estado do Equador”, alerta a embaixada. Caso cumpra as condições impostas, poderia não só continuar vivendo na embaixada, como teria também a internet restabelecida.

Equador cortou a internet de Assange em março, alegando que o cofundador da WikiLeaks não cumpriu “o compromisso escrito” que assumiu com o governo equatoriano em 2017 porque estava obrigado “a não emitir mensagens que supusessem uma ingerência em relação a outros Estados“.

O advogado de Assange, Carlos Poveda, já veio criticar a postura da diplomacia equatoriana, notando que está impondo “virtualmente um regime de prisão” que “vai contra a sua dignidade humana básica como asilado”, conforme cita o The Guardian.

Assange está exilado na Embaixada do Equador desde 2012, depois de procurar refúgio para evitar a extradição para a Suécia, onde era alvo de uma acusação de abuso sexual e violação. Essa investigação foi suspensa em 2017, mas Assange teme agora ser extraditado para os EUA, devido à publicação de informação confidencial na WikiLeaks, em 2010.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO:

As vovós que lutam pela democracia na Polônia

Idosas polonesas organizam protestos regulares contra erosão da democracia no país, governado por partido ultraconservador. "Não sou capaz de ficar tranquila em casa, cada violação dos direitos me dói", diz aposentada. Clima de fim de expediente …

Coruja super rara dá o ar da graça depois de 125 anos

A coruja rajá de Bornéu (Otus brookii brookii) é uma espécie tão pequena que apenas seu tamanho já tornaria sua identificação mais complexa. Nativa do Sudeste da Ásia e com peso médio de apenas 100 gramas, …

Nintendo bate todos os recordes de lucros com videogames durante a pandemia

A Nintendo apresentou resultados recordes para o ano fiscal de 2020/21 encerrado em 31 de março, impulsionada pela mania global dos videogames em tempos de pandemia, mas o grupo japonês não espera repetir essa …

Doença cerebral misteriosa intriga médicos no Canadá

Médicos no Canadá têm deparado com pacientes que apresentam sintomas semelhantes aos da doença de Creutzfeldt-Jakob, um mal raro e fatal que ataca o cérebro. Mas quando resolveram investigar o mal em mais detalhe, o …

Governador do Rio diz que operação que terminou com 25 mortos foi ação de 'inteligência'

O governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, afirmou que a operação da Polícia Civil realizada no Jacarezinho foi "ação pautada e orientada por longo e detalhado trabalho de inteligência e investigação".  A operação terminou com …

Butantan diz que ataques de Bolsonaro à China afetam vacinas

Presidente insinuou que chineses, principais fornecedores de matéria-prima para imunizantes ao Brasil, criaram vírus como parte de "guerra química". "Essas declarações têm impacto", diz diretor do Instituto Butantan. A direção do Instituto Butantan e o governador …

Fotos da última sessão de Kurt Cobain são vendidas como NFT

As imagens da última sessão de fotos da vida do compositor e cantor Kurt Cobain irão a leilão em formato de token não-fungível, os célebres NFTs. O anúncio foi feito por Jesse Frohman, fotógrafo por trás …

EUA, França e Rússia apoiam quebra de patentes contra a Covid-19, mas laboratórios resistem

A ideia de suspender as patentes da fabricação de vacinas contra a Covid-19 continuou a ganhar apoio em todo o mundo nesta quinta-feira, após o impulso inicial dado Estados Unidos. Porém, os laboratórios resistem, …

Descoberta a evidência mais antiga de atividade humana

Uma das atividades mais antigas de humanos foi identificada em uma caverna na África do Sul. Uma equipe de geólogos e arqueólogos encontrou evidências de que nossos ancestrais estavam fazendo fogo e ferramentas na Caverna …

Jeff Bezos: os planos do homem mais rico do mundo para voo espacial turístico

O fundador da Amazon, Jeff Bezos, afirma que está pronto para levar pessoas ao espaço. A empresa Blue Origin, do empresário americano detentor de uma fortuna estimada em R$ 1 trilhão, diz que lançará uma tripulação …