Filipinas: presidente Duterte diz que polícia deve matar quem perturbar confinamento

King Rodriguez, PPD / Wikimedia

O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte

O presidente filipino, Rodrigo Duterte, disse que as forças de ordem podem abater qualquer pessoa que provoque “transtornos” nas regiões onde o confinamento da população foi decretado. As autoridades do país tentaram minimizar as declarações do chefe de Estado, conhecido por suas posições radicais em termos de segurança pública.

“As minhas ordens para os policias, para os militares, mas também para os oficiais dos vilarejos são claras: se houver transtornos ou brigas que coloquem suas vidas em perigo, atirem para matar”. Foi assim que o presidente filipino resumiu sua estratégia para controlar a situação em seu país diante da pandemia de coronavírus. “Em vez de causar problemas, vou mandá-los para o túmulo”, completou.

Mais uma vez, como acontece após cada declaração polêmica de Duterte, as autoridades do país tentaram colocar panos quentes. O chefe da Polícia, Archie Gamboa, garantiu nesta quinta-feira (2) que os agentes não vão começar a atirar naqueles que provocarem transtornos nas ruas. “O presidente provavelmente insistiu demais na aplicação da lei nesse período de crise”, ponderou.

Na noite de quarta-feira (1°), algumas horas antes das declarações de Duterte, cerca de 20 pessoas foram presas nas favelas de Manila. Os suspeitos estavam organizando uma manifestação contra o governo, criticado por não ter fornecido ajuda alimentar para os mais pobres.

Atualmente, quase metade da população do arquipélago de 110 milhões de habitantes está confinada. Milhões vivem em condições de extrema pobreza e sem trabalho, o que torna mais difícil o isolamento.

As medidas de quarentena atingem diretamente os 12 milhões de habitantes da capital. O confinamento provocou o fechamento da maior parte das empresas, a suspensão de praticamente todas as atividades sociais, religiosas e comerciais do país.

Política linha-dura

Desde sua eleição em 2016, Duterte encampa uma guerra contra a droga no país. No entanto, sua política linha-dura é marcada por declarações controversas, como a proposta de eliminar todos os usuários de entorpecentes.

“É preocupante que Duterte tenha ampliado sua política que autoriza os policiais a atirarem para matar. O uso da força incontrolada não deve nunca ser considerado uma solução para responder à uma situação de urgência como a pandemia de Covid-19”, reagiu em um comunicado o escritório da Anistia Internacional no país.

As Filipinas já registraram mais de 2.300 casos da doença e 96 mortos vítimas do novo coronavírus. No entanto, o balanço deve ser bem maior, pois só agora o arquipélago começou a intensificar os testes na população.

// RFI

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Uber testa modalidade que permite ao usuário reservar carro por hora

Na tentativa de achar novas fontes de receita para seu negócio de corridas compartilhadas, seriamente afetado pela COVID-19, a Uber está testando uma nova modalidade, focada nos passageiros que precisam fazer viagens mais longas e …

Revelada razão de comportamento instável de estrelas perto dos centros galácticos

Estrelas de ramo horizontal extremo são mais brilhantes e têm um ciclo de vida inferior ao das estrelas comuns, de acordo com um novo estudo. Os astrônomos estudaram o comportamento de um tipo especial de estrelas, …

Trump ameaça acionar Forças Armadas para conter protestos

No 7.º dia de manifestações antirracismo, Presidente dos EUA critica inação de governadores e promete enviar milhares de soldados para pôr fim a distúrbios. Visita de Trump a igreja é criticada como tentativa de autopromoção. O …

Não é apenas o coronavírus: surto de ebola retorna ao Congo

Foi confirmada, pelo ministro da Saúde do Congo, a descoberta de novos casos de Ebola na província de Équateur. O último surto do vírus altamente mortal ocorreu em 2018 e matou 33 pessoas no país. O …

Coronavírus: São Paulo se prepara para reabertura com 70% de leitos ocupados

O governo estadual de São Paulo ordenou a reabertura gradual dos estabelecimentos comerciais a partir dessa terça-feira (2). A gestão diz se basear no índice de infecções do novo coronavírus por cidade. Mesmo com 70% …

Júpiter é tão grande que quase virou um sol

Júpiter é o maior planeta do sistema solar. Assim, bem maior mesmo. Do tipo se você pegar todos os outros planetas e juntar suas massas, não chega nem aos pés dele. Nem mesmo metadinha. Esse gigante …

União Europeia pede que EUA reconsiderem sua decisão de cortar relações com a OMS

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, e o chefe de relações internacionais da União Europeia, Josep Borrell, pediram neste sábado (30) que os Estados Unidos “reconsiderem a decisão anunciada” de romper …

Astronautas da NASA chegam à ISS em nave da SpaceX e entram para a história

Depois de viajarem pelo espaço por 19 horas, os astronautas Bob Behnken e Doug Hurley chegaram à Estação Espacial Internacional (ISS) a bordo da nave Crew Dragon alguns minutos antes do previsto. O lançamento histórico aconteceu …

Nova Zelândia se encontra em cima de enorme bolha de lava, segundo pesquisa

Durante os anos 70, pesquisadores propuseram a teoria de que o interior do planeta se agita lentamente como uma bolha de lava. Estas bolhas flutuantes surgem como plumas do manto derretido do centro da Terra, onde …

Alemães usam criatividade para manter distanciamento social

Até final de junho, distância mínima está em vigor em espaços públicos. Instituições de cultura encontraram meios engenhosos para reunir grupos com segurança. Ideias vão de chapéu com boia até orações em estacionamento. Com medidas de …