Gafanhoto com 128 anos é encontrado em quadro de Van Gogh

Vincent van Gogh (1853–1890)

“Olive Trees” de Van Gogh, 1889

Uma conservadora de um museu fez uma descoberta surpreendente em um quadro de Vincent Van Gogh pintado há 128 anos: ela se deparou com um gafanhoto na tinta usada pelo artista.

A descoberta se deu quando a especialista Mary Schafer, do Museu de Arte Nelson-Atkins, em Kansas City, nos EUA, examinava a pintura “Olive Trees” (Oliveiras) de Van Gogh.

O objetivo da conservadora era explorar o processo de criação do pintor holandês. Mas eis que aconteceu a descoberta surpreendente: um gafanhoto entre as pinceladas.

“Estava observando a obra com o microscópio e me deparei com o corpo minúsculo de um gafanhoto no meio da pintura, preso ali desde 1889″, salienta a conservadora, citada pela BBC.

“Isto nos diz que Van Gogh estava pintando ao ar livre e o imaginamos lutando com os elementos, lidando com o vento, os insetos, e depois transportando a pintura molhada do campo para o seu estúdio”, explica a especialista.

A conservadora está habituada a encontrar areia em quadros com cenas de praia, e restos de plantas em pinturas que retratam florestas. E por isso, inicialmente, pensou que era “a impressão de uma pequena folha”, declarou ao Live Science. Mas tratava-se afinal de “um inseto minúsculo”.

Mary Schafer contatou o professor de paleontologia Michael Engel, da Universidade do Kansas, nos EUA, para tentar descobrir mais detalhes sobre a pintura de Van Gogh.

E foi este especialista que estudou o gafanhoto, concluindo que lhe faltam o tórax e o abdômen que poderiam dar sinais sobre sua última refeição e, logo, indícios da estação em que teria morrido.

Engel também não encontrou sinais de movimento na pintura circundante ao gafanhoto, concluindo, assim, que o inseto já estava morto, provavelmente colado ao pincel de Van Gogh, quando aderiu ao quadro, destaca a BBC.

Pintado no sanatório

Van Gogh pintou “Olive Trees” em 1889, numa época em que estava internado no sanatório Saint-Rémy-de-Provence, a cerca de 30 quilômetros de Arlés, no sul da França.

Cerca de um ano antes, o pintor tinha cortado parte da sua orelha esquerda, após uma disputa com o artista francês Paul Gauguin, de acordo com uma das versões sobre o incidente.

Na época, Van Gogh chegou a reclamar do incômodo de pintar ao ar livre, em parte por causa dos insetos, em uma carta enviada ao irmão mais novo, o comerciante de arte Theo van Gogh.

“Devo ter pego centenas de moscas nas quatro telas que estou te enviando, para não citar poeira e areia”, escreveu Van Gogh em 1885.

Ciberia // BBC / ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Governo alemão rejeita especulações sobre baixa eficácia da vacina de Oxford

Ministério da Saúde sugere que jornais confundiram proporção de idosos no estudo da AstraZeneca com percentual de eficácia em pessoas acima de 65 anos. Imbróglio deve ser esclarecido com análise de reguladores europeus. O ministro da …

Cidade é a 1 ª da América do Norte a ter doação automática de órgãos

A Nova Escócia acaba de se tornar a primeira jurisdição na América do Norte a implementar a doação automática de órgãos para quem vive na região. A nova Lei de Doação de Órgãos e Tecidos Humanos …

O maior mar da lua Titã pode ter mais de 300 metros de profundidade

Os oceanos da Terra não são os únicos que guardam vários mistérios ainda não explorados: os lagos e mares de Titã, a maior lua de Saturno, também são enigmáticos. Assim, em um novo estudo, astrônomos …

Xi deixa alerta para Biden: protecionismo norte-americano pode gerar 'nova Guerra Fria'

O líder chinês deixou um aviso para o presidente norte-americano, Joe Biden: os EUA arriscam entrar em uma nova Guerra Fria se continuarem com as políticas protecionistas do ex-presidente Donald Trump. Em um discurso virtual na …

Polícia prende ladrões que abriam túmulos e roubavam crânios para rituais nos EUA

A polícia do condado de Lake, no estado da Flórida, nos EUA, prendeu dois homens acusado de violarem sepulturas e roubarem crânios e ossos no cemitério Edgewood, na região. A investigação utilizou DNA encontrado em charuto, …

Instituto Pasteur abandona projeto de vacina contra Covid-19

O Instituto Pasteur da França anunciou nesta segunda-feira o abandono do seu principal projeto de vacina contra a Covid-19, após os resultados decepcionantes dos primeiros testes clínicos. "As respostas imunológicas induzidas foram inferiores às observadas …

Biden reimpõe restrições para passageiros procedentes do Brasil

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, restabeleceu nesta segunda-feira (25/01) a proibição da entrada no país de pessoas procedentes da União Europeia, Reino Unido e Brasil para conter a pandemia de covid-19. A nova …

Quem é 'el Chapo asiático' que foi preso acusado de controlar mercado de drogas de R$ 380 bilhões

A polícia holandesa prendeu o suposto chefe de uma das maiores quadrilhas de tráfico de drogas do mundo: Tse Chi Lop, apelidado de "El Chapo" da Ásia. O cidadão canadense nascido na China é apontado como …

Homem recebe primeiro transplante duplo de braço e ombro

A ciência cada vez mais evoluída. Um homem da Islândia foi o primeiro do mundo a receber um transplante duplo de braço e ombro. A cirurgia foi um sucesso e o paciente, o islandês Felix Gretarsson, …

Bolsonaro pode enfrentar um tribunal internacional por crimes contra a humanidade

Jair Bolsonaro pode enfrentar acusações no Tribunal Penal Internacional (TPI) depois de ser acusado de crimes contra a humanidade. Líderes indígenas no Brasil e grupos de direitos humanos estão pedindo ao tribunal que investigue o presidente …