Gol vai devolver 13 aviões no 4º trimestre e prevê aumento de preços

orudge / Flickr

Avião Boeing 737 da Gol

Avião Boeing 737 da Gol

Companhia encerrará o ano com 122 aviões, 18 a menos do que em 2015. Preços subiram 9,5% nos 9 primeiros meses de 2016 e tendência é de alta

Apesar de conseguir voltar a ser lucrativa, a Gol seguirá com uma estratégia conservadora de atuação no setor aéreo até 2018.

A companhia vai devolver 13 aviões no quarto trimestre deste ano na tentativa de enxugar a oferta de voos do mercado para pressionar a recuperação de tarifas. Outras cinco aeronaves serão devolvidas no ano que vem e a frota da empresa só voltará a crescer em 2018.

As projeções foram apresentadas nesta segunda-feira por Paulo Kakinoff, presidente da empresa, em teleconferência para apresentação dos resultados do terceiro trimestre.

A Gol alcançou lucro líquido de R$ 66 milhões entre julho e setembro deste ano, revertendo resultado negativo de um ano antes de R$ 2,13 bilhões.

“Há ainda uma necessidade de disciplina de capacidade no mercado em 2017. A Gol liderou o movimento de redução de capacidade no mercado brasileiro desde 2012 e seria inconsistente fazer esse apontamento (de retomada do crescimento)”, disse Kakinoff.

Ao fim de 2016, a Gol terá 122 aviões na frota, 18 a menos do que tinha em dezembro de 2015. A redução da frota viabilizou um movimento da empresa de corte de oferta de voos. Com isso, a Gol reduziu em 16% sua oferta de passagens aéreas à venda no mercado brasileiro nos nove primeiros meses do ano.

Cenário

O enxugamento dos voos foi uma medida tomada pelas empresas aéras para abrir caminho para o aumento de preços nas passagens aéreas.

Só a Gol conseguiu elevar seus preços em 9,5% nos nove primeiros meses deste ano, segundo informações do balanço financeiro. O número em questão é medido por um indicador chamado yield, que calcula o preço pago por quilômetro voado.

Para o quarto trimestre de 2016, a tendência é de alta, de acordo com a Gol.  “Vimos uma leve alta de preços no booking (reservas) de passagens para dezembro”, disse o presidente da Gol, durante a teleconferência.

A expectativa da Gol para a variação de preços em 2017 é menos contundente. “Depende da estabilização do nível de oferta (de voos) nos patamares atuais”, disse Kakinoff.

Ele explica que a Gol seguirá conservadora e reduzirá ainda mais a sua frota em 2017. Esse movimento, por si só, tenderia a elevar o preço das tarifas. A lógica de mercado é, quando a oferta cai e a demanda está estável ou cresce, há alta de preços.

No entanto, os preços do mercado dependem também do movimento das concorrentes. De acordo com Kakinoff, se as demais empresas – Latam, Azul e Avianca – voltarem a expandir a oferta de voos, a competição aumentará e a recuperação dos preços poderá não acontecer em 2017.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Investigação revela terras protegidas da Amazônia à venda no Facebook

Pessoas que invadem e desmatam ilegalmente trechos da Floresta Amazônica estão anunciando as áreas no Facebook em busca de compradores. Uma investigação da BBC encontrou na plataforma dezenas de anúncios em que vendedores negociam pedaços da …

Primeiro ataque militar da era Biden mata pelo menos 17 no leste da Síria

Os Estados Unidos atacaram, nesta quinta-feira (25), infraestruturas utilizadas pelas milícias pro-iranianas no nordeste da Síria, deixando 17 mortos. Esta é a primeira operação militar organizada pelo governo de Joe Biden. A ação é …

Tiranossauros jovens impediram o desenvolvimento de espécies menores, diz estudo

A pesquisa demonstrou que grandes dinossauros, como o T-rex, que cresceram de um pequeno tamanho até se tornarem criaturas enormes, modificaram seus ecossistemas ao competirem com espécies rivais menores. Um estudo publicado nesta sexta-feira (26), no …

UE quer passaporte para vacinados até meio do ano

A União Europeia quer estabelecer um sistema de passaportes para vacinados contra covid-19 ainda antes de suas férias de verão, no meio do ano. O setor turístico é fundamental para várias economias do bloco, sobretudo …

Facebook encerra contas do exército birmanês devido ao recurso à violência

A rede Facebook anunciou hoje em comunicado ter encerrado as contas vinculadas à junta militar birmanesa devido ao uso da "violência mortífera" contra os manifestantes que têm protestado contra o golpe militar perpetrado no …

Malcolm X: carta indica plano do FBI e polícia de NY para assassinar líder negro

Morto em 1965, aos 39 anos, em Nova York, o ativista negro norte-americano Malcolm X não teve, até hoje, o assassinato totalmente esclarecido. Contudo, o surgimento recente de uma carta aponta para uma possível conspiração entre …

NVIDIA e Stefanini anunciam que desenvolverão Inteligência Artificial no Brasil

A Nvidia Enterprise e a Woopi, empresa do Grupo Stefanini focada em Inteligência Artificial (IA) anunciaram nesta quarta-feira (24) uma parceria para desenvolver soluções de IA e processamento de linguagem natural. E o primeiro projeto …

250 mil mortos por covid no Brasil: o que significa esse número

O Brasil acumula um quarto de milhão de mortes por covid-19, às vésperas de se completar um ano desde o primeiro caso de coronavírus ter sido identificado no país. Segundo as contas do consórcio de imprensa …

Na diplomacia das vacinas, Israel troca imunizante por reconhecimento de Jerusalém como capital

No combate à Covid-19, Israel é exemplo mundial. A metade da população do Estado hebreu já recebeu pelo menos uma dose da vacina contra o coronavírus e um terço está completamente imunizada, com as …

"Subestimar Rússia de Putin é sempre um erro", diz indicado de Biden para chefiar CIA

Nesta quarta-feira (24), William Burns, o indicado do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, para o cargo de diretor da CIA, disse que subestimar a Rússia é sempre um erro e acusou a China de …