Grécia elege primeira presidente mulher

Orestis Panagiotou / EPA

Katerina Sakellaropoulou, a nova Presidente da Grécia

Juíza é escolhida nova chefe de Estado pelo Parlamento, com votos de governistas e opositores. Katerina Sakellaropoulou presidiu tribunal superior e foi indicada ao cargo pelo premiê conservador Kyriákos Mitsotákis.

A juíza Katerina Sakellaropoulou se tornará a primeira mulher presidente da Grécia, após ter sido eleita nesta quarta-feira (22/01) por uma ampla maioria dos deputados do Parlamento, em uma rara demonstração de unidade no tumultuado mundo político grego.

Sakellaropoulou, de 63 anos, foi presidente do Conselho de Estado, o principal tribunal administrativo da Grécia. Ela sucederá Prokopis Pavlopoulos, cujo mandato de cinco anos termina em março.

O primeiro-ministro grego, o conservador Kyriákos Mitsotákis, nomeou Sakellaropoulou como uma candidata apartidária que desfrutaria de amplo apoio através de todo o espectro político do país.

Todos os principais partidos votaram a favor da nomeação, o que possibilitou que Sakellaropoulou fosse eleita por 261 contra 33, margem bem superior aos 200 votos necessários. Seis legisladores estavam ausentes.

Sakellaropoulou, da cidade de Tessalônica, no norte do país, se tornou a primeira mulher a chefiar o Conselho de Estado em 2018, tendo sido apoiada nessa posição pelo governo anterior, de esquerda.

Divorciada, ela vive no centro de Atenas e é ativa nas redes sociais. Sakellaropoulou escreveu numerosos artigos sobre proteção ambiental e preside uma sociedade sobre leis ambientais.

Falando depois de ser formalmente informada da votação no Parlamento, Sakellaropoulou disse que buscaria “o consenso mais amplo possível” durante seu mandato.

Em seus primeiros comentários como presidente eleita, a juíza se referiu às “difíceis condições e desafios do século 21, incluindo crise financeira, mudança climática, movimento em massa de populações e a consequente crise humanitária, a erosão do Estado de direito e todo tipo de desigualdades e exclusões”.

A Grécia tem um número historicamente baixo de mulheres em cargos de chefia na política, e Mitsotákis foi criticado por selecionar um gabinete quase todo masculino depois de vencer as eleições gerais em julho de 2019. No atual gabinete grego, todos, exceto um dos 18 cargos, estão nas mãos de homens.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Ausência nas eleições poderá ser justificada pelo celular

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) anunciou nesta quarta-feira (30) que a justificativa de ausência nas próximas eleições - cujas votações ocorrerão em 15 de novembro (1º turno) e 29 de novembro (2º turno) - poderá …

"Mafalda" perde seu criador, Quino, aos 88 anos

O criador de Mafalda, o cartunista argentino Quino, morreu aos 88 anos. O icônico ilustrador e humorista marcou a vida argentina e do mundo todo com a criação da pequena menina com grandes ideias que …

Muito além de Netuno: objeto binário choca cientistas por ter partes orbitando muito perto

Um objeto transnetuniano (TNO, na sigla em inglês) binário foi detectado por uma rede de observação nos EUA. Objetos transnetunianos consistem em pequenos corpos gelados que orbitam o Sol a uma distância longínqua, para além …

Acusados de financiar terrorismo na Síria com bitcoins são detidos na França

A Procuradoria Nacional Antiterrorista (PNAT) da França anunciou a detenção nesta terça-feira (29) de 29 pessoas acusadas de transferir recursos a jihadistas na Síria graças a um circuito sofisticado no qual foram utilizadas criptomoedas. A …

Donald Trump e Joe Biden travam debate caótico

Xingamentos e interrupções marcam primeiro duelo direto. Trump se recusa a condenar racistas, e Biden chama presidente de palhaço e mentiroso. Democrata sinaliza que pretende retaliar Brasil por devastação ambiental. Faltando pouco mais de um mês …

Flight Simulator tem um bug com buraco bizarro no mapa do Brasil

Vejam só: encontraram um bug respeitável na edição 2020 de Flight Simulator, o respeitado simulador de voo da Microsoft. E, para o nosso orgulho, a falha se localiza especificamente no Brasil. Se você sobrevoar as coordenadas …

Médica fez viagem institucional para impedir aborto de criança vítima de estupro e Damares teria atuado nos bastidores

Uma reportagem da Folha de São Paulo afirmou que uma das médicas que trabalhou para impedir o aborto legal de uma criança de 10 anos que foi estuprada em São Mateus, ES, confessou, em entrevista, …

COVID-19: produção de vacina pode causar morte de meio milhão de tubarões, alertam especialistas

Óleo natural feito a partir do fígado dos tubarões é um componente-chave entre os ingredientes utilizados por vários candidatos a vacina contra a COVID-19. A Shark Allies, uma organização de defesa aos tubarões, da Califórnia, EUA, …

Quem é Amy Barrett, a indicada de Trump para Suprema Corte?

Se aprovada pelo Senado, atual juíza federal e católica devota poderá influenciar a vida pública dos EUA por décadas e mover de vez a composição da Corte para uma orientação conservadora. Se no Brasil o presidente …

Uber ganha 18 meses de licença para atuar em Londres

Após uma longa batalha jurídica, a Uber ganhou uma licença para restabelecer suas operações em Londres pelos próximos 18 meses. Em novembro de 2019, a empresa havia sido impedida de atuar na capital inglesa, depois que …