Imunidade ao coronavírus deve ser mais duradoura, sugere novo estudo

Narendra Shrestha / EPA

A pergunta sobre quanto tempo dura a imunidade do novo coronavírus (SARS-CoV-2) segue intrigando cientistas de todo o mundo.

Em junho, um estudo chinês apontava que os anticorpos para a COVID-19 poderiam durar por apenas dois ou três meses após a infecção, especialmente entre os assintomáticos. Agora, um outro estudo, desenvolvido em Singapura, revela que a imunidade ao vírus pode ser maior que a prevista inicialmente.

Publicado na revista científica Nature, o estudo foi desenvolvido a partir de uma parceira entre cinco institutos de Singapura e sugere que a infecção e a exposição aos coronavírus induzem a produção de células T — tipo de célula específica do sistema imunológico — mais duradouras, o que pode impactar tanto os rumos da pandemia e até mesmo o desenvolvimento de vacinas contra a COVID-19.

Entenda a pesquisa

Para chegar a essa conclusão, a equipe de Singapura testou indivíduos que se recuperaram da COVID-19 e encontraram em todas as amostras a presença de células T, específicas para o novo coronavírus. É isso que sugere que essas células desempenham um importante papel na resposta imunológica contra o coronavírus — e entender por quanto tempo elas se manterão é fundamental.

Em paralelo, os mesmos pesquisadores também concluíram que os pacientes que se recuperaram da SARS (Síndrome respiratória aguda grave), há 17 anos, após o surto de 2003, ainda possuem células T específicas para o vírus.

Foi o que descobriram entre os 23 pacientes analisados.

“Esses achados demonstram que as células T específicas para vírus induzidas por infecção por betacoronanvírus [responsável tanto pela MERS quanto pela COVID-19] são duradouras, apoiando a noção de que pacientes com COVID19 desenvolverão imunidade em longo prazo através de células T”, especulam pesquisadores no estudo.

“Os resultados são animadores individualmente, porque mostram que a resposta contra coronavírus pode ser duradoura, o que quer dizer que mesmo se a pessoa se infectar de novo, pode ser mais leve porque o corpo já está preparado. E que pode ser fácil de despertar com uma vacina”, completa ainda Iamarino.

Por outro lado, o microbiologista brasileiro levanta uma outra questão referente a importância das células T na defesa do organismo contra a COVID-19: segundo ele, se a resposta por células T é mais importante e mais comum do que anticorpos, pode ser que o sistema respiratório das pessoas recuperadas da COVID ainda se mantenha vulnerável, o que abriria portas para recidivas e novos contágios.

Quanto a essas descobertas, via Twitter, o microbiologista e doutor pela USP, Atila Iamarino, comenta como os cientistas chegaram a esses resultados, observando a resposta imunológica dos participantes da pesquisa.

Apesar das promissoras descobertas dos pesquisadores, ainda não há como afirmar ou precisar um período em meses ou anos sobre a durablidade da imunidade daqueles que já contraíram a COVID-19. Com base em achados de outras doenças, pode ser que seja maior que três meses, ou até mesmo, anos. Mais estudos sobre linfócitos T são necessários — e principalmente estudos prospectivos. Como a doença ainda é relativamente nova, várias hipóteses surgem a todo momento, e várias incógnitas, também.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Tesla supera expectativas e apresenta quinto trimestre consecutivo de lucros

A Tesla divulgou nesta quarta-feira (21) seus resultados financeiros relativos ao terceiro trimestre de 2020. E as notícias foram boas: além de apresentar lucros pelo quinto trimestre consecutivo, a montadora elétrica apresentou os três meses …

Bitcoin alcança valor máximo anual após anúncio do PayPal

Nesta quarta-feira (21), o PayPal anunciou que vai lançar um sistema que permite efetuar compras e vendas em moedas digitais. Nesta quarta-feira (21), o bitcoin alcançou seu valor máximo neste ano, acima de US$ 13.200 (R$ …

Papa Francisco defende união civil homossexual

Pela primeira vez desde que assumiu a liderança da Igreja Católica, pontífice se manifesta a favor da união civil entre pessoas do mesmo sexo. "Gays têm direito a ter família, são filhos de Deus", diz …

Obama faz campanha para Biden e tenta ganhar votos republicanos com evento drive-in na Pensilvânia

Em seu primeiro evento presencial do ano, o ex-presidente Barack Obama vai participar de uma campanha drive-in na noite desta quarta-feira (21) na Pensilvânia. A expectativa é que Obama conquiste eleitores negros no sul …

Cientistas acabam de descobrir um órgão misterioso escondido no centro da cabeça humana

Cientistas fizeram uma descoberta anatômica surpreendente, encontrando o que parece ser um misterioso conjunto de glândulas salivares escondidas dentro da cabeça humana que de alguma forma passaram despercebidas até agora. Essa “entidade misteriosa” foi identificada acidentalmente …

Estudo revela por que formigas são excepcionalmente fortes

Neste trabalho, os pesquisadores conseguiram obter imagens detalhadas do que ocorre no tórax de uma formiga, tirando raios-X e criando modelos 3D para analisar os músculos e o esqueleto interno. Pesquisadores de universidades do Japão e …

Hackers russos são acusados de planejarem ataques contra as Olímpiadas do Japão

Hackers russos estariam planejando uma nova onda de ataques contra a organização das Olímpiadas de 2020, que aconteceriam neste ano, no Japão, e foram transferidas para 2021 devido à pandemia do novo coronavírus. Mais uma …

Pais de 545 crianças separadas na fronteira dos EUA não foram localizados

Famílias foram separadas como parte da política anti-imigração de Trump a partir de 2017. Muitos dos pais podem ter sido deportados sem os filhos. Os pais de 545 crianças migrantes que foram separadas deles nos Estados …

ONG Repórteres Sem Fronteiras denuncia deterioração da liberdade de imprensa no Brasil

Um novo relatório publicado nesta terça-feira (20) pela ONG Repórteres sem Fronteiras (RSF) denuncia o aumento de ameaças a jornalistas e veículos de comunicação no Brasil em 2020. Para a organização civil, sediada em …

Empreendedor mineiro cria vassoura mágica que também é meio de transporte

A sensação de voar em uma vassoura mágica se tornou possível em Belo Horizonte, Minas Gerais, pelas mãos do empreendedor Alexandre Russo, de 28 anos. Fundador da empresa Nuvem Vassouras, o mineiro criou a “Real Flying …