Estes insetos nos “beijam” durante a noite; e espalham doença pelo mundo

(dr) Gabriel Hamer / Texas A&M University

Os insetos que “beijam” as pessoas durante a noite não são tão inofensivos quanto parecem. Estes sugadores se sangue, chamados triatomíneos, estão espalhando a doença parasitária de Chagas pelo mundo inteiro.

A doença de Chagas, que não tem tratamento, causa sérias complicações cardíacas ou intestinais em cerca de 30% dos doentes. As complicações podem, inclusive, levar à insuficiência cardíaca e até morte súbita.

Como a maior parte dos pacientes não mostra qualquer indício de infecção, os cientistas descreveram a doença de Chagas como um “assassino silencioso“.

Comum na América Central e do Sul, a doença parasitária agora se espalha pelo mundo, tornando-se comum nos Estados Unidos, Canadá, Europa, Austrália e Japão, segundo uma declaração da American Heart Association (AHA) e da Sociedade Interamericana de Cardiologia.

A doença, que agora é espalhada pelos triatomíneos, insetos que mordem as pessoas durante a noite, merece atenção especial da comunidade médica, que deve se tornar mais consciente da existência dessa doença, de modo a reconhecê-la, tratá-la e controlá-la.

Durante a noite, certas espécies de insetos triatomíneos rastejam em pessoas, cães e outros mamíferos para se alimentarem e, normalmente, mordem o rosto das “vítimas”, especialmente perto dos olhos ou da boca. Das mais de 100 espécies de triatomíneos, cerca de 12 são considerados importantes transmissores de Trypanosoma cruzi, o parasita causador da doença de Chagas.

Depois de se alimentarem, os parasitas defecam, e suas fezes podem conter o parasita. O perigo se encontra aí mesmo e na possibilidade de as fezes ficarem sob a ferida da mordida ou nas membranas mucosas do olho ou da boca, aumentando a possibilidade de as pessoas serem infectadas.

Apesar de alguns infectados ficarem com as pálpebras inchadas, a verdade é que a maioria das pessoas não apresenta qualquer sinal da infecção.

Segundo o ScienceAlert, na fase inicial, algumas pessoas experimentam sintomas bastante comuns como febre, fadiga, dores no corpo e erupções cutâneas. Os médicos conseguem diagnosticar a doença através de análises no sangue e tratá-la com medicamentos antiparasitários.

No entanto, se não forem devidamente tratados, os doentes podem desenvolver a forma crônica da doença, que pode levar a maiores complicações no futuro, incluindo acidente vascular cerebral (AVC) ou insuficiência cardíaca.

Nos Estados Unidos, há pelo menos 11 espécies de triatomíneos. A doença de Chagas se espalha cada vez mais graças à migração, que fez com que outras formas de transmissão se tornassem mais comuns. A doença pode também ser transmitida através de transfusões de sangue ou doações de órgãos contaminados.

Os autores alertam que esses tipos de transmissão “são um problema global e podem ocorrer onde quer que os indivíduos infectados residam”.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Mistura inusitada de amônia e água cria raios superficiais e granizos em Júpiter

Júpiter, o maior gigante gasoso do Sistema Solar, é um lugar coberto por tempestades estranhas. O que os cientistas ainda não sabiam é que no meio dessas tormentas, existem raios de natureza bem diferente dos …

Emocionante avanço da teoria para a realidade: bizarro efeito quântico é observado

No núcleo toda estrela anã branca — o denso resto de uma estrela que queimou todo seu combustível — existe um fenômeno quântico enigmático: enquanto ganha massa ela reduz de tamanho chegando a um ponto …

Estudo prevê 300 mil mortes por covid até fim do ano nos EUA

Pesquisadores da Universidade de Washington pintam cenário sombrio caso restrições não sejam respeitadas. Enquanto primeiros epicentros registram queda, outros estados americanos divulgam taxas de infecções recordes. A epidemia de covid-19 deve matar aproximadamente 300 mil americanos …

Coronavírus: Exportações devem cair mais de 20% na América Latina, diz ONU

As exportações da América Latina e do Caribe podem cair mais de 20% em 2020 devido às consequências da pandemia do coronavírus, que também terá um impacto negativo nas importações, disse uma agência da …

O que é nitrato de amônio, que pode provocar explosões como a de Beirute?

A recente tragédia no país árabe trouxe de novo à tona preocupações sobre o armazenamento do perigoso material, tornando necessário saber como esses incidentes ocorrem para os prevenir. A explosão de nitrato de amônio em Beirute, …

Astrônomos descobrem nuvens gigantes "escondidas" em Vênus há 35 anos

Uma equipe de astrônomos encontrou nuvens venenosas, com gotas de ácido sulfúrico em sua formação, em meio à densa atmosfera de Vênus. Curiosamente, essas nuvens já estavam presente na atmosfera venusiana há pelo menos 35 anos, …

Japão lembra 75 anos de bomba de Hiroshima e pede união contra armas nucleares

Esta quinta-feira (6) marca o 75º aniversário do primeiro ataque com bomba atômica do mundo. Cerca de 140 mil pessoas morreram no bombardeio à cidade japonesa, realizado pelo Estados Unidos no fim da Segunda Guerra …

Donald Trump determina bloqueio do TikTok e WeChat nos EUA em 45 dias

O presidente dos Estados Unidos Donald Trump assinou na noite de ontem (6) uma ordem executiva determinando o fim de relações com as empresas responsáveis pelos apps TikTok e WeChat no país norte-americano. Em comunicado emitido …

Brasil caminha para ter 200 mil mortes pelo coronavírus até outubro, diz especialista

Na semana em que o Brasil deverá registrar 100 mil mortes pelo novo coronavírus, um especialista brasileiro indica que o país caminha para dobrar esse número em dois meses, atingindo 200 mil óbitos pela pandemia …

Petição defende que França assuma controle do Líbano

Suspeita de que desastre em Beirute foi causado por negligência eleva indignação dos libaneses, que pedem mandato francês pelos próximos dez anos no país. Apelo recebe mais de 50 mil assinaturas após visita de Macron. Quase …