Itália autoriza desembarque de migrantes retidos em navio

Depois de um impasse que já durava 19 dias, a Promotoria de Agrigento, na ilha da Sicília, na Itália, ordenou nesta terça-feira (20/08) a apreensão do navio humanitário espanhol Open Arms e o desembarque imediato no porto de Lampedusa dos cerca de 90 migrantes que continuavam a bordo da embarcação.

O promotor da cidade, que responde pela ilha de Lampedusa, Luigi Patronaggio, tomou a decisão após visitar a embarcação, acompanhado de vários médicos, para verificar a situação dos migrantes, que a tripulação descreveu como “desesperadora”.

Patronaggio foi de helicóptero a Lampedusa, diante do agravamento da situação. Na manhã desta terça-feira, 15 migrantes pularam no mar, sem salva-vidas, tentando alcançar terra a nado. O promotor chegou a classificar a situação como “explosiva”.

Depois de 19 dias, desembarcaremos hoje em Lampedusa. O navio será apreendido temporariamente, mas é um custo que a Open Arms assumiu para garantir que as pessoas a bordo possam ser atendidas”, afirmou o diretor e fundador da ONG de ajuda humanitária, Oscar Camps.

A decisão do procurador é o último episódio de uma saga que começou há mais de duas semanas, quando o navio humanitário resgatou, em 1º de agosto, 134 pessoas do mar Mediterrâneo ao longo da costa da Líbia. Desde então, Itália e Malta vinham recusando ao Open Arms o acesso aos seus portos.

Depois de duas semanas retido no mar, a ONG espanhola que opera o navio disse que a situação na embarcação estava “fora de controle”. No sábado, o ministro do Interior italiano, Matteo Salvini, autorizou o desembarque de 29 menores, e, no dia seguinte, o governo espanhol propôs receber o navio em Algeciras.

A Opens Arms declinou a oferta devido a impossibilidade de seguir viagem dada a “situação insustentável” a bordo. Os passageiros estavam dormindo todos juntos no convés do navio e compartilhando os dois únicos banheiros que havia a bordo. A tensão e a longa espera causou ainda brigas no navio. Nesta terça-feira, a Espanha enviou um navio militar para buscar os migrantes, porém, a embarcação só chegaria em Lampedusa daqui a três dias.

Os 83 migrantes, a maioria de países africanos, que ainda estavam a bordo do navio humanitário começaram a desembarcar na ilha de Lampedusa por volta das 23h50 (horário local). Com a ordem da promotoria italiana, o navio da Open Arms terá que ficar mais duas semanas na Itália, durante as investigações.

O Ministério Público investiga um possível crime de sequestro de pessoas, não dirigido a qualquer pessoa concretamente, para determinar por que os resgatados pelo navio não puderam desembarcar na Itália, apesar de um tribunal do país ter derrubado a proibição imposta por Salvini.

Alemanha, França, Romênia, Portugal, Espanha e Luxemburgo haviam se oferecido para receber os migrantes. Mesmo assim, Salvini se recusou a permitir que a embarcação atracasse em Lampedusa.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Novo estudo aponta Uber e Lyft como responsáveis por aumento de 70% da poluição

Um novo estudo divulgado pela Union of Concerned Scientists nesta terça-feira (25) afirma que as viagens feitas em carros de apps como o Uber e o Lyft foram responsáveis por um aumento de 69% nos …

Brasil tem primeiro teste positivo para coronavírus

Pela primeira vez, o teste em um paciente no Brasil deu positivo para o novo coronavírus causador da doença Covid-19. Segundo divulgou o Ministério da Saúde nesta terça-feira (25/02), trata-se de um homem de 61 …

Tese diz que ‘Parasita’ se inspirou em filme de Sérgio Mallandro e assusta por coerência

E se toda a inspiração do mago do cinema Bong Joon Ho viesse das grandes pérolas do nosso cinema dos anos 90? O diretor e roteirista de parasita já se declarou um fã da sétima …

Cientistas: a primeira vida alienígena que encontrarmos provavelmente será inteligente

Segundo cientistas do SETI (Search for Extraterrestrial Intelligence), é mais provável que encontremos evidências de vida extraterrestre inteligente antes de encontrarmos microrganismos aliens, por exemplo. Por quê? Se você costuma ler notícias sobre a busca científica …

'Marte está vivo': sonda da NASA registra sismos no Planeta Vermelho

Os resultados dos primeiros 10 meses de observações da sonda InSight da NASA em Marte conseguiram revelar que o Planeta Vermelho é um mundo sismicamente ativo. "Marte está vivo", comentou a missão InSight no Twitter, acrescentando …

Brasileiro cria app para ajudar conterrâneos imigrantes nos Estados Unidos

Mudar-se para outro país pode ser uma das experiências mais desafiadoras até mesmo para quem tem conhecimento da língua e da região onde vai morar. Contudo, isso pode ficar mais fácil com uma ajudinha de …

Em visita à Índia, Trump é homenageado em evento “Namaste Trump”

O presidente americano Donald Trump e o primeiro-ministro indiano Narendra Modi celebraram, nesta segunda-feira, um comício para 100.000 pessoas em um estádio de críquete. O evento, chamado de “Namaste Trump”, é considerado o momento …

Harvey Weinstein é condenado por estupro e abuso sexual

O ex-produtor de cinema Harvey Weinstein foi condenado pelos crimes de estupro e abuso sexual por um tribunal em Nova York nesta segunda-feira (24/02) – um marco para o movimento #MeToo, que inspirou mulheres a …

Barbie apresenta coleção inspirada nos Jogos Olímpicos

Os Jogos Olímpicos de Tokyo 2020 já estão batendo na porta. Além de novas modalidades como Baseball, Softball, Surfe, Escalada, Karatê e Skate, novos produtos licenciados do maior evento esportivo de todo o mundo já …

Pesquisadores usam inteligência artificial para descobrir novo antibiótico

Um time de pesquisadores do Instituto Tecnológico de Massachusetts (MIT) descobriu, por meio da inteligência artificial, um novo tipo de antibiótico, após um poderoso algoritmo analisar por vários dias mais de 100 milhões de compostos …