Marinha de Myanmar já resolveu o mistério do navio fantasma

Ivan Meshkov / shipspotting.com

O Sam Ratulangi PB 1600 avistado em Hong Kong

As autoridades de Myanmar já solucionaram o mistério do “navio fantasma” encontrado, na semana passada, encalhado na região de Rangoon.

Um misterioso navio porta-contentores, sem qualquer tripulação ou carga a bordo, encalhou na costa de Myanmar, próximo ao município de Thongwa, na região de Rangoon, antiga capital do país.

A embarcação, com o nome de Sam Ratulangi PB 1600, foi vista pela primeira vez por pescadores, na terça-feira passada (28), a cerca de 11 quilômetros da vila de Thama Seitta.

Mas mistério do “navio fantasma” já foi resolvido. A marinha disse que a embarcação estava sendo puxada por um rebocador em direção a uma fábrica de demolição de navios no Bangladesh. Os tripulantes abandonaram o barco por causa do mau tempo.

Na quinta-feira (30), as autoridades e membros da Marinha subiram a bordo do navio porta-contentores em busca de pistas, depois de a embarcação chegar à praia. A polícia ficou perplexa com suas dimensões: 177 metros de comprimento, 28 metros de largura e um peso de 26,5 toneladas.

A localização da embarcação, construída em 2001, foi registrada pela última vez quando se encontrava na costa de Taiwan, em 2009. Segundo a agência France-Presse (AFP), esta foi a primeira vez que um navio abandonado foi encontrado nas águas de Myanmar.

A Marinha de Myanmar disse que suspeitou que o navio estivesse sendo rebocado depois de ter encontrado dois cabos. Em seguida, acabaram por encontrar o barco rebocador, chamado Independence, a cerca de 80 quilômetros da costa do país.

As autoridades interrogaram 13 tripulantes, de nacionalidade indonésia, descobrindo então que o rebocador puxava o navio desde 13 de agosto, com o objetivo de levá-lo a uma fábrica no Bangladesh, onde seria desmontado.

No entanto, alguns dos cabos que ligavam as duas embarcações acabaram por romper em uma tempestade, por isso, a tripulação decidiu abandonar o barco. As autoridades continuam a investigar o caso. De acordo com o site Eleven Myanmar, acredita-se que o dono do rebocador seja da Malásia.

Bangladesh tem uma grande indústria de demolição de navios. Centenas de embarcações comerciais antigas são desmontadas todos os anos em Chittagong. No entanto, este é um negócio polêmico, com acusações de ser um trabalho mal pago e perigoso para os funcionários.

Ciberia // BBC / ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Depois dos morangos, agulhas chegam às maçãs e bananas na Austrália

As autoridades australianas investigam mais de 100 casos por todo o país. Agora, além dos morangos, as agulhas também já chegaram a frutas como maçãs, bananas e mangas. A Austrália investiga uma série de casos misteriosos …

Proibição de doações empresariais não blinda política de interesses privados, afirma cientista político

Apesar da proibição do financiamento empresarial de campanhas, que vigora no país desde 2015 por força de uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), a classe empresarial continua engajada em diferentes candidaturas. Se, por um lado, …

Brasileiros são finalistas em Campeonato Mundial de Cubo Mágico

Criado nos anos 80, o cubo mágico é um dos brinquedos mais simples e fascinantes que existem. Quem nunca passou horas, dias, semanas ou até meses tentando acertar as cores de todas as faces ou …

Filhote de lobo da Idade do Gelo é encontrado preservado em mina de ouro

Enquanto procuravam por ouro nos solos gelados do território de Yukon, no Canadá, um grupo de mineiros descobriu um tesouro ainda mais raro: os corpos extremamente preservados de um filhote de lobo e de um …

Menino se despede do pai, e a foto já vale milhões (e muito mais em solidariedade)

A foto publicada no Twitter foi compartilhada milhares de vezes, gerando uma onda de solidariedade que já angariou mais de 7 milhões de rúpias. A maior parte do dinheiro servirá para ajudar a pagar as …

Programadores detectam falha de software que poderia ter destruído a Bitcoin

Programadores da Bitcoin descobriram uma vulnerabilidade de software que poderia permitir a inserção de um bloqueio na rede. O bloqueio seria capaz de derrubar todo o sistema mundial da moeda virtual. Frequentemente considerado como a grande …

Trump aconselha a Espanha a construir um muro no deserto do Saara

Donald Trump sugeriu ao governo espanhol uma medida para controlar os fluxos migratórios do Mediterrâneo. O presidente dos Estados Unidos quer que a Espanha construa um muro no deserto do Saara, na África. Depois de …

Dados do Ministério do Trabalho revelam: vagas de emprego despencaram após reforma trabalhista

“A reforma trabalhista vai gerar 6 milhões de empregos”, prometeu Henrique Meirelles (MDB), ex-ministro da Fazenda do governo de Michel Temer, em defesa das alterações na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), aprovadas pelo Congresso …

Aquecimento global: inundações do Rio Amazonas quadruplicaram nos últimos 30 anos

As inundações se tornaram mais frequentes e graves no rio Amazonas nos últimos 30 anos, de acordo com um estudo realizado por cientistas chilenos e britânicos, que apontam o aquecimento global como uma das causas …

Altar maia revela disputa pelo poder ao estilo de “Game of Thrones”

Uma equipe internacional de arqueólogos encontrou um altar de calcário esculpido no sítio arqueológico de La Corona, localizado no norte da Guatemala, há 1500 anos. A peça, chamada Altar 5, foi descoberta no ano passado, mas …