Jovem que filmou morte de George Floyd por policiais brancos ganha prêmio por bravura

Tannen Maury / EPA

A mulher que filmou o assasinato de George Floyd pelo policial Derek Chauvin vai ser condecorada com um prêmio por sua coragem.

Darnella Frazier, de 17 anos, fez o registro enquanto ia com o primo de nove anos a um mercado. No caminho, ela viu a abordagem policial que imobilizava George e não hesitou em pegar o celular para gravar.

O prêmio para Darnella será concedido pela Pen America, uma instituição em defesa dos direitos humanos e da liberdade de expressão.

A gravação feita pela jovem foi fundamental para que os policiais envolvidos na ação fossem acusados pela morte de Floyd. Depois que o vídeo viralizou e inflamou protestos do movimento Black Lives Matter nos Estados Unidos e em todo o mundo, os agentes envolvidos foram expulsos da corporação e respondem criminalmente pelo assassinato.

“Com nada mais do que um telefone celular e pura coragem, Darnella mudou o curso da história neste país, desencadeando um movimento ousado que exige o fim do racismo e da violência sistêmica contra negros pelas mãos da polícia”, afirmou a CEO da PEN America, Suzanne Nossel, em nota oficial.

George Floyd morreu após ser abordado por policiais que o acusavam de ter usado uma nota de US$ 20 falsa no mercado. O então policial Derek Chauvin o matou sufocado ao permanecer com o joelho sobre o pescoço de Floyd por oito minutos enquanto o homem negro estava imobilizado no chão.

O vídeo de Darnella foi publicado por ela dois dias depois, em 27 de maio de 2020. “Se não fosse por mim, quatro policiais ainda teriam seus empregos, causando outros problemas. Meu vídeo foi divulgado em todo o mundo para que todos vissem e soubessem”, escreveu a jovem à época.

“Com notável firmeza, Darnella realizou o expressivo ato de dar testemunho e permitir que centenas de milhões de pessoas em todo o mundo vissem o que ela viu. Sem a presença de espírito de Darnella e prontidão para arriscar sua própria segurança e bem-estar, talvez nunca teríamos conhecido a verdade sobre o assassinato de George Floyd. Estamos orgulhosos de reconhecer sua coragem excepcional com este prêmio”, completa a presidente da organização.

Darnella Frazier vai receber o prêmio na edição anual do Pen America Gala, que, este ano, será feito de forma virtual em decorrência da pandemia do coronavírus no dia 8 de dezembro. Em anos anteriores, a Pen America já condecorou a ativista negra Anita Hill, a Marcha das Mulheres e os funcionários sobreviventes do ataque ao jornal francês Charlie Hebdo, em Paris, em 2015.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Merkel é premiada por compromisso com a União Europeia

"Somente uma Europa unida é uma Europa forte", diz a líder alemã ao receber o prêmio Carlos 5º. Rei espanhol destaca pragmatismo e confiabilidade da chanceler federal, descrevendo-a como uma "mulher extraordinária". Prestes a deixar o …

França: crianças pobres são ainda mais vulneráveis à poluição do ar, aponta relatório

O Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) e a rede mundial Climate Action Network International, que reúne associações que lutam contra o aquecimento global, divulgaram, nesta quinta-feira (14), o relatório "Injustiça social …

'Love is in the Bin': a obra semidestruída de Banksy vendida a R$ 121 milhões em leilão

Uma obra de arte de Banksy que se autodestruiu parcialmente em um leilão anterior foi arrematada agora a um preço recorde de 16 milhões de libras (cerca de R$ 121 milhões). Love is in the Bin …

EUA tentam virar a página da era Trump e voltam ao Conselho de Direitos Humanos da ONU

Os Estados Unidos voltaram, nesta quinta-feira, ao Conselho de Direitos Humanos da ONU, órgão que o país havia deixado durante o mandato de Donald Trump. O retorno mostra a vontade de Washington de fazer …

Explosões deixam vários mortos em mesquita no Afeganistão

Ao menos 33 pessoas morrem após explosões em mesquita xiita durante a oração de sexta-feira. Testemunha diz ter visto homens-bomba. Incidente ocorre dias depois de ataque do "Estado Islâmico" contra xiitas no país. Fortes explosões atingiram …

Vênus tinha oceanos? Cientistas refutam hipótese popular usando modelagem

Cientistas da Suíça e França refutaram a hipótese de que anteriormente Vênus era coberta por oceanos. Um novo estudo revela que mesmo no início, quando o Sol era mais fraco do que agora, a superfície …

Suspeito de ataque na Noruega era fichado na polícia por radicalização

Convertido ao islã e conhecido da polícia, dinamarquês de 37 anos teria usado outras armas além de arco e flecha em ataque que matou cinco pessoas em Kongsberg. Ele está preso e reconheceu envolvimento no …

Oposição manobra para destituir Piñera no Chile por citação nos Pandora Papers

Deputados de todos os partidos da oposição chilena apresentaram uma acusação no Congresso nesta quarta-feira (13) para destituir o presidente Sebastián Piñera pela controversa venda de uma mineradora em um paraíso fiscal, revelada no escândalo …

Fatores externos influenciam, mas não justificam inflação a dois dígitos no Brasil

A recuperação do impacto brutal da pandemia de coronavírus leva a inflação a subir na maioria dos países do mundo, mas a conjuntura internacional não explica o nível chegar a dois dígitos no Brasil. …

UE anuncia 1 bilhão de euros em ajuda ao Afeganistão

União Europeia justifica que é preciso evitar "colapso" no país e fornecer ajuda humanitária aos afegãos. Paralelamente, representantes do bloco europeu e dos EUA se reúnem com membros do Talibã em Doha, no Catar. O Talibã …