Júri do Nobel da Literatura não se entende (e deixa o prêmio pendurado)

Elke Wetzig / Wikimedia

A jornalista bielorrusa Svetlana Alexievich, Nobel da Literatura 2015

A jornalista bielorrusa Svetlana Alexievich, Nobel da Literatura 2015

Estava previsto para esta quinta-feira (7) o anúncio do Prêmio Nobel da Literatura, na mesma semana que os restantes galardões deste ano. Contudo, a entrega foi adiada devido ao que muitos acreditam ser uma falta de consenso do júri.

Após serem conhecidos os Prêmios Nobel da Medicina, Física e Química, essa quinta-feira teria sido altura de se conhecer o Prêmio Nobel da Literatura deste ano – mas o anúncio foi adiado, possivelmente para dia 13 de outubro.

Os rumores que circulam, aliados ao fato de que já há muitos anos não haver um adiamento como este, levam a comunidade literária a acreditar que existe mais por trás deste acontecimento do que uma mera questão de agenda.

Duas possibilidades avançadas à rádio portugesa TSF apontam para uma falta de consenso do júri, seja porque o autor a premiar este ano é “especialmente controverso”, ou para que se encontre consenso em relação à origem ou sexo do vencedor – um cuidado a ter para contrariar a preferência histórica por autores do sexo masculino provenientes de países ocidentais.

Citada pelo jornal Diário de Notícias, a secretária-permanente Sara Danius garante que o atraso não tem a ver com um impasse do júri, mas apenas com o fato de as reuniões da Academia para a decisão do vencedor terem começado “excepcionalmente tarde” este ano.

“O atraso não tem a ver com uma divergência interna. (…) O comitê apresentou as decisões, os membros tomaram posição e segue-se a votação na quarta reunião, onde a decisão é tomada. Essa é a regra, que não deverá ser alterada. A decisão final surge às 10h de segunda-feira da semana em que se realiza o anúncio”, afirmou.

Contudo, a última reunião não chegou a se realizar e não existem garantias de que os membros do júri tenham disponibilidade de agenda para se reunirem na próxima segunda-feira, como é agora esperado.

Muitos apontam Danius como a origem do impasse, já que o júri pode não estar de acordo suas orientações sobre o perfil do galardoado, como ocorreu o ano passado com a premiada Svetlana Alexievich, escritora de não-ficção, que muitos consideram como não sendo literatura.

Danius defendeu a escolha considerando a obra “um monumento ao valor e ao sofrimento do nosso tempo”, em comunicado oficial da Academia.

// ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Tribunal Constitucional da Polônia invalida direito ao aborto por malformação do feto

O Tribunal Constitucional da Polônia invalidou nesta quinta-feira (22) uma disposição que permitia a interrupção voluntária da gravidez (IVG) em caso de malformação do feto. Uma vez que a decisão entre em vigor, apenas o …

Estudo descobre 1,8 bilhão de árvores no deserto do Saara e no Sahel

Um estudo publicado na revista Nature descobriu que na região do Saara Ocidental e no Sahel, há mais de um bilhão de árvores. No meio da aridez do local, a surpreendente descoberta colocou um novo …

Guerra Fria 2.0 entre EUA e China será uma batalha tecnológica, dizem especialistas

A batalha mundial pelo domínio da alta tecnologia está cada vez mais centrada em EUA e China. Com confronto aberto no caso da Huawei, especialistas do clube Valdai alertam para uma longa guerra fria tecnológica …

Combate à corrupção reduz mortalidade infantil, aponta estudo

Auditorias anticorrupção realizadas em municípios brasileiros entre 2003 e 2015 reduziram a mortalidade infantil. Esta é a principal conclusão de um estudo, conduzido por pesquisadores da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, que relacionou o …

2.300 maneiras de prevenir o Covid-19 foram mapeadas por universidade brasileira

Está disponível online a Plataforma das Universidades contra COVID-19 organizada pelo Projeto Ciência Popular e desenvolvida em parceria com a Empresa Júnior de Sistemas de Informação da EACH/USP (Síntese Jr.). Em setembro havia sido publicado o …

Debate nos EUA: Trump não disse nada de novo para reverter vantagem de Biden, diz historiador

O segundo e último debate entre o presidente americano, Donald Trump, e seu rival democrata Joe Biden, nesta quinta-feira (22), em Nashville, foi mais civilizado do que a primeira confrontação entre os dois candidatos …

Mais humanos estão evoluindo para ter três artérias nos braços; entenda porquê

Não se engane ao achar que o corpo humano não está em constante evolução. Pesquisadores australianos descobriram recentemente que o nosso organismo parece estar, aos poucos, desenvolvendo uma nova artéria no braço: a artéria mediana. Esse …

Tesla supera expectativas e apresenta quinto trimestre consecutivo de lucros

A Tesla divulgou nesta quarta-feira (21) seus resultados financeiros relativos ao terceiro trimestre de 2020. E as notícias foram boas: além de apresentar lucros pelo quinto trimestre consecutivo, a montadora elétrica apresentou os três meses …

Bitcoin alcança valor máximo anual após anúncio do PayPal

Nesta quarta-feira (21), o PayPal anunciou que vai lançar um sistema que permite efetuar compras e vendas em moedas digitais. Nesta quarta-feira (21), o bitcoin alcançou seu valor máximo neste ano, acima de US$ 13.200 (R$ …

Papa Francisco defende união civil homossexual

Pela primeira vez desde que assumiu a liderança da Igreja Católica, pontífice se manifesta a favor da união civil entre pessoas do mesmo sexo. "Gays têm direito a ter família, são filhos de Deus", diz …