Justiça argentina reabre denúncia de Nisman contra Cristina Kirchner

(dr) Presidência da Argentina

A ex-presidente da Argentina, Cristina Kirchner

A ex-presidente da Argentina, Cristina Kirchner

Promotor foi morto após denunciar suposto acobertamento de terroristas por presidente.

O máximo tribunal penal da Argentina decidiu nesta quinta-feira (29) desarquivar a denúncia que o promotor Alberto Nisman realizou em 2015, dias antes de aparecer morto, contra a então presidente Cristina Kirchner por suposto acobertamento de terroristas, e que já tinha sido rejeitada em várias instâncias.

Por maioria de votos, a Sala I da Câmara Federal de Cassação Penal aceitou o recurso apresentado pela Delegação de Associações Israelitas Argentinas (Daia), o braço político da comunidade judaica local, que questionava a decisão do juiz federal Daniel Rafecas, encarregado do caso, de arquivar a denúncia, informaram fontes jurídicas.

Nisman, que averiguava o atentado contra a associação judaica Amia de Buenos Aires, que deixou 85 mortos em 1994 e segue impune, fez sua denúncia contra Cristina e outros funcionários de seu governo em janeiro de 2015 – quatro dias antes de ser achado morto em circunstâncias ainda não esclarecidas.

Ele os acusava de negociar com o Irã o acobertamento dos supostos responsáveis pelo ataque a fim de melhorar a relação comercial com esse país.

Em sua resolução, divulgada pelo Centro de Informação Judicial (CIJ), a Sala I aceitou a Daia como parte querelante e afastou os juízes federais que tinham feito intervenções no caso.

“Os fatos denunciados não permitem descartar plenamente o possível cometimento de ilícitos, devendo ponderar-se elementos de prova previamente para sua desestimação”, acrescenta o texto.

Nisman sustentava em sua denúncia que um memorando assinado entre a Argentina e o Irã em 2013, e que o governo tinha assegurado que serviria para avançar no esclarecimento do ataque, buscava na realidade acobertar os suspeitos, entre eles o ex-presidente iraniano Ali Akbar Rafsanjani, em troca de impulsionar a troca comercial.

O pacto nunca foi ratificado pelo Irã, e na Argentina, após ser aprovado pelo parlamento, foi declarado inconstitucional pela Justiça.

A denúncia de Nisman recaiu inicialmente no tribunal de Rafecas, que a desprezou pouco tempo depois por inexistência de crime, decisão que foi confirmada por dois tribunais de apelação.

No último mês de agosto, a Daia e a procuradoria pediram a reabertura da causa, mas Rafecas voltou a rejeitar a solicitação.

Posteriormente, em 1º de novembro, a Câmara de Cassação admitiu estudar os recursos apresentados pelo promotor Germán Moldes e a Daia que questionavam a decisão de Rafecas.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Amazonas é 3º estado com mais queimadas, emissões e desmatamento

Pela primeira vez, o Amazonas assume a terceira posição nos três principais rankings que indicam o avanço da degradação florestal na Amazônia brasileira, incluindo indicadores de queimadas, emissões de gases de efeito estufa e desmatamento …

Sudão bane casamento infantil e mutilação genital feminina, mas prática apresenta desafios

Depois de derrubar o ditador Omar al-Bashir no ano passado, o Sudão deu importante passo para reverter alguns dos tantos horrores cometidos contra a população feminina no país – e tornou ilegal tanto o casamento …

Namíbia elege deputado chamado Adolf Hitler

O nome de um recém-eleito político da Namíbia, vem chamando atenção na mídia nacionais e internacionais. "Adolf Hitler teve uma vitória esmagadora nas eleições regionais na Namíbia", relatou o portal de notícias alemão Spiegel Online nesta …

Astrônomos mapeiam 1 milhão de galáxias previamente desconhecidas

Cerca de um milhão de galáxias previamente desconhecidas para além da Via Láctea foram adicionadas a um mapa detalhado de seção de espaço. Pesquisas sobre o espaço normalmente demoram anos para serem completas, mas um novo …

Brasil recebe vacina de Oxford em janeiro, promete Pazuello

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse que o primeiro lote das vacinas de Oxford chega ao Brasil em janeiro. Serão 15 milhões de doses entre janeiro e fevereiro, totalizando 260 milhões ao longo do …

Cingapura é primeiro país a aprovar venda de carne de laboratório

Empresa californiana obteve autorização da cidade-Estado para usar sua carne de frango produzida a partir de cultura celular em chicken nuggets e garante que preço será competitivo. Cingapura é o primeiro país do mundo a aprovar …

Relatório da ONU aponta que 2020 deve ser um dos 3 anos mais quentes já registrados

A Organização Meteorológica Mundial (OMM) publicou um relatório que aponta que o ano de 2020 deve ser um dos três anos mais quentes desde o início dos registros de temperatura. O secretário-geral da OMM, Petteri Taalas, …

Documentos oficiais mostram que a China escondeu informações sobre a Covid-19

Relatórios oficiais chineses teriam sido transmitidos à rede de TV americana CNN por meio de um informador anônimo. A investigação se chama “Wuhan files” e tem como foco o começo da pandemia de Covid-19, em …

Jovem que filmou morte de George Floyd por policiais brancos ganha prêmio por bravura

A mulher que filmou o assasinato de George Floyd pelo policial Derek Chauvin vai ser condecorada com um prêmio por sua coragem. Darnella Frazier, de 17 anos, fez o registro enquanto ia com o primo …

Remédio experimental reverteu o declínio mental da idade avançada em dias

Apenas algumas doses de um medicamento experimental podem reverter o declínio relacionados à idade na memória e flexibilidade mental em ratos, de acordo com um novo estudo realizado por cientistas da UC San Francisco. A droga, …