Cristina Kirchner comparece a tribunal para depor em caso de corrupção

José Cruz / Agência Brasil

Cristina Kirchner, ex-presidente da Argentina

Cristina Kirchner, ex-presidente da Argentina

A ex-presidente argentina, Cristina Kirchner, compareceu nesta segunda-feira (31) perante o juiz federal Julian Ercolini, para depor sobre supostas irregularidades na concessão de obras publicas durante seu governo (2007-2015).

A ex-presidente Cristina Kirchner foi acusada de favorecer o empreiteiro Lázaro Báez, que está preso e será processado porlavagem de dinheiro.

Esse é apenas o primeiro de três casos de corrupção envolvendo Cristina Kirchner que estão sendo investigados pela Justiça. No seu depoimento, que durou duas horas, e em entrevista na saída do tribunal, a ex-presidente negou ser amiga ou sócia comercial de Báez e disse ser vítima de perseguição politica.

Na sua conta Twitter, Cristina insinua que tudo faz parte de uma manobra do presidente Mauricio Macri, para “tapar a catástrofe social e econômica” do pais.

Cristina pediu ao juiz para realizar uma auditoria completa das obras públicas – e não apenas aquelas concedidas a Báez durante seus dois mandatos presidenciais.

Ela quer que seja investigado “a fundo e sem arbitrariedades nem cálculos políticos” o financiamento de todas as obras, incluíndo aquelas realizadas nos governo de seu finado marido e antecessor, Nestor Kirchner (2003-2007), e de seu rival politico e sucessor, Mauricio Macri, que assumiu em dezembro passado.

Outros empreiteiros receberam concessões de obras públicas, mas o foco dessa investigação é Báez – que fez sua fortuna durante os governos de Nestor e Cristina Kirchner, recebendo 78,4% dos contratos na província de Santa Cruz.

Nesse período, ele também alugou casas e quartos em hotéis, que pertencem aos Kirchner. A Justiça abriu outras duas investigações para apurar se esses aluguéis faziam parte de um esquema para lavar dinheiro, supostamente recebido em propina.

Ao ser abordado por jornalistas, quer queriam repercutir as declarações de Cristina, Macri respondeu que não se intromete nas decisões da Justiça e que seu governo respeita e independência dos três poderes. Mas lembrou sua promessa de campanha de combater a corrupção.

Além de ter que enfrentar três casos de corrupção, Cristina Kirchner já foi processada pelo juiz federal Claudio Bonadio, em maio passado, pela venda de dólares no mercado futuro, que teria causado aos cofres públicos um prejuízo equivalente a R$ 17 bilhões.

Em 2015 – ultimo ano do segundo mandato presidencial de Cristina Kirchner – o Banco Central vendeu dólares “a futuro” a 10,65 pesos.

Na época, o governo tinha limitado as operações cambiais e a moeda argentina valia entre 14 e 15 pesos no mercado internacional e também no mercado negro local. A diferença contribuiu para reduzir as escassas reservas do Banco Central.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Opositor belarusso é achado morto na Ucrânia

Ativista Vitaly Shishov ajudava compatriotas a fugir da perseguição do regime de Alexander Lukashenko, considerado o último ditador da Europa. Polícia investiga possível assassinato encenado como suicídio. Um ativista de Belarus foi encontrado morto nesta terça-feira …

Polônia concede visto humanitário a atleta olímpica e alimenta tensões com Belarus

A Polônia concedeu nesta segunda-feira (2) um visto humanitário para a atleta olímpica bielorrussa Krystsina Tsimanuskaya. A jovem afirma que estava sendo obrigada a deixar o Japão após ter criticado sua equipe e temia …

EUA e Reino Unido teriam dado 'luz verde' a Israel para retaliar Irã após ataque a petroleiro

Irã rejeitou o envolvimento do país no ataque contra o petroleiro Mercer Street no mar Arábico que ocorreu na quinta-feira (29), condenando as acusações lançadas pelo governo israelense. Tel Aviv teria recebido "luz verde" de Washington …

Incêndios causam mortes e devastação no sul da Europa

A União Europeia EU) enviou ajuda para a Turquia nesta segunda-feira (02/08), e voluntários se juntaram a bombeiros na luta contra fortes incêndios que já duram seis dias e mataram oito pessoas no país. Em …

Golpe militar em Mianmar completa seis meses e já resultou em quase mil mortes de civis

Aterrorizados pela repressão da junta militar e pela propagação do coronavírus, poucos birmaneses se atreviam a ir às ruas para protestar neste domingo (1º), quando completam-se seis meses do golpe de Estado que mergulhou …

Governo italiano vende casas a 2 euros na região da Sicília

Mais uma vez o governo italiano está vendendo casas em áreas rurais da Itália, após o sucesso da campanha para repovoamento de áreas abandonadas. Além de promover a ocupação por meio de incentivos para jovens e …

Bolsonaro admite não ter provas de fraudes eleitorais

Em live para a qual convocou veículos de imprensa, Bolsonaro exibiu uma série de teorias falsas, cálculos equivocados e vídeos antigos, já verificados e desmentidos, mas que ainda circulam na internet, como supostas evidências de …

A incrível civilização antiga que mumificava os mortos 2 mil anos antes dos egípcios

"As mais antigas evidências arqueológicas conhecidas de mumificação artificial de corpos", segundo a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), estão presentes na América do Sul, na costa árida …

Delta pode causar covid-19 mais grave, alerta agência americana

Documento interno do órgão de prevenção de doenças dos EUA indica que a variante delta do coronavírus é tão contagiosa quanto a catapora e pode ser transmitida mesmo por indivíduos vacinados. "A guerra mudou", diz …

Vendas de vacinas anticovid impulsionam lucros de laboratórios

A empresa farmacêutica AstraZeneca anunciou nesta quinta-feira (28) que as vendas de sua vacina contra a Covid-19 alcançaram US $ 1,17 bilhão no primeiro semestre do ano. Este número corresponde à entrega de aproximadamente …