Lula pede correção de “possível erro histórico” que o impediu de ser ministro

Lula Marques / Agência PT

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu na segunda-feira que o Supremo Tribunal Federal (STF) corrija o “possível erro histórico” da decisão que suspendeu sua nomeação para ministro da Casa Civil em março de 2016.

Na época, ele foi indicado pela então presidente Dilma Rousseff, mas o ministro Gilmar Mendes, do STF, invalidou a nomeação. Uma revisão no caso pode ter reflexos nas ações que discutem a nomeação de Moreira Franco para o ministério do presidente Michel Temer.

Após a decisão de Gilmar Mendes, Dilma sofreu impeachment e deixou o cargo. Assim, o próprio Gilmar considerou a ação prejudicada, ou seja, não havia mais necessidade de ser julgada.

“Sua imediata análise, no entanto, se faz mais do que necessária para, vênias concedidas, corrigir possível erro histórico cometido por esta Excelsa Corte”, escreveram os advogados de Lula, que querem que o caso seja julgado pelo plenário do STF.

Como Dilma não é mais presidente, uma eventual decisão favorável a Lula não será capaz de levá-lo de volta ao posto.

Eles destacam que, na época, Lula preenchia todos requisitos para ser ministro, “além de estar em pleno exercício de seus direitos políticos, pois não incidente em qualquer das hipóteses previstas no art. 15 da Carta da República. O Peticionário, ademais, sequer era indiciado, denunciado ou mesmo réu em ação penal”.

O caso de Lula da Silva foi citado em outras ações que questionam a nomeação de Moreira Franco pelo presidente Michel Temer como ministro da Secretaria Geral da Presidência da República. A indicação foi na semana passada.

Com a nomeação, os processos contra Lula deveriam sair de Moro e passar para o STF. Em sua decisão, Gilmar considerou que Dilma cometeu “desvio de finalidade” e “fraude à Constituição” ao nomear o ex-presidente para o cargo.

Segundo ele, o propósito foi claro no sentido de conferir foro especial ao ex-presidente e, com isso, atrasar as investigações contra ele.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Britânico não pode entrar na Holanda com sanduíche e ouve: ‘Bem-vindo ao Brexit’

Um simples sanduíche de presunto, feito em casa e devidamente embrulhado em papel alumínio, foi motivo suficiente para que um motorista britânico fosse parado, interrogado e por fim perdesse o alimento na alfândega localizada na …

Inclinação de Saturno pode ser explicada pela migração de suas luas; entenda

Em um novo estudo, cientistas do French National Centre for Scientific Research (CNRS) e da Sorbonne University perceberam que a inclinação de Saturno pode ser causada pela influência da migração de suas luas — principalmente …

A verdade sobre as pessoas que "ouvem" os mortos: estudo

Cientistas identificaram os traços que podem tornar uma pessoa mais propensa a afirmar que ouve as vozes dos mortos. De acordo com novas pesquisas, uma predisposição a altos níveis de absorção em tarefas, experiências auditivas incomuns …

OMS diz não ter conhecimento de mortes relacionadas ao uso da vacina da Pfizer

A OMS não tem conhecimento de qualquer morte relacionada ao uso da vacina contra a COVID-19 produzida pelos laboratórios Pfizer e BioNTech, disse hoje (20) a diretora-geral adjunta da organização, a brasileira Mariângela Simão. "Temos uma …

QAnon ganha cada vez mais força na Alemanha

O ataque ao Capitólio nos EUA ilustrou o perigo que teorias da conspiração podem representar. Na Alemanha, o movimento tem cada vez mais adeptos – que se mantêm fiéis ao agora ex-presidente americano Donald Trump. A …

Coronavírus em Manaus: "Meu irmão morreu de covid em hospital particular, e a conta é de R$ 180 mil"

A tragédia familiar vivida pelo advogado Amaury Andreoletti ilustra o impacto emocional e também financeiro do colapso no sistema de saúde de Manaus (AM). Andreoletti, que chegou a ficar quatro dias internado e se recuperou, viu …

Biden reverte medidas de Trump e volta ao Acordo do Clima de Paris; entidades comemoram

Horas depois de assumir a Casa Branca, o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, cumpriu a promessa de reverter uma série de medidas tomadas pelo antecessor, Donald Trump. No total, foram 17 decretos assinados …

Avião com vacinas contra covid-19 entra em rota de colisão com jato após curva errada

  Essa foi por pouco! Na manhã desta terça-feira (19), um avião monomotor com vacinas contra a covid-19 a bordo fez uma curva errada após a decolagem, e acabou entrando em rota de colisão com um …

Emaranhamento quântico é transmitido a drones separados por 1 km de distância

Fótons emaranhados foram transmitidos entre dois drones pairando a um quilômetro de distância um do outro, demonstrando tecnologia que poderia ser a base de uma internet quântica. Quando dois fótons são emaranhados quanticamente, você pode deduzir …

Joe Biden empossado 46.º Presidente dos EUA

Joe Biden tomou posse, esta quarta-feira, como Presidente dos Estados Unidos, e Kamala Harris foi empossada a primeira vice-presidente norte-americana. No seu discurso, Biden disse que "este é o dia da América, da democracia …