Maduro defende criação de coelhos para combater falta de alimentos na Venezuela

Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, defendeu em discurso televisionado nesta sexta-feira (15) que os coelhos podem ser a saída para a crise alimentar que enfrenta o país latino.

Maduro disse que decidiu lançar o “plano coelho” para fornecer “bem-estar” e “proteína” para a Venezuela. A criação de cabras também será incentivada, segundo o presidente do país, Nicolás Maduro.

“Existe um problema cultural porque fomos ensinados que coelhos são animais fofos“, disse o ministro de agricultura urbana Freddy Bernal. “Um coelho não é um animal de estimação. São dois quilos e meio de carne com alto valor de proteínas e sem colesterol”.

O consumo de carne de coelho é uma prática comum na Europa.

O líder da oposição Henrique Capriles questionou a proposta do presidente venezuelano. “Está é uma piada de mal gosto. Vocês, do Governo, acreditam que os venezuelanos são estúpidos? Não somos”, disse.

Maduro rebateu as críticas ao dizer que trata-se de uma “manipulação dos que não capazes de dar uma ideia”. Para ele, a Venezuela é vítima de uma “guerra econômica” por parte de seus adversários e alimentada pelas recentes sanções determinadas pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Uma desconhecida explosão de ondas gravitacionais foi detectada na Terra

Os detectores de ondas gravitacionais da Terra, os observatórios LIGO e Virgo, identificaram uma misteriosa “explosão” de ondas gravitacionais não prevista na última terça-feira, 14 de janeiro. As ondas gravitacionais detectadas até hoje foram resultado de …

Twitter pede desculpas por permitir anúncios direcionados a neonazistas

O Twitter emitiu hoje (16), um pedido de desculpas público, logo após a BBC fazer uma denúncia de que a plataforma de anúncios da empresa estava permitindo o direcionamento de conteúdo para neonazistas e outros …

SP quer lei para incentivar uso de veículos híbridos e elétricos

Um novo projeto de lei apresentado em São Paulo pretende combater os problemas ambientais provocados pelos carros à combustão, que utilizam os tão poluentes combustíveis fósseis, através do incentivo ao uso de veículos elétricos ou …

Ataques iranianos teriam deixado 11 militares dos EUA feridos

Ao menos 11 militares norte-americanos foram retirados do Iraque para receberem tratamento médico em decorrência dos ataques iranianos contra as bases dos EUA. "Quando ficarem aptos para o serviço, estes militares regressarão ao Iraque", declarou à …

Evo recua e diz que não pretende mais criar milícias

Em carta pública divulgada nesta quinta-feira (16/01), o ex-presidente da Bolívia Evo Morales, que está refugiado na Argentina há mais de um mês, recuou da ideia de promover a formação de milícias no país. "Há alguns …

Dinossauros foram extintos por impacto de asteroide, defende pesquisa científica

O mistério que levou ao fim da era dos dinossauros motiva pesquisadores do mundo inteiro a debater o que teria provocado essa extinção. Um novo estudo busca descartar a teoria de que a atividade vulcânica …

Microsoft assume compromisso de ser uma empresa carbono negativo até 2030

A Microsoft fez uma transmissão ao vivo para contar ao mundo o seu engajamento com o meio ambiente, a fim de trazer um futuro mais sustentável. Em apresentação conduzida por Satya Nadella (CEO), Amy Hood (CFO) …

Marine Le Pen se lança em pré-campanha presidencial

A líder da extrema direita francesa, Marine Le Pen, anunciou nesta quinta-feira (16) o lançamento de sua campanha “pré-presidencial”. O pleito acontece apenas em 2022, mas a candidata derrotada no segundo turno em 2017, que enfrenta …

Bolsonaro é autor de mais da metade dos ataques a jornalistas em 2019

Em todo o ano foram registrados 208 casos de ataques a veículos de comunicação e jornalistas, um aumento de 54%. Presidente foi responsável por 121 deles, afirma a entidade. O presidente Jair Bolsonaro, sozinho, é responsável …

Qual a idade em que somos mais infelizes, segundo a ciência

A chamada crise dos 40 deixou de ser um mito, pelo menos de acordo com uma ampla pesquisa realizada em 134 países pelo economista David Blanchflower, professor da universidade Dartmouth College, nos EUA, e ex-membro …