Mais de 20 ex-reféns do Boko Haram voltarão às aulas na Nigéria

(dr) AmnestyInternational / Twitter

#BringBackOurGirls

#BringBackOurGirls

Meninas que voltarão às aulas foram libertadas em outubro. As reféns soltas no último sábado ainda passam por tratamento médico e psicológico.

As 82 meninas libertadas pelo Boko Haram no último sábado depois de passarem três anos sequestradas ainda aguardam para reencontrar suas famílias, mas aquelas encontradas no ano passado irão voltar às aulas em setembro, disseram autoridades da Nigéria, segundo a Reuters.

O porta-voz do presidente informou nesta quinta que, no total, 24 meninas que estiveram entre as cerca de 270 raptadas pelo grupo militante islâmico da cidade de Chibok, no nordeste nigeriano, em abril de 2014, devem retornar à escola.

Entre elas estão as 21 libertadas em outubro passado, graças a um acordo mediado pelo Comitê Internacional da Cruz Vermelha, e três outras que escaparam ou foram resgatadas.

O governo está preparando as meninas para voltarem à escola em setembro deste ano porque já perderam muito academicamente”, disse o porta-voz da Presidência, Garba Shehu. “Não são todas as 103 libertadas até agora, mas 24 delas”, acrescentou.

Nenhuma das garotas libertadas no sábado estará entre as que retomarão os estudos daqui a quatro meses porque ainda estão recebendo um tratamento médico e psicológico na capital, Abuja, que deve durar de dois a três meses, informou a conta de Twitter do governo.

No sábado, 82 delas foram soltas em troca de membros do grupo jihadista que já matou 15 mil pessoas desde 2009 em uma insurgência que pretende criar um califado islâmico no nordeste do país.

Aisha Jummai Alhassan, ministra dos Assuntos da Mulher, disse aos repórteres nesta quinta-feira que fotos das meninas foram enviadas às famílias de Chibok para identificação.

O mediador e advogado Zannah Mustapha disse que algumas das garotas sequestradas se recusaram a ser soltas com as 82 no último final de semana, alimentando temores de que tenham sido radicalizadas, e muitas se sentem amedrontadas, envergonhadas e até poderosas demais para voltar às suas vidas antigas.

Relembre o caso

Os jihadistas do grupo Boko Haram invadiram no dia 14 de abril de 2014 a escola de Chibok, no estado de Borno, e conseguiram sequestrar 276 meninas que se preparavam para fazer suas provas.

Um mês depois do rapto, o grupo publicou um vídeo no qual mostrava uma dezena delas vestidas de preto recitando o Alcorão resignadas.

O líder do Boko Haram, Abubakar Shekau, se vangloriou na época, afirmando que as meninas haviam sido convertidas ao islã e que foram obrigadas a se casar com membros do grupo jihadista.

Muitos ativistas pelos direitos humanos afirmaram qBoko Haramue as meninas podem ter sido vendidas como escravas a membros do grupo ou utilizadas como bombas humanas nos ataques dos jihadistas.

O sequestro em massa chocou o mundo e deu início à campanha internacional #BringBackOurGirls.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Uber do entulho te ajuda a descartar resíduos corretamente

O lixo é definitivamente um problema contemporâneo de dimensões globais – e não só a qualidade, o material ou o destino desse lixo, mas também a forma de descarta-lo. Dos 387 quilos de resíduos que o …

Asteroide passará perto da Terra a 27.000 km/h na sexta-feira, alerta NASA

Um grande corpo celeste está se movendo na direção da Terra e chegará ao ponto mais próximo do nosso planeta nesta sexta-feira (6). De acordo com as estimativas da NASA, o asteroide 2019 WR3 mede entre …

Mensagem misteriosa pintada em urso polar na Rússia alarma pesquisadores

Imagens compartilhadas por perfis russos nas redes sociais com um urso polar pintado em spray com o símbolo "T-34" ter alarmado especialistas. Eles advertem que a pintura — cujas circunstâncias ainda não foram identificadas — pode …

Experimento deve provar que microgravidade inibe crescimento de tumores

De onde estiver, Stephen Hawking segue presente na ciência, e seus últimos conselhos devem render uma descoberta para lá de impressionante (e revolucionária). Em conversa com um pesquisador da Austrália, o gênio da física falou sobre …

Justiça absolve Lula e Dilma no caso "quadrilhão do PT"

Juiz que analisou caso afirma que denúncia apresentada por Rodrigo Janot contra cúpula do PT em 2017 foi tentativa de "criminalizar a atividade política". Ministério Público pediu absolvição dos réus em outubro. A Justiça Federal do …

Chineses ativam o primeiro radiotelescópio posicionado no lado afastado da Lua

Um experimento que levou mais de um ano para ser concluído no lado afastado da Lua finalmente está em funcionamento. Não está ainda 100%, mas o Netherlands-China Low-Frequency Explorer (NCLE) já consegue captar sinais de …

"Vão ter que mudar", diz Greta sobre Bolsonaro e Trump em retorno à Europa

A ativista chegou em Lisboa na tarde desta terça-feira (3), 21 dias depois de sair dos EUA a bordo de um veleiro. A jovem sueca retorna à Europa para participar da COP 25, a conferência …

Museu decide comprar apenas obras de mulheres por um ano por reparação histórica

Para se transformar a velha normalidade repleta de preconceitos, violências e desigualdades embutidas é preciso atitudes efetivas e concretamente transformadoras. Da mesma forma que a dívida histórica racial deve ser reparada não somente no discurso, mas …

Black Friday no Brasil superou a dos EUA nos apps de compras, segundo estudo

Neste ano, a Black Friday fez a sua marca entre as compras dos brasileiros. O próprio Canaltech fez uma cobertura muito especial em torno da Black Friday deste ano.Importada dos EUA, a tradição está mesmo …

Para acalmar a crise, presidente chileno propõe ajuda de R$ 520 para 1 milhão de famílias

O presidente do Chile, Sebastián Piñera, propôs nesta terça-feira (3) a criação de um bônus de 100.000 pesos chilenos (cerca de R$ 520), que serão distribuídos para 1,3 milhão de famílias. O objetivo da medida, …