Marcelo Calero diz ter sido pressionado “em caso claro de corrupção”

Tomaz Silva / Agência Brasil

O ex-ministro da Cultura, Marcelo Calero

O ex-ministro da Cultura, Marcelo Calero

O ex-ministro da Cultura Marcelo Calero voltou ontem (19) a acusar o ministro da Secretaria de Governo de pressioná-lo pela aprovação de um empreendimento imobiliário em Salvador.

“Não desejo a ninguém estar diante de uma pressão política, claramente um caso de corrupção”, afirmou Marcelo Calero em evento no Rio.

Calero relatou que Geddel Vieira Lima, ministro da Secretaria de Governo, o procurou insistentemente nos últimos meses para que o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), subordinado à pasta, autorizasse a construção de um condomínio com altura acima do permitido em região considerada patrimônio histórico.

“Percebi que estava diante no mínimo de uma advocacia administrativa. Ele queria que um agente público, no caso eu, fizesse uma intervenção num órgão público em razão de um interesse privado.

Na última ligação, dia 6 de novembro, ele foi bastante enfático e disse que não queria ser surpreendido por nenhuma decisão, que não queria ser surpreendido e ter que pedir ‘a cabeça’ da presidente do Iphan”, disse Calero.

O ex-ministro disse ter levado a questão ao presidente Michel Temer, que teria desautorizado Geddel. “Ele falou: ‘Mas o presidente sou eu, não o Geddel’.

Só que eu percebi que a pressão ia continuar, então preferi sair. Já inventaram várias versões, culparam até a vaquejada (pela saída do ministério), mas saio de cabeça erguida porque sei exatamente o que aconteceu ”

O diplomata, que vai voltar ao cargo no Itamaraty, afirmou não ter gravado as conversas com Geddel, mas diz não estar preocupado em ter sua versão contestada pelo ex-colega.

“Não tenho nada a temer. Não tenho rabo preso, não sou metido em maracutaia, sou um cidadão de classe média, servidor público, diplomata de carreira, assalariado, não tenho nada a esconder. Nunca agi errado, nunca roubei. Sou um cidadão normal”, afirmou

Questionado se teria disposição para comparecer ao Congresso, caso seja convidado para explicar o episódio, Calero disse não se sentir à vontade. “Não me sinto à vontade para comentar, aí tem um pouco de luta política para tentar fragilizar o governo Temer”, afirmou.

O ex-ministro agradeceu a presidente do Iphan, a historiadora Kátia Bogéa, pelo apoio durante o processo.

“A gente já sabia que havia interesses naquele projeto. No dia 31 de outubro, ciente do interesse pessoal nesse caso, eu falei: ‘Agora somos nós. O destino quis que dois malucos, tipo Lineu Silva se encontrassem. Eu quero uma decisão técnica’“. Em nenhum momento ela hesitou: ‘Se a gente tiver que perder o cargo, que perca’“.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Astrônomos mapeiam 1 milhão de galáxias previamente desconhecidas

Cerca de um milhão de galáxias previamente desconhecidas para além da Via Láctea foram adicionadas a um mapa detalhado de seção de espaço. Pesquisas sobre o espaço normalmente demoram anos para serem completas, mas um novo …

Brasil recebe vacina de Oxford em janeiro, promete Pazuello

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse que o primeiro lote das vacinas de Oxford chega ao Brasil em janeiro. Serão 15 milhões de doses entre janeiro e fevereiro, totalizando 260 milhões ao longo do …

Cingapura é primeiro país a aprovar venda de carne de laboratório

Empresa californiana obteve autorização da cidade-Estado para usar sua carne de frango produzida a partir de cultura celular em chicken nuggets e garante que preço será competitivo. Cingapura é o primeiro país do mundo a aprovar …

Relatório da ONU aponta que 2020 deve ser um dos 3 anos mais quentes já registrados

A Organização Meteorológica Mundial (OMM) publicou um relatório que aponta que o ano de 2020 deve ser um dos três anos mais quentes desde o início dos registros de temperatura. O secretário-geral da OMM, Petteri Taalas, …

Documentos oficiais mostram que a China escondeu informações sobre a Covid-19

Relatórios oficiais chineses teriam sido transmitidos à rede de TV americana CNN por meio de um informador anônimo. A investigação se chama “Wuhan files” e tem como foco o começo da pandemia de Covid-19, em …

Jovem que filmou morte de George Floyd por policiais brancos ganha prêmio por bravura

A mulher que filmou o assasinato de George Floyd pelo policial Derek Chauvin vai ser condecorada com um prêmio por sua coragem. Darnella Frazier, de 17 anos, fez o registro enquanto ia com o primo …

Remédio experimental reverteu o declínio mental da idade avançada em dias

Apenas algumas doses de um medicamento experimental podem reverter o declínio relacionados à idade na memória e flexibilidade mental em ratos, de acordo com um novo estudo realizado por cientistas da UC San Francisco. A droga, …

Bebê nasce de embrião congelado há 27 anos: quase a idade da mãe

A pequena Molly Everette Gibson, de um mês, estabeleceu um novo recorde no mundo. A garotinha, filha de Tina e Ben Gibson, nasceu de um embrião que foi congelado há 27 anos e gerado por …

Covid-19: exame pioneiro mostra danos em pulmões 3 meses depois de infecção por coronavírus

A covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus, pode estar causando anormalidades pulmonares ainda detectáveis mais de três meses após os pacientes serem infectados, revela um novo estudo. Cientistas da Universidade de Oxford, no Reino Unido, …

"Hyperloop de levitação": a próxima revolução nas viagens?

Imagine viajar para o trabalho a quase 1.000 km/h, pairando um pouco acima do solo, sem barulho de motor. Pode soar como um filme de ficção científica, mas este cenário se aproximou da realidade quando o …