Theresa May acusa Rússia de envenenar ex-espião – e faz ultimato

UK Parliament / Flickr

Theresa May, Primeira-Ministra britânica

A primeira-ministra britânica, Theresa May, afirmou ser “muito provável que a Rússia seja responsável” pelo envenenamento do ex-espião russo e da filha, Yulia, em declaração no parlamento britânico, em Londres.

Diante dos parlamentares britânicos, Theresa May destacou que a substância utilizada contra o ex-espião e a filha, que ataca o sistema nervoso, é “de qualidade militar” desenvolvida pela Rússia.

Além de ter considerado “altamente provável” que o envenenamento do ex-agente duplo russo tenha autoria russa, a chefe do executivo britânico o classificou como um ataque “cego e imprudente contra o Reino Unido”.

Para a governante, só existem dois cenários possíveis: tratou-se ou de “um ataque cirúrgico” do Estado russo, ou de uma “perda de controle” da substância química pelas autoridades russas.

Na intervenção, a premiê britânica deu um prazo a Moscou, até esta terça-feira (13), para fornecer explicações à Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPAQ).

Em caso de ausência de uma resposta “credível”, o executivo britânico considerará que “a ação constitui um uso ilegal da força pelo Estado russo contra o Reino Unido”, acrescentou a primeira-ministra.

May recordou que o envenenamento se inscreve “num contexto bem definido de agressão levada a cabo pelo Estado russo”, referindo o conflito em Donbass, a “anexação ilegal da Crimeia”, as “repetidas” violações do espaço aéreo de vários países europeus, campanhas de ciberespionagem, bem como “o ataque bárbaro” a Alexandre Litvinenko, antigo agente secreto russo envenenado com Polónio-210 e morto em Londres, em 2006.

Lembrando que as sanções adotadas contra cidadãos russos após o caso Litvinenko “continuam em vigor”, a chefe do governo britânico se declarou “pronta para tomar medidas mais fortes“, referindo-se à presença de tropas britânicas estacionadas na Estônia, no âmbito de um destacamento da Otan.

“Espetáculo circense”, acusa Kremlin

A Rússia já reagiu às acusações. “É um espetáculo circense no parlamento britânico. As conclusões são claras: uma nova campanha de propaganda informativa assente em provocações”, declarou a porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros russo, Maria Zakharova.

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Sergei Lavrov, também afirmou que o Kremlin só irá responder quando o Reino Unido “cumprir suas obrigações”, quando entregar uma amostra da substância que supostamente foi usada.

O “Reino Unido, como bem deve saber a primeira-ministra e seu ministro das Relações Exteriores, é membro, da mesma forma que a Rússia, da Convenção sobre a Proibição de Armas Químicas”, disse Lavrov. Por isso, assim que teve a suspeita do uso de uma substância proibida, “teria que ter se dirigido imediatamente ao país de onde se suspeita que procede a substância”.

Enquanto isso, o Ministério das Relações Exteriores russo convocou nesta terça o embaixador do Reino Unido em Moscou. Nesta segunda-feira (12), o embaixador russo no Reino Unido também foi chamado ao Ministério das Relações Exteriores em Londres.

“Agente nervoso muito raro”

Serguei Skripal, de 66 anos, e a filha Yulia, de 33 anos, foram encontrados inconscientes no dia 4 de março, num banco de um centro comercial em Salisbury, no sul da Inglaterra.

Na quarta-feira seguinte, o chefe da polícia antiterrorista britânica, Mark Rowley, revelou que o ex-agente duplo russo e a filha tinham sido vítimas de um ataque deliberado com um agente que ataca o sistema nervoso.

Os dois permanecem hospitalizados na unidade de terapia intensiva, em “estado crítico, mas estável”. Um dos primeiros agentes da polícia a chegar ao local também está internado “em estado grave, mas estável”.

Skripal é um ex-coronel dos Serviços de Inteligência da Rússia que foi recrutado pelos serviços secretos britânicos em 1995. A troco de dinheiro, o agente forneceu ao Reino Unido a identidade de vários espiões russos que operavam na Europa, bem como outras informações militares russas, destaca a BBC.

Em 2006, Skripal foi condenado na Rússia, mas, posteriormente, foi alvo de uma troca de espiões levada a cabo entre as autoridades russas, norte-americanas e britânicas. Foi, nessa época que se mudou para a Inglaterra.

Ciberia, Lusa // EFE / ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Fóssil quase completo revela segredos sobre leão marsupial que aterrorizou a Austrália

A recente descoberta do fóssil de um esqueleto quase completo de um leão marsupial extinto revelou alguns dos seus segredos. Segundo a equipe de cientistas, cujo estudo foi publicado no dia 12 de dezembro na revista …

Boris, um robô altamente avançado, era na verdade um homem disfarçado

Em um fórum dedicado à robótica, a estação televisiva Rússia 24 apresentou um robô humanoide altamente avançado. Mas Boris era apenas um disfarce. “O Boris já aprendeu a dançar e não é ruim nisso”, foi assim …

Senado dos EUA responsabiliza príncipe saudita pelo homicídio de Khashoggi

Os senadores norte-americanos aprovaram por unanimidade uma resolução que refere que o príncipe herdeiro é “responsável pelo homicídio”, solicitando ao governo da Arábia Saudita que “garanta a aplicação de medidas apropriadas”. O Senado dos Estados Unidos …

Desigualdade cria ambiente propício para extrema direita no Brasil, diz Dilma

Personificada no presidente eleito Jair Bolsonaro, a extrema direita estava latente no Brasil e aproveitou-se da desigualdade para pavimentar seu crescimento. A avaliação foi feita pela ex-presidente Dilma Rousseff, derrotada nas eleições de outubro ao …

Químicos usados em panelas e roupas tornam os pênis menores

Um novo estudo científico concluiu que a exposição a altos níveis de compostos perfluoroalquílicos, mais conhecidos por PFCs, atrofia o crescimento dos órgãos sexuais masculinos, tornando os pênis menores e afetando também a fertilidade dos …

Atriz pornô é condenada a pagar 293 mil dólares a Donald Trump

Stormy Daniels foi condenada a pagar 293 mil dólares a Donald Trump para cobrir os gastos do presidente dos EUA com a Justiça. A atriz pornô Stormy Daniels, cujo nome real é Stephanie Clifford, foi condenada …

McDonald's vai reduzir uso de antibióticos na produção da carne

A resistência aos antibióticos representa uma ameaça à saúde global e à segurança alimentar. Quanto mais antibióticos são dados ao gado, mais rapidamente as bactérias podem se adaptar e se tornar resistentes. Quando se trata de …

Uma tonelada de chocolate invadiu as ruas de uma cidade na Alemanha

Um “rio” de chocolate invadiu as ruas de Werl, na Alemanha, esta semana. Um tanque de uma fábrica local produtora de chocolate transbordou, derramando cerca de uma tonelada de chocolate nas ruas da cidade, se …

Sonda da NASA captou o som do vento em Marte

A sonda InSight da NASA pousou em Marte em 26 de novembro, tendo a missão de estudar o interior do Planeta Vermelho. Por enquanto, nos presenteou com o som do vento no nosso planeta vizinho. No …

Voyager 2 da NASA já entrou no espaço interestelar

Pela segunda vez na história, um objeto feito pelo homem alcançou o espaço entre as estrelas. A sonda Voyager 2 da NASA saiu da heliosfera – a bolha protetora de partículas e campos magnéticos criada …