Putin irá usar a Copa do Mundo assim “como Hitler usou as Olimpíadas”

BackBoris2012 / Flickr

O ministro dos Negócios Estrangeiros do Reino Unido, Boris Johnson

O Ministro das Relações Exteriores britânico, Boris Johnson, disse que Putin pretendia utilizar a Copa do Mundo de Futebol, que este ano será realizada na Rússia, para promover o país, assim como aconteceu com os Jogos Olímpicos de 1936, quando Hitler governava a Alemanha.

De acordo com o Diário de Notícias, quem considerou a comparação apropriada foi Boris Johnson, ministro das Relações Exteriores: “Sim, penso que a comparação com 1936 está correta”.

Boris Johnson demonstrou ainda preocupação com a segurança dos adeptos ingleses que viajem à Rússia e com a capacidade da embaixada britânica e dos serviços consulares em protegê-los, uma vez que não pode impedir os ingleses de estarem presentes na competição.

A conversa surgiu após a discussão sobre o envenenamento do ex-agente duplo russo Sergei Skripal, na cidade inglesa de Salisbury, no início do mês.

O chefe da diplomacia britânica, Boris Johnson, afirmou também que a “cadeia de comando” no caso do envenenamento do ex-espião Serguei Skripal conduz diretamente ao Kremlin, acrescentando que o ataque foi ordenado para ajudar a reeleição de Vladimir Putin.

“Como vimos no assassinato de Alexander Litvinenko – um ex-agente secreto russo envenenado com polonium-210 e que morreu em Londres em 2006 –, a cadeia de comando destes assassinatos e de vários outros conduz inevitavelmente ao Kremlin“, afirmou o ministro britânico, que compareceu diante da Comissão dos Negócios Estrangeiros da Câmara dos Comuns, a câmara baixa do parlamento britânico.

“O caminho, a cadeia de comando, parece ir até o Estado russo e até os que estão no poder”, disse o ministro das Relações Exteriores britânico, relembrando que no ataque foi utilizado um agente neurotóxico identificado como Novichok, cuja fabricação remonta à época da União Soviética.

Para o chefe da diplomacia britânica, o caso Skripal pretendeu enviar uma mensagem a possíveis desertores russos, mas também ajudar na reeleição de Putin nas eleições presidenciais de domingo passado.

“Em primeiro lugar, acho que o presidente Putin ou o Estado russo quiseram enviar um sinal a possíveis desertores das próprias agências, é isso que acontece se decidirem apoiar um país com valores diferentes, como é o nosso”, referiu.

E acrescentou que o caso também está relacionado com as recentes eleições russas, nas quais Vladimir Putin foi reeleito presidente da Rússia com 76,67% dos votos.

“Como muitas figuras antidemocráticas quando enfrentam uma eleição ou um momento político crítico, é tentador colocar na imaginação da opinião pública a ideia de um inimigo”, prosseguiu. “Isto é o que acho que aconteceu, foi uma tentativa de agitar o eleitorado russo”, reforçou Boris Johnson.

Segundo o ministro das Relações Exteriores britânico, a Rússia cometeu o ataque com um agente neurotóxico em solo britânico por que Londres “tem denunciado repetidamente” os “abusos” de Moscou.

“Penso que a razão pela qual assumiram o Reino Unido como alvo é muito simples: é um país que tem um sentido muito apurado de valores, acredita na liberdade, na democracia e no Estado de Direito e que denunciou repetidamente os abusos russos desses valores”, disse ainda o representante na comissão parlamentar.

Ainda nesta quinta-feira (22), a embaixada britânica em Moscou acusou a Rússia de “continuar a espalhar mentiras e desinformação” em vez de explicar o envenenamento do ex-espião russo.

“Não recebemos nenhuma explicação credível sobre o motivo pelo qual um agente neurotóxico produzido na Rússia foi utilizado em solo britânico. Em vez de fornecer respostas, a Rússia continua a espalhar mentiras e desinformação”, escreveu a representante diplomática do Reino Unido na capital russa, no Twitter.

A mensagem foi publicada após uma reunião no Ministério das Relações Exteriores russo, que convocou os embaixadores baseados em Moscou para transmitir sua posição em relação ao caso Skripal. O embaixador britânico na Rússia não participou da reunião.

O caso tem causado um clima de forte tensão entre a Rússia e o Reino Unido. Londres anunciou a suspensão de contatos bilaterais de alto nível com Moscou e a expulsão de 23 diplomatas russos do Reino Unido.

Em resposta, Moscou também anunciou a expulsão de 23 diplomatas britânicos e o fim das atividades do British Council na Rússia.

Ciberia // Lusa / ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA:

Duas novas espécias de morcegos amarelos são descobertas na África

Duas novas espécies de morcegos amarelos foram recentemente descobertas no Quênia, na África. Mas os cientistas não estão interessados apenas nas cores apelativas desses animais. Na verdade, essas espécies também fornecem pistas importantes sobre alguns ramos …

Roupas com nanotubos de carbono podem ser utilizadas como baterias

Engenheiros da Universidade de Cincinnati, nos EUA, em parceria com a Base Aérea de Wright-Patterson, estão desenvolvendo uma roupa que pode ser utilizada como bateria, sendo assim capaz de recarregar dispositivos eletrônicos.   O tecido …

Fragmento mais antigo da "Odisseia" de Homero é encontrado na Grécia

Arqueólogos encontraram uma placa de argila que contem a transcrição de 13 versos da Odisseia de Homero durante escavações na antiga cidade de Olímpia, na Grécia. Uma equipe de arqueólogos gregos e alemães encontrou uma placa …

Finalmente, as mães puderam abraçar os filhos após resgate na Tailândia

Os familiares dos jovens resgatados de uma caverna na Tailândia puderam, finalmente, abraçar os filhos que continuam internados no hospital. Mas não sem  as máscaras de proteção. As autoridades hospitalares só agora permitiram que os familiares …

Candidatura de Alckmin à Presidência ganha fôlego ao fechar com o PSD

A candidatura de Geraldo Alckmin (PSDB), que insiste em não decolar, se fixando em um dígito nas pesquisas de intenção de votos, acaba de ganhar um novo fôlego, após fechar aliança com o PSD para …

Para fumar, copiloto provoca queda de avião em mais de 7 mil metros

A queda de 7.500 metros do avião em um voo da Air China deveu-se a um erro do copiloto, que estava fumando um cigarro eletrônico e se enganou ao tentar desligar o ventilador, divulgaram as …

Iceberg de 6 quilômetros se desprende na Groenlândia; aldeia é evacuada por receio de tsunami

Um iceberg com seis quilômetros de largura se desprendeu de um glaciar no leste da Groenlândia, o maior em mais de uma década no lugar. Receio de um tsunami levou à evacuação de uma aldeia. Uma …

Disputa comercial entre a China e os EUA pode beneficiar soja brasileira

Em resposta à sobretaxa imposta pelos Estados Unidos a produtos chineses, o país asiático anunciou medidas contra importações de produtos norte-americanos no último dia 6. A disputa comercial entre os dois gigantes já repercute na …

Inundações no Japão: brasileira leva filho a hospital e encontra marido morto ao voltar para casa

Após uma semana de chuvas intensas, autoridades japonesas ainda contabilizam o número de mortos, e as equipes de resgate buscam mais de 60 pessoas levadas pela enxurrada de água e lama que atingiu 15 Províncias …

PGR diz que Moro conduz processo contra Lula com imparcialidade

A Procuradoria-Geral da República (PGR) enviou parecer ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) se manifestando contra o pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para que o juiz federal Sérgio Moro seja …