Rússia não aceita ultimatos; Theresa May expulsa 23 diplomatas

Stefan Wermuth / Reuters

A primeira-ministra britânica Theresa May

A Rússia voltou a se declarar inocente e reiterou, nesta quarta-feira (14), que “não admite acusações sem provas” e ultimatos de Londres, exigindo explicações de Moscou sobre o envenenamento do ex-espião Serguei Skripal no Reino Unido.

O porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov, afirmou em coletiva de imprensa que “a posição de Moscou é conhecida”, insistindo que a Rússia “não tem qualquer relação com o que se passou na Grã-Bretanha“.

Além disso, o porta-voz acrescentou que a Rússia considera inaceitáveis as acusações sem provas “e não admite a linguagem dos ultimatos”, em alusão ao prazo dado pela primeira-ministra britânica, Theresa May, para que Moscou explique como o agente nervoso de fabricação russa usado no atentado chegou ao Reino Unido.

Por sua vez, o ministro de Relações Exteriores, Serguey Lavrov, disse, nesta quarta, que a Rússia responderá aos requerimentos de Londres dez dias após receber um pedido oficial de explicações, assim como aponta o Tratado para a Proibição de Armas Químicas.

Enquanto isso, a Rússia planeja pedir acesso consular para poder visitar Yulia Skripal, hospitalizada em Salisbury juntamente com o pai, desde que foram envenenados com um agente nervoso, no dia 4 de março. A mulher, de 33 anos, voou no dia 3 de março para Londres para visitar seu pai, um dia antes de ambos serem envenenados.

Segundo o porta-voz do Kremlin, Moscou continua disposta a cooperar com a investigação sobre as causas do incidente, mas “infelizmente não vemos a mesma disposição por parte do Reino Unido”.

Questionado sobre se Moscou teme o isolamento internacional, Peskov apontou que espera “que prevaleça o sentido comum, que outros países pensem pelo menos se há ou não provas que sustentem as acusações contra a Rússia”.

Entretanto, o governo britânico prepara um conjunto de medidas que aplicará caso a Rússia não dê uma explicação convincente sobre o ataque, quando já passou o prazo dado pela primeira-ministra Theresa May ao Kremlin. Uma das sanções poderá ser o fechamento da televisão russa RT, considerada um órgão de propaganda pró-Kremlin.

May anuncia expulsão de 23 diplomatas russos

Segundo a BBC, primeira-ministra britânica Theresa May anunciou no parlamento a expulsão de 23 diplomatas russos em retaliação contra a falta de resposta de Moscou.

Depois de ultrapassado o prazo para o Kremlin dar o devido esclarecimento sobre o envenenamento do antigo espião russo, a governante esclarece que “desprezo e sarcasmo” foram as atitudes que Londres recebeu de Moscou, quando pediu esclarecimentos sobre como o gás de nervos da série Novichok entrou no Reino Unido.

Além disso, avança o Público, todos os contatos de alto nível serão cancelados, incluindo uma visita do ministro das Relações Exteriores russo, Sergei Lavrov, ao Reino Unido e a presença de ministros ou membros da família real no mundial de futebol que será realizado este ano na Rússia.

Agora, May não tem dúvidas de que a Rússia está por trás não só do envenenamento como também da ameaça “da vida das pessoas na cidade de Salibsury”. “Esse não é apenas um ato contra Sergei e Yulia Skripal e contra o Reino Unido, mas também uma afronta à proibição da utilização de armas químicas”, disse.

O Reino Unido anunciou ainda que pediu uma reunião de urgência do Conselho de Segurança das Nações Unidas para informar os membros – entre eles a Rússia – sobre a investigação ao caso. O encontro deverá acontecer ainda nesta quarta.

O Kremlin já garantiu que irá responder ao Reino Unido. A porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Maria Zakharova, lembrou ao Reino Unido o potencial nuclear da Rússia e recordou que Vladimir Putin já tinha anunciado novas e poderosas armas.

Além disso, caso a RT seja fechada no Reino Unido, todos os órgãos de comunicação britânicos na Rússia serão igualmente expulsos do país.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Dinossauro paulista: fóssil de cerca de 65 milhões de anos paralisa obras de rodovia

Obras foram retomadas nesta segunda-feira (26) após a extração do osso de Titanossauro ser concluída. O achado parou a duplicação da SP-333, no interior do estado, por dois meses. A duplicação da Rodovia Dona Leonor Mendes …

Hong Kong condena primeiro réu pela lei de segurança nacional

Tong Ying-kit, de 24 anos, foi considerado culpado nesta terça-feira (27/07) por incitar a secessão e o terrorismo, tendo se tornado a primeira pessoa condenada pela lei de segurança nacional de Hong Kong, imposta por …

Estudo de genoma revela qual inseto foi 1º a ser extinto pelo homem nos EUA

DNA de borboleta de 93 anos confirma primeiro caso de extinção de inseto por culpa do homem nos EUA. Espécie foi vista pela última vez em São Francisco no início dos anos 1940. Uma equipe de …

A vida secreta dos filhos dos neandertais

Em qualquer verão normal, a famosa Praia de Castilla, na Espanha, uma faixa perfeita de areia de 20 km cercada por uma reserva natural e próxima a um centro turístico, estaria coberta de pegadas de …

“Bolsonaro não está dando os anéis, mas os dedos para tentar salvar o braço”, diz cientista política

O novo ministro super poderoso do governo de Jair Bolsonaro, Ciro Nogueira, nomeado para a Casa Civil, toma posse esta semana. Apesar de todo o fisiologismo, a analista Graziella Testa, da Escola de Políticas …

Não vacinados ameaçam combate à covid nos EUA

Em meio à disseminação de teorias da conspiração e a uma alta das infecções pelo coronavírus entre não vacinados, autoridades de saúde dos EUA lutam para convencer mais pessoas a se imunizarem contra a covid-19. Em …

Helicóptero da NASA estabelece novo recorde durante seu 10º voo em Marte

Neste sábado (24) o pequeno helicóptero da NASA em Marte, Ingenuity, conseguiu ultrapassar a marca de 1,6 km de distância percorrida acumulada após sobrevoar uma região rochosa na cratera Jezero. No sábado, o helicóptero robótico completou …

A curiosa rejeição de parte dos franceses ao passaporte sanitário na pandemia

No país onde o debate é uma espécie de esporte nacional, qualquer imposição verticalizada do governo pode ser considerada um acinte. Desde a Revolução, os franceses alimentam uma espécie de ojeriza ao compulsório que …

Astrônomo amador descobre nova lua na órbita de Júpiter

O corpo celeste recebeu o nome provisório de EJc0061 e mais provável é que seja um novo membro do grupo Carme, que orbita o planeta junto a outras 78 luas. O estudante Kai Ly se tornou …

Microsoft diz que 70% dos brasileiros já foram alvos do golpe de suporte técnico

Imagine estar navegando pela internet e se deparar com uma janela afirmando que há algo de errado com sua instalação do Windows. Ao clicar, você consegue entrar em contato com um técnico, que dá instruções …