Microsoft assume compromisso de ser uma empresa carbono negativo até 2030

A Microsoft fez uma transmissão ao vivo para contar ao mundo o seu engajamento com o meio ambiente, a fim de trazer um futuro mais sustentável.

Em apresentação conduzida por Satya Nadella (CEO), Amy Hood (CFO) e Brad Smith (presidente), a companhia assumiu um compromisso delicado: se tornar carbono negativo até 2030. A Microsoft anunciou que seria carbono neutro ainda em 2012, cancelando as emissões substituindo as energias tradicionais para as renováveis.

Os executivos contaram no evento que o mundo está urgentemente precisando de uma solução efetiva para combater a emissão de carbono no meio ambiente, pois se nada for feito o quanto antes, o impacto será devastador. A Microsoft destacou que a sua missão para o ano que está começando, e os próximos, é “empoderar cada pessoa e cada organização do planeta a conquistar sempre mais”, por isso a Microsoft citou outro compromisso, assumindo que a empresa faz parte de uma grande parcela desse impacto.

A Microsoft também se comprometeu a remover do meio ambiente todo o carbono já emitido pela companhia, desde que ela foi fundada em 1975, até 2050. “Reconhecemos que o processo exige não só uma meta arriscada, como também um plano detalhado”, disse a empresa, contando ainda que está lançando um programa “agressivo” que vai cortar a sua emissão de carbono em até mais da metade até 2030.

Anualmente, toda a humanidade emite mais de 50 bilhões de toneladas de carbono na atmosfera, muito mais do que o que a natureza consegue absorver. E somente neste ano, a gigante da tecnologia espera remover do meio ambiente 16 milhões de toneladas de carbono, com isso custando US$ 600 por tonelada. Sendo assim, em 2020, a companhia vai gastar US$ 9,6 bilhões nessa remoção.

Além disso, a Microsoft vai investir US$ 1 bilhão para um novo Fundo de Inovação Climática, que vai acelerar o desenvolvimento de tecnologias de redução e remoção do carbono. Para que a meta seja cumprida, a companhia buscou entender a classificação das etapas de emissão de carbono categorizadas por cientistas para poder cumprir com a meta de forma organizada.

O primeiro escopo envolve as emissões causadas por atividades rotineiras, como do motor de um carro, veículos de transporte de encomendas, geradores e empresas. O segundo são emissões indiretas, que vem da produção da eletricidade ou aquecimento tradicional usado pela população, seja em casa ou no trabalho. Já o terceiro escopo são emissões também indiretas que são associadas às atividades que envolvem a produção em massa dos alimentos que comemos ou da fabricação de produtos que compramos.

Sendo assim, os escopos 1 e 2 são mais fáceis de resolver, por serem menores, enquanto o escopo 3 envolve uma produção muito maior da emissão de carbono.

A meta é acabar com a emissão dos dois primeiros até 2025, migrando o campus, prédios e data centers da empresa para energia renovável, e os veículos operacionais dos campus globais da Microsoft também serão substituídos pela eletricidade até 2030, quando será completado o escopo 3.

Por fim, a Microsoft apresentou ainda a ferramenta Microsoft Sustainability Calculator, para que as empresas consigam obter gráficos e dados importantes sobre a emissão de carbono no meio ambiente, baseado nos três escopos.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

George W. Bush: o suposto plano para matar ex-presidente dos EUA desbaratado pelo FBI

Um simpatizante do Estado Islâmico planejava assassinar o ex-presidente dos EUA George W. Bush, mas o plano foi descoberto pelo FBI (polícia federal americana), segundo autoridades dos Estados Unidos. O suspeito, um residente de Ohio, supostamente …

O que se sabe sobre misterioso surto de varíola dos macacos

Casos recentes da doença na América do Norte e Europa acenderam o alerta entre especialistas. Endêmico na África, vírus é transmitido por animais contaminados e por contato próximo prolongado entre pessoas. Autoridades de saúde na América …

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …