Militar da Aeronáutica é preso com cocaína na Espanha

Fernando Frazão / Agência Brasil

Um militar brasileiro foi preso nesta terça-feira (25/06) no aeroporto de Sevilha suspeito de carregar 39 quilos de cocaína na mala. Ele chegou à cidade espanhola em um voo da Força Aérea Brasileira (FAB) junto a uma comitiva que acompanha o presidente Jair Bolsonaro na viagem para a cúpula do G20 no Japão.

A droga foi interceptada durante um controle de bagagens na escala do voo em Sevilha. O sargento da Aeronáutica, de 39 anos, está detido no aeroporto espanhol sob suspeita de tráfico de drogas e deve ser ouvido por um juiz num prazo de 72 horas após a prisão.

No Twitter, Bolsonaro disse ter pedido ao ministro da Defesa brasileiro, general Fernando Azevedo e Silva, a “imediata colaboração com a polícia espanhola, na pronta elucidação dos fatos, cooperando em todas as fases da investigação, bem como instauração de um inquérito Policial-Militar”.

“As Forças Armadas têm um contingente de cerca de 300 mil homens e mulheres formados nos mais íntegros princípios da ética e moralidade”, escreveu o presidente, afirmando que o militar será “julgado e condenado na forma da lei” caso seja comprovada sua participação no crime.

O Ministério da Defesa afirmou nesta quarta-feira que já colabora com as autoridades espanholas em “todos os aspectos” da investigação. “As autoridades de ambos os países já estão colaborando para que este incidente seja imediatamente esclarecido e, caso se comprove o delito, seja punido com todo o rigor da lei”, disse um porta-voz. A pasta iniciou uma investigação sobre o caso e expressou em nota o repúdio por “atos dessa natureza”. Por ora, o nome do sargento será mantido em sigilo.

O vice-presidente Hamilton Mourão também se pronunciou sobre a prisão, afirmando que esta não é a primeira vez que um militar é detido transportando drogas. Ele pediu uma investigação para avaliar se o brasileiro tem conexões com o tráfico de entorpecentes.

“As Forças Armadas não estão imunes a esse flagelo da droga. Isso não é a primeira vez que acontece, seja na Marinha, seja no Exército, seja na Força Aérea”, disse Mourão em entrevista à Rádio Gaúcha, acrescentando que “esse elemento vai ser julgado por tráfico internacional de drogas e vai ter uma punição bem pesada”.

O vice-presidente ainda chamou o sargento de “mula qualificada”. “É óbvio que, pela quantidade de droga que o cara tava levando, ele não comprou na esquina e levou, né? Ele estava trabalhando como mula. Uma mula qualificada, vamos colocar assim”, afirmou.

O militar não estava no mesmo avião que Bolsonaro rumo a Osaka, cidade japonesa que sediará a cúpula entre as 19 principais economias do mundo e a União Europeia nos dias 28 e 29 de junho.

A aeronave presidencial também tinha escala programada em Sevilha, mas os planos de viagem foram alterados. Na noite de terça-feira, a agenda do presidente passou a informar que a escala seria em Lisboa. Não foi esclarecido se a mudança teve alguma relação com a prisão do militar.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Câmara dos EUA formaliza acusações contra Trump

Democratas dizem ter provas suficientes para acusar o presidente americano de abuso de poder e obstrução do Congresso. Votação sobre o impeachment no plenário da Câmara deve ocorrer na próxima semana. Congressistas democratas na Câmara dos …

Cientistas criam pele artificial que é flexível se cura como a de verdade

Cientistas da Universidade Nacional da Austrália criaram um hidrogel que funciona como a pele de verdade, com a mesma força e durabilidade. “Com a química especial que desenvolvemos no hidrogel, ele pode se reparar após ser …

Putin e Zelenski anunciam cessar-fogo na Ucrânia

Em cúpula em Paris, presidentes concordam em retomar processo de paz e prometem troca de todos os prisioneiros até o fim deste ano. Apesar de avanços, divergências sobre eleições em regiões separatistas permanecem. Os presidentes ucraniano, …

Aung San Suu Kyi vai defender Mianmar na ONU de acusações de genocídio

A prêmio Nobel da Paz defenderá seu país das acusações de genocídio da minoria muçulmana rohingya no tribunal internacional da ONU, em Haia. A Corte Penal Internacional (CPI) autorizou em novembro que Mianmar, antiga Birmânia, seja …

Em meio a "emergência climática", UE aposta em Acordo Verde

Com a UE prestes a fracassar em suas metas de redução de CO2 até 2030, todos os olhos se voltam para os planos de longo prazo da Comissão Europeia para combater a mudança climática. A nova …

Kim Jong-un "tem tudo a perder" se agir de maneira hostil, diz Trump

O presidente americano Donald Trump também disse neste domingo (8) que a Coreia do Norte tem potencial econômico, mas deve manter "boas relações" com os Estados Unidos. A mensagem de Trump foi publicada no Twitter …

Governo argentino é alvo de roubo de 10 anos de arquivos administrativos

O governo da Argentina foi alvo de um ataque por meio de um ransonware e está com cerca de 10 anos de dados públicos sequestrados desde do dia 25 de novembro. Em entrevista, a ministra da …

Lausanne, na Suíça, é a melhor cidade pequena do mundo

A cidade de Lausanne, na Suíça, foi considerada a melhor cidade pequena do mundo pela influente revista britânica “Monocle”. A publicação fez uma lista com as 25 melhores cidades pequenas do mundo, com população …

Esse organismo unicelular toma "decisões" complexas mesmo sem um cérebro

Um organismo unicelular de água fresca chamado Stentor roeseli demonstra comportamento inteligente. Ele foi descoberto em 1906, e quando estimulado no microscópio, essa criatura com formato de trompete conseguiu tomar decisões consideradas complexas para um …

Rússia é banida de eventos esportivos mundiais por quatro anos

Decisão deixará o país de fora dos Jogos Olímpicos de 2020 e da Copa do Mundo de Futebol de 2022. Agência Mundial Antidoping (Wada) conclui que Moscou manipulou dados laboratoriais de seus atletas. A Rússia está …