Bolsonaro e Piñera rejeitam intervenção militar na Venezuela

Tânia Rêgo / Agência Brasil

Os governos do Brasil e do Chile divulgaram neste sábado (23/03) uma declaração conjunta em que reiteraram a intenção de buscar “uma saída pacífica” para encerrar a crise política que atinge a Venezuela.

O documento, que foi assinado pelo presidente Jair Bolsonaro e pelo seu colega chileno, Sebastián Piñera, também rejeita a possibilidade de intervenção militar na Venezuela.

“[Reiteramos] o firme compromisso de continuar trabalhando, no âmbito do Grupo de Lima, pela busca de uma saída democrática e pacífica para a crise venezuelana, rejeitando energicamente qualquer ação que implique o uso da violência, sobretudo a opção de intervenção militar”, diz a declaração conjunta de ambos os presidentes, divulgado logo ao fim da viagem de Bolsonaro ao Chile.

Brasil, Chile, Estados Unidos e cerca de 50 nações apóiam Juan Guaidó, autodeclarado presidente da Venezuela, como líder legítimo da Venezuela.

“[Reafirmamos] o compromisso de contribuir para restaurar a democracia na Venezuela, que requer a realização de eleições presidenciais livres e justas, conforme os padrões internacionais e sob observação internacional independente; a liberação de todos os presos políticos; e o fim da sistemática violação dos direitos humanos naquele país.”

Piñera e Bolsonaro ressaltaram ainda a necessidade de Maduro autorizar o envio de ajuda humanitária para a Venezuela. “[Insistimos] igualmente, na importância que o regime de Nicolás Maduro autorize a abertura de canal de ajuda humanitária que possa atenuar a grave escassez de remédios e alimentos naquele país.”

No texto, Bolsonaro e Piñera se referem também à crise na Nicarágua, que há mais de 11 meses vive protestos diários contra o governo de Daniel Ortega. “[Acompanhamos] com prudente otimismo, a retomada de diálogo nacional amplo, plausível, transparente e representativo entre o governo da Nicarágua e a sociedade civil reunida na Aliança Cívica pela Justiça e Democracia.”

Em seguida, a nota conjunta apela para Ortega dar o espaço devido às organizações internacionais para acompanhar o processo de negociação no país.

“[Queremos] instar o governo da Nicarágua a permitir que os mecanismos internacionais de direitos humanos retornem ao país, incluindo os da OEA [Organização dos Estados Americanos] e das Nações Unidas, e a fornecer as garantias necessárias para o cumprimento in situ de seus respectivos mandatos, de forma independente.”

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

MDZhB: a misteriosa rádio soviética que segue emitindo sinais e ruídos há quase 50 anos

Uma misteriosa estação de rádio segue ininterruptamente transmitindo somente ruídos estáticos interrompidos por sons robóticos há mais de quatro décadas. Conhecida como UVB-76 ou MDZhB, os sinais da rádio são transmitidos de dois diferentes pontos da …

Atmosfera da Terra primitiva pode ter sido tão tóxica quanto a de Vênus hoje

Pesquisadores tentaram reproduzir o equilíbrio delicado entre os gases que evaporaram do oceano de magma e a atmosfera que eles podem ter criado, e descobriram que esta seria fina e composta por dióxido de carbono …

Enorme monolito misterioso descoberto no deserto de Utah

Uma ocorrência totalmente comum. Você está em um helicóptero sobrevoando uma região remota do sul de Utah contanto cabras e bodes selvagens, quando de repente avista um monolito inexplicável saindo do solo. A KSL TV, relatou …

Funcionário de funerária é demitido após tirar selfie com corpo de Maradona

Foi demitido o funcionário da funerária responsável pelo velório do ex-jogador Diego Armando Maradona que tirou uma foto ao lado do caixão com o corpo do astro, enterrado nesta quinta-feira, dia 26, na Grande Buenos …

Museu de Londres reunirá relatos de sonhos de britânicos na pandemia

Projeto visa documentar mudanças no sono causadas pelo confinamento e pela crise gerada com a covid-19, além de coletar narrativas sobre o período para gerações futuras. Mudanças no sono aparentemente têm sido comuns durante a pandemia …

'O Gambito da Rainha': série da Netflix ignora sexismo no xadrez, diz ex-campeã

Existem várias cenas comoventes em O Gambito da Rainha, a série da Netflix que conta a história fictícia de Beth Harman, uma jovem prodígio do xadrez da década de 1960. Em uma delas, um jogador experiente …

Detectada "partícula fantasma" no Sol que confirma teoria da década de 1930

Uma equipe internacional de cientistas conseguiu, pela primeira vez, detectar diretamente a presença do ciclo carbono-nitrogênio-oxigênio (CNO) na fusão nuclear do Sol. Este ciclo representa uma das reações de fusão pelas quais as estrelas convertem hidrogênio …

Musk acertou? Tesla se aproxima dos US$ 500 bilhões de valor de mercado

Nesta segunda-feira (23), a Tesla atingiu o valor de mercado de US$ 498 bilhões. E isso em um momento em que não se sabe se a empresa vai conseguir atingir a sua meta de entregar …

Papai Noel é considerado 'trabalhador essencial' na Irlanda

Na mesma semana em que novas restrições de viagem foram colocadas em prática no Reino Unido e na Irlanda diante dos estragos causados pela segunda onda da pandemia de covid-19 na Europa, a Irlanda fez …

Especialistas da ONU advertem sobre viés racista em algoritmos

Os países devem fazer mais para combater o racismo, principalmente nos algoritmos de inteligência artificial utilizados para reconhecimento facial e controles policiais. Essas ferramentas podem reforçar discriminações, alertam especialistas da ONU. Segundo a especialista jamaicana …