O misterioso Planeta 9 pode ser um mundo desgarrado capturado pelo nosso sistema solar

R. Hurt (IPAC) / Caltech

O Planeta X (ou Planeta 9) será um gigante gasoso semelhante a Úrano e Neptuno

O Planeta X (ou Planeta 9) será um gigante gasoso semelhante a Úrano e Neptuno

O suposto Planeta 9, que alguns cientistas acreditam estar escondido muito além da órbita de Plutão, poderia ser um ex-planeta errante que foi capturado pelo nosso sistema solar em algum ponto no passado.

“É muito plausível que o Planeta 9 seja um planeta errante – um mundo que cruza o espaço sem estar conectado a uma estrela – capturado”, disse o principal autor do estudo, James Vesper, da Universidade do Estado de Novo México, nos EUA.

Os pesquisadores realizaram simulações de computador de 156 encontros entre nosso sistema solar e planetas errantes de vários tamanhos e trajetórias.

Tais encontros podem não ser tão incomuns. Alguns estudos indicam que os planetas errantes podem superar os “normais” que circundam estrelas hospedeiras em toda a Via Láctea.

As simulações sugerem que, em cerca de 60% dos encontros, o planeta “invasor” é lançado para fora do sistema solar. Destes, em cerca de 10% de todos os casos, o errante levaria pelo menos um dos planetas nativos do nosso sistema solar para longe com ele.

Já em cerca de 40% dos encontros, o errante acabaria sendo capturado pelo sistema solar. Isso pode acontecer por meio de uma “captura suave”, na qual nenhum planeta nativo é ejetado, ou o invasor poderia arrancar um ou mais mundos quando chegasse.

A existência desse mundo foi proposta pela primeira vez em outubro de 2014 pelos astrônomos Scott Sheppard e Chadwick Trujillo.

Eles observaram que a influência gravitacional de um mundo gigante não descoberto no sistema solar exterior poderia explicar esquisitices nas órbitas de vários objetos distantes, como o planeta anão Sedna.

Em janeiro de 2016, os astrônomos Konstantin Batygin e Mike Brown encontraram mais evidências de tal planeta nas órbitas de vários corpos no sistema solar exterior. Batygin e Brown apelidaram o mundo de Planeta Nove, e calcularam que ele possivelmente possui uma órbita altamente elíptica de 1.000 unidades astronômicas (AU) do sol.

Os astrónomos Mike Brown e Konstantin Batygin “descobriram” o Planeta 9

Os astrónomos Mike Brown e Konstantin Batygin “descobriram” o Planeta 9

Para colocar isso em perspectiva, 1 AU é a distância da Terra ao sol, ou cerca de 150 milhões de quilômetros. Netuno encontra-se a cerca de 30 UA do sol, e Plutão nunca fica a mais de 49 UA de nossa estrela.

A órbita do Planeta 9 é consistente com a de um planeta errante. Mas os novos resultados da simulação não provam nada sobre as origens do mundo hipotético.

Na verdade, os astrônomos ainda têm de confirmar a existência do planeta – embora isso possa acontecer no início de 2017.

Outros estudos consideram improvável a explicação do planeta errante, sugerindo que o Planeta 9 é um nativo do sistema solar, ou que o sol arrancou o mundo de uma outra estrela durante um encontro estelar há muito tempo.

//

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Fóssil de pterossauro nunca antes visto de 100 milhões de anos é descoberto na China

Um novo gênero e uma nova espécie de pterossauro dsungaripterídeo, que viveu durante o Cretáceo Inferior, foram catalogados na China após análise de uma mandíbula inferior incompleta. Pterossauros eram répteis voadores que viveram simultaneamente com os …

A consciência é um campo energético: afirma estudo

Uma nova ideia incomum em neurociência sugere que nossa consciência é derivada de um campo de ondas eletromagnéticas emitidas pelos neurônios quando disparam suas cargas elétricas. A ideia é que essas ondas de atividade elétrica sejam …

Pais gays viram alvo de investigações na Rússia

Alguns anos atrás, o advogado Vladimir (nome modificado), morador de uma grande cidade russa, decidiu ter um filho com o auxílio de uma mãe de aluguel. Sua família inteira ficou contente quando uma menina nasceu. …

Líbano: Saad Hariri volta ao posto de primeiro-ministro para formar novo governo

Saad Hariri foi nomeado novamente primeiro-ministro do Líbano, com o desafio de chegar a um acordo com as várias forças políticas do país e formar um governo capaz de realizar as reformas necessárias para …

Alunos incentivam câmeras ligadas para que professores não ‘falem’ com telas em branco

Para amenizar a sensação de solidão de professores em aulas online, alunos norte-americanos começaram a usar o TikTok para incentivar mais estudantes a abrirem as câmeras durante encontros educacionais à distância. A usuária da rede social …

Identificada a causa da maior extinção em massa na história da Terra

A vida na Terra tem uma história longa, mas também extremamente turbulenta. Em mais de uma ocasião, a maioria de todas as espécies foi extinta e uma biodiversidade já altamente desenvolvida reduziu para um mínimo …

Cães farejadores de covid: eficazes e baratos, mas esnobados

A Europa está em pânico em meio ao segundo surto de covid-19, com taxas de contágio explodindo e os PIBs despencando. A Bélgica acaba de anunciar que não mais testará cidadãos assintomáticos, mesmo que tenham …

Bolsonaro é avaliado positivamente por 37% da população, diz pesquisa

Entre os que souberam do dinheiro na cueca do senador Chico Rodrigues (52%), 74% não mudaram sua avaliação sobre o presidente Bolsonaro. Os que mais mudaram de opinião foram os pesquisados com ensino superior (26%) …

Tribunal Constitucional da Polônia invalida direito ao aborto por malformação do feto

O Tribunal Constitucional da Polônia invalidou nesta quinta-feira (22) uma disposição que permitia a interrupção voluntária da gravidez (IVG) em caso de malformação do feto. Uma vez que a decisão entre em vigor, apenas o …

Estudo descobre 1,8 bilhão de árvores no deserto do Saara e no Sahel

Um estudo publicado na revista Nature descobriu que na região do Saara Ocidental e no Sahel, há mais de um bilhão de árvores. No meio da aridez do local, a surpreendente descoberta colocou um novo …