NASA descobre Sistema Solar semelhante ao nosso com 8 planetas

A NASA anunciou a descoberta de um novo planeta no sistema Kepler-90. Isto significa que este sistema distante tem oito planetas, assim como o Sistema Solar, e com características muito semelhantes.

A descoberta da NASA, anunciada nesta quinta-feira (14), foi feita graças aos dados recolhidos pelo telescópio Kepler e à Inteligência Artificial (IA) do Google.

Os pesquisadores Christopher Shallue, engenheiro da Google, e Andrew Vanderburg, astrônomo da Universidade do Texas, nos EUA, programaram um computador com IA para que conseguisse identificar exoplanetas nas leituras de luz registradas pelo telescópio Kepler.

O Google treinou algoritmos de machine learning para aprenderem a detectar os padrões de luz deixados pelos planetas quando orbitam em torno de suas estrelas, e que são registrados pelo Kepler. Isto agilizou a análise da imensidão de dados recolhidos pelo telescópio.

Assim, foi possível detectar o novo planeta, batizado de Kepler-90i, confirmando que o sistema Kepler-90 tem tantos planetas como o Sistema Solar, ou seja oito, e com características semelhantes – os planetas menores ficam localizados perto da estrela e os maiores mais afastados, assim como no nosso sistema.

“O sistema de estrelas Kepler-90 é como uma mini-versão do Sistema Solar. Há pequenos planetas no interior e grandes planetas no exterior, mas está tudo muito mais próximo”, explica Andrew Vanderburg em comunicado da NASA.

O Kepler-90, que fica a 2.500 anos-luz de distância, é “muito mais compacto do que o Sistema Solar”, com “todos os oito mundos” muito “mais próximos da sua estrela do que a Terra está do Sol”, explica Vanderburg, citado pelo Live Science.

NASA / Wendy Stenzel

O sistema Kepler-90 que tem oito planetas, assim como o Sistema Solar

Temperaturas de 430 graus

O planeta Kepler-90i teria algumas semelhanças com a Terra mas seria, provavelmente, “muito quente para acolher vida”, já que “completa uma órbita [em torno da estrela] a cada 14,4 dias da Terra”, explica o Live Science, com base nas informações da pesquisa dos cientistas da NASA.

As temperaturas no planeta rondariam os 430 graus, salienta Vanderburg.

Além do novo planeta do sistema Kepler-90, a NASA descobriu ainda mais um planeta em outro sistema diferente, o Kepler-80g. Este é o sexto planeta do sistema que orbita uma estrela anã, localizada a cerca de 1.160 anos-luz do Sol.

Os cientistas da NASA vão continuar usando a IA do Google para procurar mais planetas “escondidos” nos dados do telescópio Kepler, que revelou mais de 2.500 mundos extraterrestres.

“Há muita quantidade de dados por explorar no sistema Kepler-90 e seria muito surpreendente se não houvesse mais planetas em torno desta estrela”, constata Vanderburg.

O cientista acredita que pode haver outros sistemas solares semelhantes ao nosso e ao Kepler-90, eventualmente já registrados na imensidão de dados recolhidos pelo telescópio Kepler.

“Os resultados demonstram o valor duradouro da missão Kepler“, constata a cientista Jessie Dotson, do Centro de Pesquisa da NASA na Califórnia, também citada no comunicado da agência espacial.

“Estou certa de que há mais novidades nos dados à espera de serem encontradas”, conclui.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

China consegue pousar veículo não tripulado em Marte

A China conseguiu neste sábado pousar um veículo autônomo não tripulado em Marte. A fase final da operação Tianwen-1 aconteceu sem falhas, informou a TV estatal chinesa, que transmitiu um programa especial chamado Alo …

Lewandowski permite que Pazuello fique em silêncio na CPI

Ex-ministro da Saúde será obrigado a comparecer ao depoimento, mas não precisará responder perguntas que possam incriminá-lo. No entanto, será obrigado a falar a verdade em fatos e questões relacionados a terceiros. O ministro do Supremo …

Como o coronavírus afeta o fígado

O SARS-CoV-2, vírus causador da covid-19, mudou completamente a cara do mundo que conhecíamos até então. Ele afetou praticamente todos os aspectos da vida cotidiana e causou mudanças substanciais nas ciências da saúde e, portanto, na …

'Síndrome de Havana': lesão cerebral atinge ao menos 130 diplomatas e oficiais americanos, dizem EUA

Diplomatas, agentes da CIA e oficiais de defesa dos EUA relataram sintomas graves da perturbação conhecida como "síndrome de Havana" nas últimas semanas. O elevado número de casos causa espanto. Nas últimas semanas, foram relatados mais …

RJ comunica 1º caso de raiva em cachorro em quase três décadas

Pela primeira vez desde 1995, o Laboratório Municipal de Saúde Pública (Lasp) do Rio de Janeiro diagnosticou um caso de raiva animal. A descoberta parte do resultado de perícia no corpo de um cão morto …

O que dizem cientistas sobre isenção de máscaras para vacinados nos EUA

Os Estados Unidos anunciaram nesta quinta-feira (13/05) o fim da obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção na maioria das situações para pessoas que já foram completamente vacinadas contra a covid-19. Segundo a nova orientação do …

Putin: Rússia reagirá de maneira devida às ameaças perto de suas fronteiras

Durante reunião com membros do Conselho de Segurança da Rússia nesta sexta-feira (14), o presidente da Rússia pediu que lhe fosse reportado sobre o agravamento do conflito israelo-palestino, que toca diretamente os interesses de segurança …

Covid: 16 mil pessoas foram imunizadas com doses de vacina trocadas no Brasil

Um levantamento de dados da Folha de São Paulo com informações do DataSUS, base de dados do Ministério da Saúde, mostrou que pelo menos 16 mil pessoas receberam doses de vacinas diferentes em seu processo …

Covid-19: diretor do Butantan prevê vacinação lenta até setembro no Brasil

Como diretor do Instituto Butantan desde 2017, Dimas Covas sempre precisou aliar o conhecimento técnico e científico com as particularidades do mundo político que, na visão dele, não parecem seguir uma lógica. E essa necessidade se …

Escalada de violência entre israelitas e palestinianos já fez mais de 100 mortos

O conflito entre israelitas e palestinianos subiu de tom na madrugada de hoje, com o Exército israelita a bombardear a faixa de Gaza. Desde segunda-feira já morreram 119 palestinianos nestes ataques, entre eles 31 …