Moeda venezuelana perde 96% de seu valor em apenas 5 dias

A moeda venezuelana perdeu 24,4 vezes o seu valor nos últimos cinco dias, segundo dados do Banco Central da Venezuela. Em 17 de agosto, 1 euro valia 2,85 bolívares soberanos (Bs.S), mas nesta quarta-feira vale 69,45 Bs.S, na taxa oficial de câmbio.

A desvalorização da moeda, segundo analistas, faz parte das novas medidas econômicas anunciadas pelo presidente venezuelano, Nicolás Maduro, que preveem a unificação das várias taxas de câmbio oficiais do país como parte de um processo para eliminar o sistema de controle cambial que vigora desde 2003.

“O valor tomado como referência no fim de semana passado foi muito parecido ao valor do dólar paralelo (câmbio no mercado negro), que agora já subiu, ocasionando uma margem entre os dois”, explicou uma fonte consultada pela Agência Lusa.

Como parte das medidas, a Venezuela despenalizou as operações com divisas entre cidadãos, mas mantém as limitações ao acesso a moeda estrangeira.

Segundo o ministro da Economia e Finanças, Simón Zerpa, o Estado continuará a manter o controle sobre as moedas estrangeiras que circulem na Venzuela e substituirá em breve os leilões a que os empresários recorriam para aceder a divisas para pagar importações.

A crise tem levado muitos venezuelanos a sobreviver de remessas de familiares e as autoridades esperam que estas remessas passem a entrar no sistema oficial, através das casas de câmbio que foram recentemente autorizadas a receber divisas a 46,40 Bs.S por cada euro.

Na última segunda-feira entrou em vigor, na Venezuela, uma reconversão monetária que eliminou cinco zeros do bolívar forte, dando origem ao bolívar soberano.

Governo fixa preços de produtos básicos

O governo venezuelano fixou nesta quarta-feira (22) os preços de 25 produtos básicos alimentares, incluindo produtos que estão escassos no país e que passam a ter um custo ligeiramente inferior aos praticados no mercado negro, onde estão disponíveis.

Os novos preços “devem ser exibidos em todos os estabelecimentos comerciais”, lê-se no decreto publicado na Gazeta Oficial do país, afirmando que quem não cumprir os preços será alvo de sanções, que vão de multas pecuniárias ao fechamento dos estabelecimentos.

O decreto regula os preços do atum em lata, carne de vaca, ovos, mortadela, sardinha fresca e em lata, leite pasteurizado, frango, manteiga, ervilhas, lentilhas, feijão, grãos, óleo comestível, arroz, açúcar, café moído, farinha de milho pré-cozido, farinha de trigo para uso familiar e para panificação, maionese, margarina, massa, molho de tomate e sal.

“Alguns dos novos preços estão ligeiramente inferiores aos dos vendedores informais, entre eles os das cartelas de ovos, mas o da carne de vaca está muito abaixo. No fim de semana, paguei o equivalente a 120 bolívares soberanos por um quilo de carne (1,72 euros) e foi fixado em 90 (1,29 euros)”, explicou um comerciante à agência Lusa.

O valor de câmbio dos produtos é agora feito à luz da nova taxa de câmbio de 69,60 Bs.S por cada euro, tendo em conta que na semana passada a cotação oficial passou de 33,64 Bs.S para 46,4 Bs.S e daí para o valor atual, enquanto no mercado paralelo o euro ronda os 82,65 Bs.S.

Os empresários temem que a fixação de preços volte a fazer que produtos desapareçam do mercado local e que aumentem de valor no mercado negro.

Ciberia, Lusa // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Coronavírus: Reino Unido proíbe entrada de viajantes vindos da América do Sul e de Portugal por variante encontrada no Brasil

Chegadas ao Reino Unido da América do Sul e Portugal serão proibidas a partir de sexta-feira (15/01) devido a preocupações com a variante brasileira do coronavírus. O secretário de transportes, Grant Shapps, disse que a mudança …

Vacinação nacional contra a COVID-19 começa no dia 20, às 10h

Ao que tudo indica o Brasil já tem uma data oficial para o início da vacinação, em massa, contra o novo coronavírus (SARS-CoV-2). Nesta quinta-feira (14), o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, informou que a …

"Futuro assustador de extinção em massa" nos espera, elite dos cientistas alerta

O planeta enfrenta um “futuro assustador de extinção em massa, declínio da saúde e distúrbios climáticos” que ameaçam a sobrevivência humana por causa da ignorância e da inação, de acordo com um grupo internacional de …

Oferta de perfuração do Ártico tem fracasso histórico por falta de interessados

O recente leilão que oferecia arrendamentos de perfuração de petróleo no Ártico foi um fracasso. Esperava-se que a chamada atraísse muitos interessados em explorar a área no Alasca, mas a realidade foi outra. A notícia é …

Palácio mais antigo da China de 5.300 anos é descoberto perto de antiga capital

Palácio descoberto no sítio arqueológico de Shuanghuaishu, nos arredores da cidade de Zhengzhou, uma das oito capitais antigas, foi construído por volta de 3300 a.C., ou seja, tem cerca de 5.300 anos, sendo possivelmente a …

Variante da Covid-19 no Brasil faz Reino Unido banir viajantes da América Latina e Portugal

O governo britânico proibiu, nesta quinta-feira, as chegadas de todos os países da América do Sul e do Panamá, além de Portugal, em resposta à nova variante da Covid-19, descoberta no Brasil. A decisão …

CEO do Twitter defende banimento de Trump da rede social

Jack Dorsey diz que medida resulta do “fracasso” da plataforma em mediar diálogo saudável e admite que pode abrir “precedente perigoso”. Proibição veio após presidente dos EUA insuflar apoiadores que invadiram Capitólio. O CEO da rede …

O zumbido de fundo do universo pode ter sido ouvido pela primeira vez

Baseado no que sabemos sobre ondas gravitacionais, o Universo deve estar cheio delas. Cada par de buracos negros ou estrelas de nêutrons e colisão, cada supernova com núcleo em colapso — até mesmo o próprio …

Monocultura da soja destruiu mais de 30% do cerrado brasileiro entre 2004 e 2017, alerta WWF

Os 24 principais focos de desmatamento no mundo provocaram a perda de uma superfície equivalente ao tamanho do Paraguai em menos de uma década, aponta um relatório do Fundo Mundial para a Natureza (WWF, na …

Coreia do Sul eleva capacidades de combate para conter ameaça norte-coreana

A Coreia do Sul planeja elevar suas capacidades militares para conter as ameaças de mísseis de curto alcance dos norte-coreanos, declarou o Ministério da Defesa sul-coreano. A declaração ocorreu após os norte-coreanos prometerem elevar o arsenal …