Michael Schumacher chega a Paris para tratamento secreto

Segundo informações do jornal Le Parisien, o ex-campeão, que sofreu um grave acidente de esqui em 2013 e cujo estado de saúde é um mistério, vai beneficiar de um implante de células-tronco no hospital George Pompidou, no 15° distrito da capital, onde chegou nesta segunda-feira (9)

O ex-piloto de Fórmula 1 foi internado na tarde desta segunda-feira no hospital parisiense. De acordo com o jornal Le Parisien, ele chegou em uma ambulância suíça, carregado em uma maca totalmente coberta, que impedia de ver seu corpo e seu rosto.

Schumacher foi levado imediatamente para o setor de cirurgia cardiovascular, cercado por quinze seguranças. O campeão, que hoje está com 50 anos, foi recebido pelo cirurgião cardíaco francês Philippe Menasché, pioneiro no uso terapia celular para tratar a insuficiência cardíaca.

Schumacher, de acordo com jornal francês, beneficiará de injeções de células-tronco em todo o organismo, para obter uma ação anti-inflamatória em todo o organismo. O tratamento deve ser realizado nesta terça-feira e o ex-campeão pode deixar o hospital na quarta-feira.

Consultada pelo Le Parisien, a equipe médica do hospital Pompidou não deu declarações, mas Schumacher teria vindo pelo menos duas vezes ao estabelecimento neste ano, de helicóptero. Na primeira, o ex-piloto teria realizado exames no hospital Pitié-Salpetrière. Ele deveria ter voltado em julho, mas um problema de saúde repentino impediu a viagem.

Ex-piloto já não precisaria ficar deitado

O estado de saúde do ex-campeão, aliás, é um mistério desde o seu acidente em Meribel, nos alpes franceses, onde bateu a cabeça em um rochedo enquanto esquiava, no dia 29 de dezembro de 2013.

Ao ser atendido no hospital de Grenoble, no sudeste da França, ele sofria de um traumatismo craniano grave. Operado duas vezes, Schumacher ficou quatro semanas em coma artificial e vários meses na UTI.

O ex-piloto deixou o hospital em junho de 2014 e foi transferido para o hospital universitário de Vaud, em Lausanne, na Suíça. Três meses depois, ele voltou para a casa, que foi adaptada para seu tratamento.

Desde então, sua mulher, Corinna Schumacher, não fornece nenhuma informação sobre a saúde do ex-campeão. Apenas Jean Todt, seu companheiro de Ferrari, é um dos raros amigos a visitar Schumacher em casa.

Foi ele quem anunciou que o ex-piloto da Ferrari não precisava mais ficar deitado, e contou até mesmo ter assistido a seu lado uma corrida do filho, Mick, que corre em Fórmula 2.

Em dezembro, um documento chamado “Schumacher”, realizado com o apoio da família e amigos deve ser exibido na TV e revelar o mistério que cerca o ex-campeão.

// RFI

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

O que é a peste pulmonar e por que sua aparição na China preocupa

A forma mais rara, porém mais letal de peste, apareceu na China. Duas pessoas foram hospitalizadas em Pequim após contrairem a peste pulmonar ou pneumônica - uma variante altamente infecciosa da doença e muitas vezes …

Mais de 200 pessoas perderam visão em protestos no Chile

A principal associação médica do Chile anunciou nesta quinta-feira (14/11) que pelo menos 230 pessoas perderam a visão, parcial ou completamente do olho afetado, devido a tiros com espingarda de pressão disparadas por agentes de …

Movimento dos "coletes amarelos" completa um ano com efeitos positivos na economia

O diário econômico francês Les Echos desta sexta-feira dedica sua capa e várias páginas ao movimento dos coletes amarelos, que completa um ano neste domingo. O jornal analisa as consequências dos protestos na economia francesa …

Preço para voar em nave da Boeing será 60% mais caro do que na da SpaceX

O inspetor-geral da NASA divulgou nesta quinta-feira (14) um relatório sobre o Programa Commercial Crew, com detalhes sobre os problemas técnicos enfrentados pelas empresas SpaceX e Boeing no desenvolvimento de suas espaçonaves - Crew Dragon …

A corrida para salvar 33 marinheiros e 1 cachorro da ilha onde missionário foi morto por nativos há 1 ano

"Homens selvagens, provavelmente mais de 50, com armas caseiras, estão fazendo dois ou três barcos. Temo que eles nos alcancem no pôr do Sol. A vida de todos os tripulantes está em risco." A corrida contra …

Gigante chinesa do comércio eletrônico vende U$ 1 bilhão em 1 minuto

Sessenta e oito segundos. Esse foi o tempo que consumidores chineses levaram para gastar seu primeiro bilhão de dólares em vendas pela internet numa tradicional liquidação do país. O resultado surpreendente de vendas foi alcançado …

“A Tumba”: depósito de lixo nuclear está começando a se romper e afundar nas Ilhas Marshall

Antes de lançar a primeira bomba atômica do mundo, os EUA fizeram vários testes de detonações em locais remotos. O problema é que toda a radiação está até hoje nesses lugares, sendo que um desses …

Brasil dá 'sinal positivo' e valoriza participação no BRICS, diz especialista

Contrariando estimativas de que o governo de Jair Bolsonaro reduziria a importância do BRICS na sua política externa, o Brasil demonstra empenho e compromisso com o bloco, segundo especialista ouvido pela Sputnik. Em entrevista à Sputnik, …

Elon Musk fala em "curar o autismo" com as inovações da Neuralink

Participando de um podcast voltado à discussão da inteligência artificial (IA), o CEO da Neuralink, Elon Musk, erroneamente afirmou que sua empresa será capaz de curar distúrbios neurológicos como a esquizofrenia e o Alzheimer, além …

Bomba-H da Coreia do Norte seria 17 vezes mais poderosa que a de Hiroshima

Dados de satélite japonês forneceram detalhes do teste de uma arma termonuclear, realizado em 2017, indicando que sua explosão teria sido 17 vezes mais poderosa do que a bomba de Hiroshima. A Coreia do Norte estimou …