Moro pede licença para tratar de “assuntos particulares”

Marcelo Camargo / Abr

Juiz Sérgio Moro

Segundo Ministério da Justiça, afastamento por cinco dias úteis não teria relação com desgaste sofrido pelo ex-juiz no último mês.

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, pediu licença do cargo por cinco dias úteis “para tratar de assuntos particulares”. A informação consta no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira. Segundo a publicação, o afastamento temporário e não remunerado, de 15 a 19 de julho, foi autorizado por despacho presidencial.

De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, a assessoria do ministério informou que Moro vai tirar férias, e que a pasta deve ficar interinamente sob o comando do secretário-executivo, Luiz Pontel.

Ainda segundo o jornal, a assessoria informou que Moro optou pela licença temporária não remunerada para contornar o fato de que “não tem ainda o direito de gozar férias“, por ter assumido o cargo em janeiro.

Por fim, a pasta informou que a licença estava planejada desde que o ministro assumiu, não tendo relação com o desgaste que Moro vem sofrendo desde que o site The Intercept Brasil passou a divulgar mensagens atribuídas a ele, sugerindo que traçou estratégias com procuradores da Lava Jato, quando julgava os casos da operação.

As primeiras mensagens – diálogos por meio do aplicativo Telegram – foram divulgadas em 9 de junho. Desde então, Moro tem permanecido na defensiva. Nas duas ocasiões em que compareceu ao Congresso para prestar esclarecimentos, negou qualquer conluio com os procuradores da força-tarefa. Moro também tem atuado em várias frentes para minimizar os conteúdos revelados, que implicaram não apenas a ele, mas também vários procuradores.

O ministro já afirmou não reconhecer a autenticidade dos diálogos, mas ao mesmo tempo ressalvando que o material revelado até agora não atestaria nenhuma conduta ilegal. Ele também chegou a classificar de “descuido” ter indicado duas testemunhas para a força-tarefa, conforme descrito num diálogo publicado pelo Intercept.

Neste fim de semana, uma pesquisa da Datafolha mostrou que 58% dos brasileiros julgam inadequada a conduta de Moro, e outros 58% acham que as suas sentenças devem ser revisadas. No entanto 54% da população não vê motivo para o ex-juiz entregar seu cargo no Ministério da Justiça.

Nos diálogos divulgados até agora pelo The Intercept Brasil e veículos parceiros, Moro aparece cobrando a realização de novas operações, num diálogo com um procurador, oferece uma dica sobre uma testemunha e chega a propor aos procuradores uma ação contra a defesa do ex-presidente Lula.

Na véspera do comparecimento de Moro ao Senado, o site divulgou, ainda, um diálogo no qual ele se posiciona contra o envio de uma ação contra o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, uma vez que ela poderia “melindrar alguém cujo apoio é importante”.

Um dos vazamentos também reforçou as suspeitas de estreita cooperação entre o juiz e o procurador Deltan Dallagnol, chefe da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, para evitar que tensões entre Moro e os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) prejudicassem as investigações em 2016, durante uma fase crítica para a força-tarefa.

Mais recentemente, o site também divulgou mais conversas entre procuradores da Lava Jato. Num dos diálogos revelados, membros da força-tarefa criticam a ida de Moro ao Ministério da Justiça e manifestam temor de que a nomeação arranhasse a imagem da operação.

Outras mensagens também mostram Moro orientando a Lava Jato para incluir prova num processo e fazendo pressão para que o Ministério Público não aceitasse uma delação premiada do ex-deputado Eduardo Cunha. Neste fim de semana, foi a vez de o site revelar mensagens sugerindo que o ex-juiz e a força-tarefa se articularam para tornar pública a delação da Odebrecht e interferir na crise política da Venezuela.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Ter um cachorro pode te ajudar a viver mais, aponta estudo

Nos últimos anos diversas pesquisas apontaram as vantagens de se ter um cachorro em casa. Nossos fiéis amigos de quatro patas são muito mais do que companheiros, mas podem nos ajudar a viver mais. É …

Desde 1970 a NASA sabe que existe vida em Marte, diz ex-engenheiro da agência

Em um artigo publicado na terça-feira (15) na revista Scientific American, Gilbert Levin, um ex-engenheiro da NASA que trabalhou nas missões Viking, faz uma afirmação polêmica: a de que, desde a década de 1970, a …

Brexit: União Europeia e Reino Unido anunciam um acordo em Bruxelas

O primeiro-ministro britânico Boris Johnson anunciou na manhã desta quinta-feira (17) que encontrou um "excelente novo acordo" para o Brexit com a União Europeia, a poucas horas da cúpula da UE para selar a saída …

Câmara dos EUA condena retirada militar do norte da Síria

Por 354 votos a 60, deputados rejeitaram decisão de Trump de abandonar forças curdas que lutavam ao lado dos EUA. Resolução contou com apoio de mais da metade da bancada republicana. A Câmara de Representantes dos …

Vacina contra o câncer de mama pode estar disponível em 8 anos, diz a Clínica Mayo

Pesquisadores da Clínica Mayo desenvolveram uma vacina contra o câncer ovário e de mama que poderia estar disponível dentro de apenas oito anos. A ideia da vacina é estimular o próprio sistema imunológico dos pacientes a …

Líder de Hong Kong abandona discurso no Parlamento após protestos

Parlamentares pró-democracia forçam Carrie Lam a interromper pronunciamento anual. Sem conseguir completar fala, chefe do Executivo faz discurso sobre futuro político da região administrativa especial da China em vídeo. A chefe do Executivo de Hong Kong, …

Barcelona se prepara para novos protestos, depois de noite tensa em aeroporto

A Catalunha se prepara para um novo dia de indignação, depois que milhares de ativistas pela independência cercaram o aeroporto de Barcelona, na segunda e terça-feira, para denunciar a condenação de seus líderes a sentenças …

Erdogan acusa militares sírios de bombardear posições turcas

Dois soldados turcos foram mortos na área de Manbij pelo Exército do governo sírio, disse o presidente turco Recep Tayyip Erdogan. No dia anterior foi noticiada a morte de mais dois soldados turcos durante um ataque …

Operação da PF amplia briga interna no PSL

A disputa pública pelo comando do PSL, o partido do presidente Jair Bolsonaro, ganhou um novo capítulo nesta terça-feira (15/10) quando agentes da Polícia Federal (PF) realizaram uma operação de busca e apreensão na casa …

Cidade na Itália proíbe Google Maps porque pessoas 'se perdem' o tempo todo

Serviços de emergência de Baunei já tiveram que resgatar 144 perdidos em dois anos devido ao Google Maps. O prefeito da cidade italiana de Baunei, Salvatore Corrias, proibiu o uso do aplicativo de localização geográfica Google …