Movimento impossível de Michael Jackson é finalmente explicado

Em 1987, a inclinação antigravidade protagonizada por Michael Jackson durante o videoclipe de “Smooth Criminal” foi tão sensacional que todos acreditaram que eram efeitos especiais.

Mas o cantor repetiu o movimento impossível em concertos ao vivo. Agora, finalmente, a ciência explica o “truque” (mas também a extraordinária maestria do Rei do Pop).

Um grupo de médicos norte-americanos decidiu analisar, com a lupa científica, esse famoso movimento antigravidade de Michael Jackson, 31 anos depois de ter sido um sucesso com o lançamento do videoclipe de “Smooth Criminal”.

A conclusão da pesquisa publicada no Journal of Neurosurgery: Spine, revela que Michael Jackson usava um misto de força física e um truque quase rudimentar – sapatos com presilhas especiais que seguravam o calcanhar do cantor no chão.

“Os bailarinos mais treinados, com muita força concentrada no abdômen, conseguem uma inclinação de 25 a 30 graus no máximo. Michael Jackson faz um movimento de 45 graus que desafia a gravidade e parece sobrenatural para qualquer espectador”, explica o médico Manjul Tripathi, do Instituto de Pós-Graduação de Educação Médica e Pesquisa em Chandigarh, na Índia, em declarações citadas pela BBC.

A equipe liderada por Tripathi, que é formada por neurocientistas especializados na coluna vertebral, estudou em detalhes o movimento, para entender como o Rei do Pop conseguiu concretizá-lo.

Misto de truque e habilidade

Uma pessoa comum que tente imitar o movimento notará que a maior parte da tensão feita, para conseguir a inclinação, está no tendão de Aquiles e nos tornozelos, em vez de estar nos músculos que sustentam a coluna.

Isso permite apenas um grau muito limitado de inclinação para a frente, mesmo para alguém que tenha capacidades atléticas semelhantes às do próprio Michael Jackson, explica à BBC um dos pesquisadores envolvidos na pesquisa.

Mas, para conseguir a incrível inclinação de 45 graus, o cantor não contou apenas com sua força e suas célebres habilidades de dança e de controle corporal. Parte do truque estava em sapatos adaptados para permitirem a fixação do calcanhar no chão.

A abertura de uma fenda em forma de “V” em cada um dos saltos das solas possibilitou encaixar os sapatos numa espécie de engate no chão, permitindo ao bailarino girar e se inclinar mais para a frente, para concretizar o movimento que desafia a gravidade.

Antes da invenção do calçado patenteado, Michael Jackson chegou a utilizar cabos de suporte com um aro em volta da cintura, para criar a ilusão da inclinação.

Depois, com a ajuda de dois colegas de Hollywood, se inspirou nas botas dos astronautas norte-americanos que podem ser acopladas a um trilho fixo, quando caminham em gravidade zero.

Mas, mesmo com calçados especialmente projetados para o efeito e com o apoio do engate referido, o movimento é incrivelmente difícil de se concretizar, exigindo muita força no tronco, nos músculos das costas e nos membros inferiores, concluíram os médicos.

“Vários fãs de Michael Jackson, incluindo os autores da pesquisa, tentaram copiar o movimento e fracassaram, se machucando muitas vezes durante os esforços”, alertam, quase ironicamente, os cientistas.

As hipóteses de lesão no tornozelo são significativas“, avisa ainda Tripathi, realçando que é preciso ter “músculos fortes e um bom apoio ao redor do tornozelo”, pois não se trata de “um truque simples”.

Apesar das dificuldades, há quem tenha conseguido replicar com alguma maestria – embora não com a mesma inclinação surpreendente – o movimento antigravidade de Michael Jackson, e que até explica, com um tutorial, como se pode conseguir.

Ciberia // BBC / ZAP

COMPARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Mas são bestas demais. Tem um show gravado dele que um dos bailarinos engancha o pé nessa presilha do sapato e do chão. Juntaram médico pra ver isso. KKKK

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Bill Gates vai financiar sete pesquisas de vacina contra COVID-19

Bill Gates, o fundador, ex-CEO e atual filantropo, anunciou durante entrevista no talk show norte-americano Daily Show With Trevor Noah que, por meio de sua própria fundação, estará financiando sete pesquisas clínicas que buscam descobrir …

Bolsonaro é denunciado no TPI por “crime contra a humanidade”

A Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD) denunciou o presidente Jair Bolsonaro por crime contra a humanidade no Tribunal Penal Internacional.  A denúncia foi protocolada nesta quinta-feira (2) na corte de Haia. Segundo …

O primeiro ‘autor’ do mundo era uma mulher

Enheduanna viveu no século 23 antes da nossa era na Mesopotâmia. Princesa, sacerdotisa e poeta, ela pode se orgulhar de ter sido a primeira autora do mundo a ter seu nome conhecido em uma época …

Maduro envia carta ao povo dos EUA pedindo "cessação das sanções"

Nicolás Maduro enviou uma carta ao povo dos Estados Unidos expressando uma mensagem de solidariedade e paz, e pedindo fim das ameaças militares e das sanções contra Venezuela. No documento, o chefe de Estado venezuelano exprime …

Governo dos EUA alerta população para novo "11 de Setembro" devido à covid-19

Chefe da Saúde Pública do país prevê que próxima semana será "a mais difícil e mais triste da vida da maioria dos americanos". Ele compara repercussão a dois dos maiores traumas da história dos Estados …

Quarentena em todo o mundo deixou a crosta terrestre mais "silenciosa"

As medidas de isolamento social adotadas para conter o novo coronavírus (SARS-CoV-2) estão deixando a Terra mais silenciosa - ao menos para os “ouvidos” sensíveis dos sismógrafos. É que as atividades humanas, tais como a circulação …

IA sincronizada com música cria rostos falsos, o resultado pode se aterrorizante

As pessoas ainda aprendem a melhor forma de empregar as redes neurais artificiais, aprendizado de máquina e avanços em inteligência artificial. Entre as pesquisas práticas há a busca por empregar essas técnicas de forma a …

Coronavírus: 92% das mães nas favelas dizem que faltará comida após um mês de isolamento

"Muitas pessoas entraram na linha de pobreza da noite para o dia. O casal que trabalhava no shopping na semana retrasada, que recebia por semana, fez a compra da semana passada e nesta semana já …

Dois anos após mortes de Marielle e Anderson, Anistia Internacional cobra identificação de mandantes

Dois anos após os assassinatos da vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ) e do motorista Anderson Gomes, em 14 de março de 2018, o crime permanece sem solução e ilustra a impunidade no combate à violência …

Coronavírus poderia ser a 1ª de muitas outras pandemias futuras, adverte cientista

Apesar do registro de mais de um milhão de infectados à escala mundial, a doença poderia ser suplantada por patologias bem mais perigosas. Comparando com as doenças que poderiam reaparecer como resultado do aquecimento global, o …