Preguiça gigante era a presa preferida dos humanos pré-históricos

(dr) Alex McClelland / Bournemouth University

Cientistas descobriram pegadas nos Estados Unidos que mostram que, há 11 mil anos, o ser humano caçava regularmente preguiças com quase 2,50 metros.

Uma equipe de cientistas do Reino Unido descobriu pegadas que provam que humanos antigos estiveram envolvidos em um confronto mortal com uma preguiça gigante, com mais de dois metros de altura.

Foram as pegadas fossilizadas nas salinas do Monumento Nacional de White Sands, nos Estados Unidos, que revelaram que os humanos perseguiram uma preguiça gigante, tendo-a confrontado depois com recurso a lanças que atiraram contra o animal.

“A história que podemos ler nas pegadas é que os humanos estavam seguindo-as, precisamente no encalce da preguiça”, disse Matthew Bennett, um dos cientistas que participou da descoberta, publicada na edição desta semana da Science Advances.

O estudo prova a perseguição que o ser humano pré-histórico fazia a esses gigantescos adversários. As preguiças gigantes viveram até cerca de 11 mil anos atrás, sendo que a maioria dos cientistas acredita que foi a caça excessiva que acabou por levar à sua extinção, sendo um dos alvos prediletos de caça da espécie humana.

Bennett, professor de ciências ambientais e geográficas da Universidade de Bournemouth, no sul da Inglaterra, explicou, citado pelo Público, que “enquanto alguém se ocupava por distrair a presa com algumas manobras, outra pessoa enfrentava o animal e tentava dar o golpe fatal”. “É uma história interessante e está tudo escrito nas pegadas“, comentou.

Os paleontólogos identificaram, no Monumento Nacional de White Sands, o que é conhecido como “círculos de agitação”, mostrando que a preguiça teria se levantando e se apoiado apenas nas suas patas traseiras, equilibrando-se com o balanço das patas dianteiras, em uma atitude defensiva.

Mas além de rastros humanos, há mais pistas encontradas em lugares mais distantes que permitiram aos cientistas concluir que os humanos trabalharam sempre em grupo, com uma equipe que distraía e desorientava o animal.

Os círculos de agitação estão associados à presença de pegadas humanas. Aliás, onde há pegadas humanas, as pistas de preguiça mostram evasão, com súbitas mudanças de direção.

(dr) Matthew Bennett / Universidade Bournemouth

Pegada humana dentro da trilha de uma preguiça gigante

As pegadas foram reveladas graças às novas técnicas de modelação tridimensional. O processo, desenvolvido por Bennett, consiste em recorrer a uma câmera digital para fotografar a pegada de 22 ângulos diferentes, permitindo depois que um algoritmo construa uma renderização 3D ultraprecisa da pegada.

“Essa prova nos mostra, pela primeira vez, como os seres humanos podem ter lidado com uma dessas grandes feras e o fato de isso estar sendo feito de forma rotineira é importante”, disse Bennett, acrescentando que “obter dois conjuntos de pegadas fósseis que interagem e que, assim, mostram a ecologia comportamental é muito, muito raro”.

No entanto, a questão que se põe quando se associa um ser humano a uma preguiça gigante se relaciona com o perigo. Citado pela revista portuguesa Sábado, o cientista admite que a luta com um animal desses vem, claramente, associada a “doses de risco“.

No entanto, “com isso poderemos começar a entender o porquê dos ataques e como eram feitos”. “Isso nos dá uma melhor percepção se nós temos o papel de culpados ou não na questão de extinção de espécies.”

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

George W. Bush: o suposto plano para matar ex-presidente dos EUA desbaratado pelo FBI

Um simpatizante do Estado Islâmico planejava assassinar o ex-presidente dos EUA George W. Bush, mas o plano foi descoberto pelo FBI (polícia federal americana), segundo autoridades dos Estados Unidos. O suspeito, um residente de Ohio, supostamente …

O que se sabe sobre misterioso surto de varíola dos macacos

Casos recentes da doença na América do Norte e Europa acenderam o alerta entre especialistas. Endêmico na África, vírus é transmitido por animais contaminados e por contato próximo prolongado entre pessoas. Autoridades de saúde na América …

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …