Mulher é condenada à prisão na Dinamarca após encomendar morte com bitcoins

Uma mulher de 58 anos foi condenada nesta sexta-feira a seis anos de prisão por um tribunal de Lyngby, acusada de ter encomendado o assassinato de seu namorado através da denominada “deep web”, com pagamento mediante a moeda eletrônica bitcoin, porém o ataque nunca ocorreu.

Segundo informou a agência dinamarquesa “Ritzau”, a mulher, de origem italiana, mas residente na Dinamarca há três décadas, será expulsa para seu país natal após cumprir a pena imposta pelo tribunal.

A investigação começou em março, quando foi detectada na “deep web” uma mensagem com a intenção de matar um oficial de polícia siciliano.

Na mensagem foram incluídas fotos do policial, que se chama Sergio, e diversas informações sobre sua casa. O tribunal considerou provado que tinha sido feita uma transação em bitcoins equivalente a cerca de 4 mil euros, embora o assassinato não tenha se concretizado.

Após localizar o policial italiano e interrogá-lo, as pistas levaram as forças de segurança à Dinamarca, onde a mulher foi detida.

A mulher, no entanto, sempre defendeu sua inocência e durante o julgamento apontou para um homem chamado Luc, que lhe instruíu a comprar bitcoins e pode era o responsável por encarregar o assassinato, mas o Tribunal não considerou a versão crível, perante a falta de informação sobre o paradeiro deste suposto amigo.

// EFE

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Oásis egípcio escondia tumbas da era romana

Dois túmulos da época romana foram encontrados no complexo arqueológico de Beir Al-Shaghala, no oásis egípcio de Dakhla, anunciou esta semana o secretário-geral do Conselho Supremo de Antiguidades, Mostafa Waziri. Construídos com diferentes estilos arquitetônicos e …

60% das espécies de café estão em risco de extinção

Pela primeira vez, o café integra a Lista Vermelha da União Internacional para a Conservação da Natureza como espécie em vias de extinção. De acordo com um estudo publicado esta semana nas revistas ScienceAdvances e Global Change Biology, 60% …

Pela felicidade dos professores, escola cria “licença do amor”

A escola de ensino médio de Dinglan, localizada na cidade chinesa de Hangzhou, apresentou esta semana a “licença do amor”, que visa melhorar o humor dos professores e, consequentemente, o trabalho com os alunos. Segundo relata …

Parte da Antártida está encolhendo (e não deveria)

Quando os cientistas falam sobre o derretimento da Antártida, geralmente se referem à Antártida Ocidental, onde gigantescos glaciares costeiros derramam grandes quantidades de água. Mas, do outro lado das montanhas transantárticas a leste, há um manto …

Estátua de diabo “alegre demais” gera polêmica na Espanha

Uma estátua que representa o diabo foi criticada por ser “alegre demais” pelos moradores da cidade de Segóvia, na Espanha. A escultura de bronze, que ainda não foi instalada, foi criada em homenagem a uma lenda …

Deputada britânica adiou o parto para votar contra o acordo do Brexit

Tulip Siddiq decidiu adiar o nascimento do segundo filho para poder votar contra o acordo do Brexit. A deputada trabalhista chegou ao Parlamento em uma cadeira de rodas. Tulip Siddiq decidiu adiar o nascimento do filho por …

Sorveteria em Florença cobra R$ 106 de turista por uma bola de sorvete

Uma sorveteria cobrou 25 euros (cerca de R$ 106) por um sorvete a um turista de Taiwan. Indignado, o turista reclamou ao guia que o acompanhava, que chamou a polícia. O estabelecimento foi multado em …

McDonald’s perde direitos do Big Mac para cadeia de fast food irlandesa

A irlandesa Supermac’s conseguiu uma vitória histórica: o Big Mac deixa de ser uma marca registrada na Europa. Mas a decisão ainda é passível de recurso. “É o fim do McBully”, disse Pat McDonagh, que recebeu …

Disco de gelo giratório gigantesco "invade" rio no Maine

Um enorme círculo de gelo giratório se formou esta semana no rio de Presumpscot, na cidade de Westbrook, no estado norte-americano do Maine. Esse disco bizarro, ainda que raro, é um fenômeno natural fruto da Física. …

Em um restaurante de Dubai, deixar comida no prato dá multa (e é mais cara que a refeição)

Com Dubai se tornando mais consciente do desperdício de alimentos, um restaurante se lembrou de uma maneira de fazer com que os clientes não deixem comida no prato. O restaurante Gulou Hotpot, em Al Barsha, uma sossegada …