A Nasa parece ter solucionado um dos mistérios mais antigos sobre o Sol

NASA

-

Imagens de um observatório espacial da NASA estão ajudando a resolver um mistério que tem deixado cientistas perplexos desde a década de 1940: por que a atmosfera exterior do Sol, a sua “coroa”, é mais quente do que a sua superfície visível?

Não se trata de uma pequena discrepância de temperatura. Na superfície visível do Sol, a temperatura é de cerca de 5.500 graus Celsius, mas na coroa solar, a temperatura é cerca de 200 a 500 vezes mais quente.

Agora, com base em observações da missão IRIS (Espectrograma de Interface Regional Imagética, em tradução livre), os pesquisadores da NASA acham que a coroa é parcialmente aquecida por “bombas de calor”, causadas por explosões de energia provenientes de campos magnéticos que se cruzam e se realinham na região.

Outras dúvidas

Isso também poderia responder a outra dúvida, se a coroa está sendo aquecida uniformemente, de uma só vez, ou em bolsões separados, que rapidamente se espalham pela atmosfera superior – algo que os cientistas têm estado imaginando desde que o calor intenso da coroa foi descoberto.

A IRIS faz com que isso seja mais fácil, pois é capaz de analisar a região de transição solar – a área entre a superfície do Sol e a coroa – e pode medir o movimento dos gases quentes em detalhes sem precedentes.

“Como a IRIS pode resolver a região de transição 10 vezes melhor do que os instrumentos anteriores, nós pudemos ver material quente correndo para cima e para baixo nos campos magnéticos na parte de baixo da coroa”, explica a pesquisadora Paola Testa, do Centro Harvard-Smithsonian de Astrofísica.

“Isso é compatível com modelos da Universidade de Oslo, em que a reconexão magnética desencadeia bombas de calor na coroa”.

Esta reconexão magnética, onde o calor e a energia são liberadas, é também responsável por outros fenômenos, como as chamas solares.

Desde o seu lançamento em 2013, a IRIS – que funciona como uma lupa para estudar as bordas da atmosfera do Sol – vem nos dando uma visão melhor do que realmente está acontecendo com esse tipo de atividade solar.

Anteriormente, os pesquisadores usaram imagens da IRIS para encontrar evidências de pequenas chamas solares, chamadas nanochamas, onde o Sol libera energia enviando plasma quente através de sua atmosfera superior.

Essas observações das nanochamas foram apoiadas por dados enviados por outro satélite da NASA, o EUNIS (ou Espectrograma de Incidência Normal Ultravioleta Extrema, em tradução livre).

Agora podemos adicionar a atividade explosiva de campos magnéticos à mistura também, graças novamente aos olhos afiados da IRIS.

Efeitos práticos

Uma maneira pela qual a nova pesquisa poderia nos ajudar aqui na Terra é nos dar uma ideia melhor de quando as tempestades solares podem atacar – eventos capazes de causar séria ruptura em nosso planeta, quando poderosas ejeções de energia solar podem interromper o campo magnético da Terra.

A pesquisa sobre a fusão nuclear também depende de uma compreensão profunda do funcionamento do Sol. Se queremos desenvolver esta fonte de energia limpa, segura e quase ilimitada, precisamos saber mais sobre as reações químicas que acontecem em torno do Sol.

O físico solar Bart De Pontieu, do Laboratório Solar & Astrofísica da Universidade Lockheed Martin, nos EUA, diz que a tecnologia da IRIS continuará fornecendo conjuntos de dados muito melhores do que os cientistas anteriormente tinham para trabalhar.

“O problema do aquecimento coronal envolve uma variedade de complexos processos físicos que são difíceis de medir diretamente ou capturar em modelos teóricos”, diz ele.

1 COMENTÁRIO

  1. BOA TARDE 17/05/2.017 SINTO QUE EM BREVE UMA TEMPESTADE SOLAR VAI ABALAR O PLANETA. PERCEBE-SE ISTO COM O AUMENTO DA TEMPERATURA DO SOL AO MEIO DIA AQUI NA TERRA COM UM AUMENTO REPENTINO DE TEMPERATURA ISTO PELO ANGULO DO APOGEU ( terra —sol).
    sugiro comprarem 3 termometros. Coloque um dentro de casa na copa ou sala de alimentos , o outro numa sombra próximo do terceiro que você colocara num ângulo de noventa graus . COLETE EXATAMENTE AO 1/2 DIA E NO DIA SEGUINTE FAÇA O MESMO E ASSIM POR UMA SEMANA. SOME OS GRAUS E DIVIDA PELO NUMERO DE DIAS PRA A MÉDIA. FAÇA O MESMO NA SEMANA SEGUINTE E APURE A MEDIA E DEPOIS DIVIDA PELA MÉDIA DA SEMANA ANTERIOR PARA SABER EM TERMOS %%%. aÍ VOCE PODERÁ SABER A VARIAÇÃO E SABER COMO A TEMPERATURA ESTA AUMENTANDO DANDO O SINAL PARA A TEMPESTADE SOLAR QUE ESTÁ PRÓXIMA.
    SAUDAÇÕES
    HÉLCIO GONÇALVES DA SILVA
    LABREA – AMAZONAS
    B R A S I L

DEIXE UMA RESPOSTA:

-

Hospital brasileiro adquire seu segundo robô cirurgião

O Hospital 9 de julho, de São Paulo, adquiriu segunda unidade de robô que realiza cirurgias complexas. O robô chamado “Da Vinci” auxilia os profissionais de saúde durante as cirurgias videolaparoscópicas robô-assistida. Entretanto, todo controle do …

-

Cientistas descobrem novo mecanismo para crescimento de cabelos

Pesquisadores da Universidade da Califórnia em San Francisco, nos EUA, descobriram que células T regulatórias, um tipo de célula imunológica geralmente associada ao controle da inflamação, desencadeia diretamente células-tronco na pele para promover o crescimento …

O terrorista suicida de Manchester, Salman Abedi

Polícia de Manchester revela fotografia do terrorista na noite do atentado

A polícia britânica revelou imagens das câmeras de vigilância, nas quais aparece o suposto autor do atentado terrorista de Manchester, Salman Abedi, informou o jornal Manchester Evening News. Segundo a polícia, as imagens foram registradas algumas horas …

-

Casa Branca estuda que advogados supervisionem tuítes de Trump

Casa Branca estuda pôr em mãos de advogados a supervisão das polêmicas mensagens que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, publica na sua conta do Twitter habitualmente, segundo informou "The Wall Street Journal". Este jornal, …

"Gabriel e a Montanha", Fellipe Gamarano Barbosa (2017)

Filme brasileiro “Gabriel e a montanha” recebe dois prêmios em Cannes

Produção conquistou o Prêmio Revelação France 4, por criatividade e inovação, além da premiação oferecida pela Fundação Gan, de apoio à distribuição. O longa-metragem “Gabriel e a montanha”, de Fellipe Barbosa, recebeu, nesta quinta-feira (25), dois …

Nova camada de placas tectônicas foi descoberta abaixo de Tonga, no Pacífico

Placas tectônicas recém-descobertas podem explicar terremotos misteriosos no Pacífico

Dentro do manto terrestre, uma imensa camada rochosa que fica entre a crosta e o núcleo da Terra, há uma nova camada de placas tectônicas, diz um novo estudo da Universidade de Houston, no Texas. E …

Airlander 10, o “bumbum voador gigante”

Maior aeronave do mundo registra terceiro voo bem sucedido

O Airlander 10, maior aeronave do mundo, conseguiu completar seu terceiro voo bem sucedido. Apelidado de "bumbum gigante", o híbrido de avião e dirigível ficou no ar por cerca de 180 minutos nesta sexta-feira (26). De …

-

Cérebro começa a devorar literalmente a si mesmo se não dormimos o suficiente

De acordo com um estudo da Universidade Politécnica de Marche, na Itália, nossos cérebros literalmente começam a devorar a si mesmos quando não dormimos o suficiente. A razão pela qual dormimos vai além de repor nossos …

Mulher gorda talvez obesa a ler na feira do livro do metro em São Paulo

Cientistas produzem anticorpo que pode impedir aumento de peso na menopausa

Um grupo internacional de cientistas dos EUA, Holanda, China e Reino Unido, conseguiu selecionar um anticorpo que aumenta a massa óssea e reduz a gordura corporal de cobaias na menopausa. Segundo os especialistas, após a menopausa …

-

China deixa de ser nação mais populosa do mundo

A Índia pode já ter superado a China como o país mais populoso do mundo. Entretanto, estas conclusões provocam dúvidas entre os demógrafos. O acadêmico Yi Fuxian, pesquisador da Universidade de Wisconsin-Madison, nos EUA, disse na …