Enorme tempestade solar de junho de 2015 causou rachadura no campo magnético da Terra

NASA Goddard / Flickr

Campo magnético da terra

Conceito de artista do Campo Magnético da Terra

O telescópio GRAPES-3, o mais sensível a raios cósmicos do mundo, registrou um grande aumento de raios atingindo a Terra – que podem indicar uma rachadura no campo magnético do planeta.

Esta falha temporária apareceu quando uma enorme nuvem de plasma foi ejetada da coroa solar e atingiu a Terra no dia 22 de junho de 2015, causando uma compressão na magnetosfera que, segundo a Phys.org, resultou em uma enorme tempestade geomagnética.

A descoberta causou grande entusiasmo na comunidade científica.

Há vários tipos de erupções solares, mas as classes M e X são a mais significativas, por poderem causar tempestades magnéticas na Terra.

A tempestade solar de 18 de junho de 2015 causou uma erupção solar classe M 3.0 com CME (ejeção de massa coronal).

Tempestades solares interferem habitualmente no fornecimento de energia eletrica de grandes áreas, atrapalham o funcionamento de sistemas de comunicações por rádio ou satélite, como o GPS.

A nuvem de plasma atingiu a Terra a uma velocidade de 2,5 milhões km/h, e os efeitos observados naquele momento foram uma aurora boreal mais intensa que o comum e falhas na comunicação via rádio nos países de altas latitudes.

A magnetosfera da Terra se estende por um raio de milhões de quilômetros, e age como a primeira linha de defesa, nos protegendo contra o fluxo contínuo de raios cósmicos do Sol e do resto da galáxia.

Com a rachadura, radiação de baixa energia passou a atingir o planeta, sem ser refletida pelo campo magnético da Terra, como normalmente aconteceria.

Os dados do evento de 22 de junho de 2015 foram analisados e interpretados com extensas simulações, e a conclusão do trabalho foi publicado recentemente na revista Physical Review Letters.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

A quantidade de nitrogênio emitida pela pecuária já ultrapassou os limites seguros

A quantidade de nitrogênio emitida pela criação de animais para abate é superior ao que o planeta pode aguentar. Cientistas alertam que é necessário diminuir o consumo de carne e laticínios. As principais fontes de nitrogênio …

França vai adotar teste de saliva nos aeroportos para evitar 2ª onda de Covid-19

O governo francês anunciou nesta sexta-feira (10) a implementação de testes a base de saliva em seus aeroportos. A medida, que tem como objetivo evitar uma segunda onda de contaminação pelo coronavírus, visa principalmente os …

De 4.200 anos? Arqueólogos desvendam em Israel 'emoji' mais antigo do mundo

Arqueólogos israelenses encontraram evidências de arte rupestre sem precedentes em dólmens de 4.200 anos. O novo projeto de pesquisa faz parte de um estudo de dólmens (monumentos megalíticos tumulares construídos por humanos) na Alta Galileia e …

Governo remarca Enem para janeiro e fevereiro de 2021

O Ministério da Educação anunciou nesta quarta-feira (08/07) as novas datas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2020, adiado em razão da epidemia de covid-19. As provas em papel serão aplicadas em 17 …

Steve Jobs dizia acreditar na eficiência do trabalho remoto já em 1990

Com a chegada da pandemia do novo coronavírus e, consequentemente o isolamento social, muitas pessoas conseguem continuar trabalhando normalmente de forma remota. Mesmo dentro de casa, felizmente, algumas empresas conseguem manter o contato com seus funcionários …

Viagem tripulada a Marte seria melhor com passagem por Vênus, afirmam astrônomos

De acordo com cientistas norte-americanos, cálculos das órbitas entre a Terra e Marte os levaram a concluir que tais viagens seriam mais rápidas, eficientes, e permitiriam estudar os dois planetas. Uma viagem da Terra a Marte …

EUA: Suprema corte autoriza a divulgação de documentos financeiros de Trump

A Suprema Corte dos Estados Unidos impôs uma grande derrota a Donald Trump, ao decidir que um procurador de Nova York tem direito de acesso a vários documentos financeiros do presidente, incluindo declarações de …

O fenômeno "água morta", observado a mais de cem anos, é finalmente explicado

Finamente uma equipe com especialistas de múltiplas áreas CNRS e da Universidade de Poitiers, ambas na França, decifrou a misteriosa ocorrência pela primeira vez. O estranho é fenômeno que desacelera navios ou faz que eles parem …

Pode mesmo haver vida nas nuvens de Vênus, dizem cientistas

Quem gosta de astronomia não deve saber que Vênus não é o mais habitável dos planetas. Com temperaturas em torno de 470ºC e com uma atmosfera formada por dióxido de carbono e nitrogênio noventa vezes …

Cientistas rebatem decisão da China de coletar DNA de homens e meninos

Um relatório que revelou que a China está coletando DNA de milhões de pessoas para ajudar a solucionar crimes. Essa informação tem levantado preocupações entre os pesquisadores sobre privacidade e consentimento, sob o argumento de que …