Núcleo interno da Terra não deveria existir

Os cientistas afirmam há muito tempo que o núcleo interno da Terra se formou há cerca de um bilhão de anos, quando ele passou por um grande crescimento. Mas isso não é possível, diz um novo estudo.

A bola de metal líquido no centro do nosso planeta rapidamente cristalizou devido à redução das temperaturas, crescendo constantemente para fora até atingir o diâmetro de aproximadamente 1.220 quilômetros que, acredita-se, possui hoje.

A questão é que, de acordo com um novo estudo, publicado esta semana na revista Earth and Planetary Science Letters, isso não é possível – ou, pelo menos, nunca foi facilmente explicado.

No artigo, os pesquisadores dizem que o modelo padrão de como o núcleo da Terra se formou esquece de um detalhe crucial sobre como os metais cristalizam: uma queda obrigatória e maciça de temperatura que seria extremamente difícil de alcançar nas pressões do núcleo.

Um material deve estar em ou abaixo da sua temperatura de congelação para ser sólido. Porém, para que um líquido comece a cristalizar, é necessária uma dose extra de energia.

Quando queremos fazer gelo, por exemplo, colocamos a água em um freezer. Mas para ela de fato congelar, leva algumas horas, a não ser que coloquemos ela em uma temperatura bem abaixo do seu ponto de congelamento (0ºC).

Essa energia extra, chamada de barreira de nucleação, é o ingrediente que os modelos do núcleo interno da Terra não incluíam até agora.

Para superar a barreira de nucleação e começar a solidificar, o líquido deve ser resfriado abaixo do seu ponto de congelamento – que os cientistas chamam “super-resfriamento“. Mas a barreira de nucleação para o metal – nas extraordinárias pressões no centro da Terra – é enorme.

“Todos, incluindo nós mesmos, pareciam estar deixando passar esse grande problema – que os metais não começam a cristalizar instantaneamente, a menos que haja alguma coisa que baixe bastante a barreira de energia”, aponta Steven Hauck, professor de Ciências da Terra da Universidade Case Western Reserve, nos EUA.

“Com as pressões do núcleo, ele teria que arrefecer 726° C (ou 1.000° Kelvin) ou mais abaixo da temperatura de fusão para cristalizar espontaneamente do líquido puro”, disse Hauck ao site Live Science.

E isso é muito resfriamento, especialmente porque, no momento, a comunidade científica acha que a Terra resfria talvez cerca de 100° Kelvin (ou -170°C) por bilhão de anos”.

De acordo com este modelo, “o núcleo interno não deveria existir, porque não poderia ter sido super-resfriado naquela medida”, define o autor do estudo, Jim Van Orman, também professor de Ciências da Terra, Ambientais e Planetárias da Case Western. A barreira de nucleação do núcleo interno fundido, disse ele, deve ter diminuído de outra maneira.

Mas como?

Quando colocamos uma pedra de gelo em contato com água que está congelando, o congelamento acontece mais rápido. Isso ocorre porque o gelo diminui a barreira de nucleação.

Em seu artigo, os pesquisadores propõem uma possibilidade parecida para o núcleo da Terra: talvez um pedaço maciço de metal sólido tenha se desprendido do manto e mergulhado no núcleo líquido. Como um cubo de gelo caído em um copo de água gelada lentamente, este sólido pedaço de metal poderia ter reduzido a barreira de nucleação do núcleo o suficiente para iniciar uma rápida cristalização.

O problema é que, para essa teoria estar certa, o pedaço de metal teria que ser gigantesco. “Para ser liberado no núcleo e, em seguida, fazer todo o caminho até o centro da Terra sem se dissolver, este pedaço teria que estar na ordem de cerca de 10 km de raio”, calcula Van Orman. Isso significa um diâmetro do comprimento de Manhattan.

“Algo aconteceu para diminuir a barreira de nucleação, permitindo que a cristalização ocorresse a uma temperatura mais alta. Os cientistas fazem isso no laboratório, adicionando um pedaço de metal sólido a um metal líquido ligeiramente super-resfriado, fazendo com que o material, agora heterogêneo, se solidifique rapidamente”, diz Huguet.

“Mas é difícil imaginar em uma escala de tamanho da Terra como isso poderia ter acontecido. Como um sólido de reforço de nucleação poderia ter encontrado seu caminho até o centro do planeta para permitir o endurecimento (e expansão) do núcleo interno”, acrescenta o pesquisador.

“Se for esse o caso, precisamos descobrir como isso pode realmente ter acontecido”, diz Van Orman. “Por outro lado, há alguma característica comum dos núcleos planetários que não pensamos antes – algo que lhes permite superar essa barreira de nucleação?”, questiona.

É hora de toda a comunidade pensar sobre este problema e como testá-lo. O núcleo interno existe, e agora temos que descobrir como”.

COMPARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA:

Mistério do monstro do Lago Ness está prestes a ser desvendado

Durante mais de mil anos, os humanos quiseram resolver esse mistério. Agora, a lenda do monstro do Lago Ness pode estar a poucos meses de ser desvendada. Se alguns acreditam que se trata de uma relíquia …

Corpos mais quentes combatem melhor os tumores e as infecções

Quanto mais quente for a temperatura corporal de uma pessoa, mais rápido o seu organismo agiliza um sistema de defesa que é essencial no combate a tumores, feridas e infecções. Esta é a conclusão de …

Lançada a música oficial da Copa do Mundo da Rússia

A Federação Internacional de Futebol (Fifa) divulgou nesta sexta-feira (25) a música oficial da Copa do Mundo da Rússia 2018. A canção Live it Up é interpretada pelo cantor americano Nicky Jam, artista de origem dominicana …

Temer autoriza uso de forças federais para desbloquear rodovias

O governo federal autorizou o uso de forças federais de segurança para liberar as rodovias bloqueadas pelos caminhoneiros caso as estradas não sejam liberadas pelo movimento. O anúncio foi feito pelo presidente Michel Temer, em …

Bolsa de Nova York tem uma mulher no comando pela primeira vez em 226 anos

Em 226 anos, a Bolsa de Valores de Nova York nunca tinha tido uma mulher no comando. Stacey Cunningham, que entrou como estagiária em 1994, chegou agora ao topo da maior bolsa de valores dos …

Harvey Weinstein se entrega à polícia em Nova York

O produtor de Hollywood Harvey Weinstein entrou sem coerção em uma delegacia de polícia de Nova York onde era já esperado para responder pelas acusações de abuso sexual nesta sexta-feira (25). A imprensa norte-americana já tinha …

Morgan Freeman é acusado de assédio sexual por 8 mulheres

O ator norte-americano, de 80 anos, está sendo acusado por oito mulheres de assédio sexual e comportamento impróprio ao longo dos últimos anos, segundo uma investigação da CNN. A notícia cruza depoimentos de pelo menos 16 …

Procon-SP cria canal para denúncias de preços abusivos de combustíveis

O consumidor que se deparar com preços abusivos de combustíveis pode encaminhar denúncia para o Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) de São Paulo, que criou uma chamada exclusiva para atender à demanda. …

Crise revela dependência de transporte rodoviário: "mais barato e dá voto"

O Brasil é o país que tem a maior concentração rodoviária de transporte de cargas e passageiros entre as principais economias mundiais. Segundo dados do Banco Mundial, 58% do transporte no país é feito por …

Paralisação de caminhoneiros afeta atendimento hospitalar; faltam materiais

A paralisação de caminhoneiros em todo o país começa a afetar os atendimentos hospitalares, inclusive as urgências e emergências. Segundo a Confederação Nacional de Saúde (CNS), em alguns estabelecimentos estão faltando produtos como gás medicinal, …