Odebrecht acorda troca de informações com Governo do Peru sobre propinas

A Procuradoria do Peru anunciou essa quinta-feira (5) que chegou a um acordo com a empresa brasileira Odebrecht para obter informações sobre o pagamento de subornos entregues pela empresa a funcionários peruanos nos últimos anos.

O acordo foi confirmado pelo Ministério Público do Peru, que anunciou no Twitter que “após 11 horas de negociações com os diretores da empresa brasileira a Procuradoria conseguiu obter informações e pagamento”.

Na última segunda-feira, o órgão do Governo peruano já havia informado que procuraria um acordo para reaver dinheiro faturado pela empreiteira através de subornos, após o Departamento de Justiça dos Estados Unidos ter denunciado que a Odebrecht fez pagamentos de US$ 29 milhões (R$ 93 milhões) a altos funcionários do governo peruano em troca de contratos para obras no Peru.

Segundo informações da imprensa brasileira, entre 2005 e 2014 a Odebrecht participou em mais de 40 projetos no Peru que envolveram cerca de US$ 12 bilhões (R$ 38,4 bilhões) em gastos públicos.

O Congresso do Peru confirmou nesta quarta-feira ter formado uma comissão de inquérito para investigar o possível envolvimento de funcionários do governo desse país com os crimes investigados pela operação Lava Jato.

“A Comissão de Investigadora Multipartidária da Lava Jato foi instaurada e, imediatamente, se declarou em sessão permanente”, informou a agência de notícias do Congresso peruano, El Heraldo.

O objetivo da comissão será investigar supostos casos de subornos e de propinas em contratos de obras públicas com as empresas envolvidas na operação.

Presidida por Albrecht Victor Rodriguez, da coligação fujimorista, a comissão terá 180 dias para apresentar as suas conclusões.

A nomeação de Rodriguez vem solicitando críticas de alguns membros do Congresso, já que o presidente desta nova comissão já foi investigado pela Promotoria Especial para Crimes de Corrupção de Funcionários por supostos crimes de peculato e de conluio fraudulento cometidos entre 2004 e 2005.

Além da Odebrecht, a comissão vai investigar empresas como Camargo Correa, OAS, Andrade Gutierrez e Queiroz Galvão.

Ciberia // Sputnik News

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Ativistas preparam protesto global contra a Amazon

Um grupo internacional de ativistas climáticos, aliados a trabalhadores de armazéns da Amazon, lançou uma campanha online global, cujo objetivo é pressionar a gigante do e-commerce a oferecer melhores condições de trabalho para seus funcionários …

Pesquisadores descobrem em cometa elemento essencial para vida na Terra

A descoberta indica que os elementos imprescindíveis para o surgimento da vida podem ter chegado à Terra por meio de cometas. Pesquisadores identificaram fósforo e flúor em partículas de poeira sólida coletadas no interior do cometa …

Consumo de plásticos explode na pandemia e Brasil recicla menos de 2% do material

Com o avanço do delivery de alimentos e do comércio eletrônico, além do maior uso de material hospitalar descartável como máscaras e luvas, o consumo de plásticos explodiu durante a pandemia do coronavírus. O aumento do …

Cientistas explicam por que não se consegue parar a pandemia

Cientistas turcos descobriram que a quantidade de vírus SARS-CoV-2 no organismo de pacientes assintomáticos é mais alta do que nos que apresentam sintomas, o que diferencia radicalmente o novo coronavírus de outros patógenos e explica …

Al-Ahly venceu Liga dos Campeões da CAF

A equipa egípcia do Al-Ahly arrecadou o troféu da Liga dos Campeões da Confederação Africana de futebol pela nona vez ao derrotar o outro clube egípcio, o Zamalek, por 1-2. A final 100% egípcia decorreu no …

Monolito misterioso achado no deserto dos EUA desaparece

O misterioso monolito de metal que causou grande especulação após sua descoberta em um deserto no estado americano de Utah, nos EUA, aparentemente desapareceu, segundo funcionários locais. O escritório de administração fundiária do estado de Utah …

Parlamento iraniano assina texto que impede inspeção de centrais nucleares

A proposta é uma represália ao assassinato do cientista Mohsen Fakhrizadeh, chefe do Departamento de Pesquisa e Inovação do Ministério da Defesa, nesta sexta-feira (27). O governo iraniano responsabilizou Israel pelo crime, dizendo que …

Campanha pede debate da Globo online após Boulos testar positivo para covid-19

De última hora, o candidato à Prefeitura de São Paulo, Guilherme Boulos (PSOL), testou positivo para covid-19. Nessa sexta-feira (27), haveria o último debate antes das eleições entre ele e o candidato à reeleição Bruno Covas …

MDZhB: a misteriosa rádio soviética que segue emitindo sinais e ruídos há quase 50 anos

Uma misteriosa estação de rádio segue ininterruptamente transmitindo somente ruídos estáticos interrompidos por sons robóticos há mais de quatro décadas. Conhecida como UVB-76 ou MDZhB, os sinais da rádio são transmitidos de dois diferentes pontos da …

Atmosfera da Terra primitiva pode ter sido tão tóxica quanto a de Vênus hoje

Pesquisadores tentaram reproduzir o equilíbrio delicado entre os gases que evaporaram do oceano de magma e a atmosfera que eles podem ter criado, e descobriram que esta seria fina e composta por dióxido de carbono …